Por Rafael Fernandez | 19/06/2022 13:48

A torcida no Texas energizou os lutadores a lutarem com tudo nesta noite de sábado. Foram nove nocautes ou finalizações em 13 lutas, o que manteve o público sempre ligado atentamente nos combates para não perderem nenhum dos momentos memoráveis do UFC Austin.

O evento realizado nesse último sábado (18) trouxe um duelo de pesos penas como luta principal. Em um combate apertado e técnico, Josh Emmett derrotou Calvin Kattar por decisão dividida. No confronto coprincipal, Kevin Holland se manteve invicto nos meio-médios, dominou Tim Means e o finalizou no segundo round.

Confira no MMA Brasil Matchmaker algumas possibilidades de casamentos envolvendo os lutadores que atuaram no UFC Austin.

JOSH EMMETT VS. ARNOLD ALLEN

Em uma luta muita estudada, na qual ambos lutadores tiveram que estar no super atentos para não cometer nenhum erro, foi o jogo mais ofensivo e mais bruto de Emmett que pesou para dois dos três juízes. O atleta da Team Alpha Male sabia que era menos técnico que o oponente, então controlou o centro do octógono e tomou a iniciativa desde o início do combate. Poucos golpes acertaram em cheio em ambos os lados, mas o fato de Josh Emmett estar atacando mais e acertando os golpes mais fortes o deram uma vantagem em relação ao Kattar.

São cinco vitórias seguidas e mais de seis anos de invencibilidade para Josh Emmett, que conquistou a maior vitória da carreira. Em uma categoria que precisa de novos desafiantes ao título após o fim da trilogia entre Alexander Volkanovski e Max Holloway daqui a duas semanas, Emmett se colocou numa ótima posição para disputar o título num futuro próximo. Por isso, eu acho que um confronto contra Arnold Allen seria o próximo passo para definir quem é o desafiante número um ao cinturão da categoria.

CALVIN KATTAR VS. MOVSAR EVLOEV

Infelizmente para Calvin Kattar, ele novamente perde a luta que provavelmente iria sacramentar como o próximo a disputar o título. Kattar fez um combate muito técnico e utilizou muito bem o jab, que causou problemas para Josh Emmett durante o confronto inteiro. Entretanto, os golpes mais poderosos estavam no lado de Emmett e o fato de Kattar ter ficado na defensiva quase o duelo inteiro, deve ter pesado na decisão dos dois juízes que marcaram a derrota para ele. Seu nome não diminui na categoria, mas o americano vai ter que recomeçar a escalada se quer disputar o cinturão em algum momento na carreira.

Para recomeçar a escalada, primeiramente Calvin Kattar terá que provar que não é um porteira na divisão. Há alguns eventos, eu casei Movsar Evloev contra o perdedor da luta principal do UFC desse sábado. Fiz isso pensando ser um teste sólido para o russo e vê o nível que Evloev pode chegar na categoria. O combate contra Kattar seria super interessante porque faria o americano ser mais ativo para não ser sufocado pelo jogo do russo. Por isso, o confronto tem tudo para ser um dos melhores da categoria e determinante para provar o lugar de ambos na divisão.

KEVIN HOLLAND VS. DANIEL RODRIGUEZ

O falastrão Kevin Holland continua a impressionar desde que desceu para a categoria dos meio-médios. Após derrotar Alex Cowboy em sua última luta, Holland conseguiu ter uma atuação melhor do que contra o brasileiro. O americano dominou Tim Means desde o primeiro segundo de luta com golpes potentes e velozes, além de interromper toda a ofensividade de Means. A história foi a mesma no segundo round até Kevin Holland acertar um bom golpe de direita, que fez Tim Means sentir e ir tentar uma queda. Holland defendeu a tentativa de quedar e imediatamente encaixou o triângulo de mão para finalizar.

O americano pediu um confronto contra Sean Brady em setembro na entrevista pós-luta, mas acho um salto muito grande para alguém que só tem duas lutas na categoria. Além disso, Brady merece um confronto contra um oponente melhor ranqueado. Por isso, eu pensei num duelo contra Daniel Rodriguez para Kevin Holland, pois é um confronto entre dois caras com uma boa sequência de vitórias, fora do Top-15 e que produzem lutas divertidas de se assistir. Quem vencer a peleja, estará pronto para enfrentar um adversário no Top-10.

Confira outras lutas para os envolvidos no UFC Austin:

Tim Means vs. Max Griffin
Joaquin Buckley vs. Wellington Turman
Albert Duraev vs. perdedor de Vieira/Curtis
Damir Ismagulov vs. Grant Dawson
Guram Kutateladze vs. Alexander Hernandez
Gregory Rodrigues vs. Anthony Hernandez
Julian Marquez vs. Marc-Andre Barriault
Adrian Yanez vs. Raphael Assunção
Tony Kelley vs. Vince Morales
Natália Silva vs. vencedora de Eubanks/Moroz
Jasmine Jasudavicius vs. Ariane Lispki
Jeremiah Wells vs. Francisco “Massaranduba” Trinaldo
Court McGee vs. Mickey Gall
Ricardo Ramos vs. Julian Erosa
Danny Chavez vs. demissão
Maria Oliveira vs. vencedora de Ricci/Vlismas
Glória de Paula vs. demissão
Cody Stamann vs. Julio Arce
Eddie Wineland vs. demissão
Phil Hawes vs. Chidi Njokuani
Deron Winn vs. Jordan Wright
Roman Dolidze vs. vencedor de Silva/Meerschaert
Kyle Daukaus vs. perdedor de Brundage/Gore

Fotos: UFC/Divulgação/Twitter