MMA Brasil Matchmaker: Lutas a casar após o UFC Fight Night 109

O UFC Fight Night 109 marcou uma grande apresentação de Alexander Gustafsson diante de seus compatriotas. É hora dele disputar o cinturão pela terceira vez? Glover Teixeira deve se testar nos pesados?

O UFC visitou a Suécia pela quinta vez neste domingo, a quarta na Ericsson Globe Arena, em Estocolmo, para o UFC Fight Night 109. Liderando o card, o grande ídolo do MMA local, Alexander Gustafsson, fez um importante duelo contra o brasileiro Glover Teixeira, pelo peso meio-pesado. Além disso, a mesma categoria teve um embate entre os promissores Misha Cirkunov e Volkan Oezdemir.

Agora, passado o evento, chega a hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos principais envolvidos nas lutas de domingo.

Alexander Gustafsson contra o vencedor de Daniel Cormier-Jon Jones

Em uma atuação exuberante, Alexander Gustafsson voltou a mostrar um nível excepcional, com seu jogo de boxe fluindo e a luta agarrada usada em alguns momentos. Esta combinação resultou em quatro rounds de surra em Glover Teixeira até conseguir o nocaute no quinto assalto.

Esta exibição se soma ao tranquilo triunfo contra Jan Blachowicz, representando a atual sequência do sueco. Após duas tentativas de conquistar o título, nas quais entregou lutas fantásticas e infernais para os campeões Jon Jones e Daniel Cormier, mas saiu derrotado por pouco, Gustafsson deve receber mais uma oportunidade de capturar o cinturão. Para isso, terá uma revanche contra aquele que sair vencedor do embate entre Cormier e Jones, que acontecerá no UFC 214.

Glover Teixeira contra Maurício Shogun

A luta principal não terminou bem para Glover Teixeira, que acabou nocauteado por Alexander Gustafsson após aguentar muito dano ao longo do combate. Com dois nocautes violentos sofridos em um período de menos de um ano contra a elite da divisão, o brasileiro deve assumir o posto de porteiro do top 5, testando as verdadeiras pretensões dos talentos ascendentes. No entanto, antes disso, uma opção interessante pode ser enfim marcar o duelo entre Glover e Maurício Shogun.

Volkan Oezdemir contra Jimi Manuwa

No duelo coprincipal, Volkan Oezdemir mostrou que a vitória contra Ovince St. Preux não foi obra do acaso e nocauteou Misha Cirkunov em apenas 28 segundos, provando que pertence ao nível mais alto da categoria dos meios-pesados. Assim, com duas vitórias consecutivas no top 10, é hora de um teste entre os cinco melhores. Nessa situação, o suíço pode realizar uma eliminatória contra Jimi Manuwa, definindo o desafiante que virá depois de Gustafsson.

Pedro Munhoz contra Joe Soto

Chegando ao evento com duas vitórias seguidas e com uma posição no top 15 do peso galo, Pedro Munhoz conseguiu ampliar sua sequência ao superar Damian Stasiak em decisão unânime, usando principalmente a luta em pé e algumas pontuais passagens pelo solo. Assim, ficou ainda mais fortalecido no ranking da divisão e deve receber um aumento no nível de competição para seu próximo compromisso. Para proporcionar este maior desafio, a sugestão é por um embate com o ex-desafiante Joe Soto, que também está em uma série de três triunfos.

Outra opção: Rob Font

Além dos duelos acima, seguem algumas sugestões para os outros envolvidos no card de domingo:

Misha Cirkunov vs. vencedor de Corey Anderson-Tyson Pedro
Peter Sobotta vs. Zak Cummings
Ben Saunders vs. Hyun Gyu Lim
Omari Akhmedov vs. Nordine Taleb
Abdul Razak Al-Hassan vs. Jessin Ayari
Oliver Enkamp vs. vencedor de Luan Tarzan-Jim Wallhead
Jack Hermansson vs. Trevor Smith
Alex Nicholson vs. demissão
Damian Stasiak vs. Augusto Tanquinho
Chris Camozzi vs. demissão
Joaquim Netto BJJ vs. Mairbek Taisumov
Reza Madadi vs. Gilbert Durinho
Bojan Velickovic vs. vencedor de Belal Muhammad-Jordan Mein
Nico Musoke vs Nathan Coy
Darren Till vs. vencedor de Li Jingliang-Jonathan Meunier
Damir Hadzovic vs. Jason Gonzalez
Marcin Held vs. demissão

E aí? Curtiram os casamentos? Deixem suas sugestões nos comentários.

  • Rafael Oreiro

    Demissão para Chris Camozzi? Que herege.

    Acho complicado manter um lutador 0-3 na companhia, mas acho que o UFC talvez faça uma força pra manter o Marcin Held, pelo talento bruto e pela juventude que ele tem.

    • Sexto Empírico

      Camozzi, não! Não sem antes fechar a trilogia com o Jacaré, daí, sim, terá cumprido sua missão no MMA.

    • Ricardo Sedano

      O próprio Joe Soto começou 0-3 no UFC (tudo bem que aquela disputa de cinutrão foi com luta mudada de última hora e tal…). Não sei se vão faze a mesma coisa com o Held, mas tem casos…

  • Bruno Fares

    Shogun x Glover em SP ja

    • João Gabriel Gelli

      Luta principal perfeita pra um evento aqui no Brasil.

  • James sousa

    Curtir Shogun x Glover

    • João Gabriel Gelli

      É a hora de fazer essa luta.

  • Raphael Augusto

    Tá na hora do Glover subir pros Pesados….Talvez lá ele seja relevante

    • Ouça o podcast.

      • Raphael Augusto

        Puxa Alê, foi mal, não consegui ouvir ainda, junto meu aniversário com um puta evento acadêmico hoje na faculdade, mais a luta das cotas raciais…. Vou pegar pra ouvir agora…