Por João Gabriel Gelli | 19/06/2017

O UFC Fight Night 111 marcou o retorno do octógono para Singapura após quase dois anos. Na luta principal, Holly Holm e Bethe Correia se enfrentaram em um relevante combate no peso galo. Além disso, o ex-campeão dos leves Rafael dos Anjos fez sua estreia na categoria de cima no UFC ao encarar Tarec Saffiedine.

Agora, passado o evento, chega a hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos principais envolvidos nas lutas de sábado.

Holly Holm contra Liz Carmouche

Depois de perder o título do peso galo, ser derrotada em seu compromisso seguinte e logo depois cair na disputa do cinturão inaugural do peso pena, Holly Holm finalmente conseguiu recolocar sua carreira nos trilhos ao anotar um belo nocaute sobre Bethe Correia na luta principal em Singapura.

De volta no caminho das vitórias, a ex-campeã pode focar em reconquistar a coroa que já deteve. Para isso, deve construir uma nova sequência de triunfos contra concorrência de nível alto no peso galo, o que pode começar em um confronto contra Liz Carmouche.

Bethe Correia contra Ashlee Evans-Smith

Ex-desafiante, Bethe Correia enfrentou mais uma oponente de alto gabarito, mas sofreu sua terceira derrota no UFC ao ser nocauteada por Holly Holm no terceiro round.

O revés faz com que a brasileira tenha que retornar alguns passos em sua trajetória rumo a uma nova disputa de cinturão. No entanto, Bethe ainda mantém sua relevância na categoria e deve ser casada contra outra oponente que vem de derrota, mas ainda faz parte do top 15 em Ashlee Evans-Smith.

Colby Covington contra Rafael dos Anjos

Demonstrando domínio completo na luta agarrada, Colby Covington anulou todas as ações ofensivas de Dong Hyun Kim e conquistou a maior vitória de sua carreira em uma larga decisão unânime.

Já na luta que abriu o card principal, Rafael dos Anjos estreou nos meios-médios com vitória sobre Tarec Saffiedine, sem deixar margem na pontuação dos juízes, recuperando-se da sequência de duas derrotas em que se encontrava. Agora, tanto o brasileiro quanto o americano devem buscar a afirmação de suas posições próximas ao top da categoria. Dessa forma, para determinar quem pode avançar, a sugestão é por um embate entre os dois.

Além dos confrontos acima, seguem algumas sugestões para os outros envolvidos no card de sábado:

Marcin Tybura vs. vencedor de Travis Browne-Aleksei Oleinik

Andrei Arlovski vs. aposentadoria

Dong Hyun Kim vs. Leon Edwards

Tarec Saffiedine vs. Matt Brown

Jon Tuck vs. Jake Matthews

Takanori Gomi vs. aposentadoria

Walt Harris vs. Todd Duffee

Cyril Asker vs. Jarjis Danho

Alex Caceres vs. vencedor de Dennis Siver-BJ Penn

Rolando Dy vs. perdedor de Michel Quiñones-Jared Gordon

Ulka Sasaki vs. vencedor de Alexandre Pantoja-Neil Seery

Justin Scoggins vs. Ryan Benoit

Li Jingliang vs. Darren Till

Frank Camacho vs. Sabah Homasi

Russel Doane vs. Frankie Saenz

Kwan Ho Kwak vs. Andre Soukhamthath

Naoki Inoue vs. Deiveson Daico

CJ de Tomas vs. Marco Beltrán

Lucie Pudilova vs. Sarah Moras

Ji Yeon Kim vs. Cindy Dandois

E aí? Curtiram os casamentos? Deixem suas sugestões nos comentários.