MMA Brasil Matchmaker: Lutas a casar após o card principal do UFC 205

Como o UFC 205 foi gigante, dividimos a coluna de matchmaking em duas. Nesta, mostramos os próximos passos para os lutadores que disputaram o card principal.

Pela primeira vez desde o UFC 33, realizado em 2001, um evento do UFC contou com três disputas de cinturão. O histórico UFC 205 foi liderado pela tentativa de Conor McGregor de tentar se tornar o primeiro detentor do título de duas categorias simultaneamente ao enfrentar o campeão dos leves Eddie Alvarez.

LEIA MAIS Do UFC 205 para a imortalidade: Conor McGregor é o primeiro a conquistar dois cinturões ao mesmo tempo

Nas outras lutas por título, Tyron Woodley realizou sua primeira defesa do cinturão dos meios-médios contra Stephen Thompson e Joanna Jedrzejczyk encarou a compatriota Karolina Kowalkiewicz pela coroa das palhas. Além disso, Chris Weidman duelou com Yoel Romero em um combate chave na categoria dos médios e Miesha Tate fez sua primeira aparição após perder a coroa das galos no UFC 200 ao enfrentar Raquel Pennington, que era parte de seu time no TUF 18.

Agora, após analisarmos os atletas do card preliminar, chega a hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos envolvidos nos combates da porção principal do evento de sábado.

Conor McGregor contra Tony Ferguson

E a história foi feita. O maior vendedor de todos os tempos do MMA agora tem um feito esportivo igualmente único. Após aplicar um passeio no primeiro round, com diversos knockdowns, o campeão dos penas Conor McGregor se tornou também o campeão dos leves no segundo assalto, ao nocautear Eddie Alvarez, o que fez dele o primeiro a possuir simultaneamente dois cinturões no UFC.

Agora, o que resta saber é se o irlandês vai abrir mão de algum de seus títulos ou se ficará defendendo os dois. A expectativa é que McGregor fique em definitivo na divisão dos leves. Dessa forma, seu próxima adversário deve ser Tony Ferguson ou Khabib Nurmagomedov, já que ambos estão em enormes sequências de nove e oito vitórias no UFC respectivamente. A opção aqui é por premiar a regularidade com que Ferguson se apresenta no octógono, mas o russo é igualmente merecedor. No entanto, não se espantem se Nate Diaz pintar por aí…

Eddie Alvarez contra Michael Johnson

A primeira defesa de cinturão de Eddie Alvarez não correu conforme ele esperava e, apenas pela segunda vez em sua carreira, ele foi nocauteado. Isso se deu após um amplo domínio de Conor McGregor, que tomou seu título dos leves. Com isso, é hora de Alvarez retomar sua escalada e, assim, a sugestão é por um confronto com Michael Johnson, que foi massacrado por Khabib Nurmagomedov no card preliminar do evento.

Outra opção: Nate Diaz.

Tyron Woodley contra Stephen Thompson

O combate coprincipal da noite trouxe a disputa entre Tyron Woodley e Stephen Thompson pelo cinturão dos meios-médios. Em um duelo tenso, que foi bonificado como o melhor da noite, Woodley manteve seu cinturão de uma maneira pouco usual, um empate majoritário, com dois juízes marcando duas parciais, sendo um 10-8, para ele e três rounds para o desafiante, enquanto o outro anotou vitória para o campeão.

Empate já é um resultado raro no MMA. Em disputas de cinturão, ele se torna ainda mais incomum, só tendo acontecido outras duas vezes. Na primeira delas, BJ Penn ficou na igualdade contra Caol Uno e, como a disputa era pelo título vago, ninguém saiu como campeão. Já na segunda, Frankie Edgar e Gray Maynard chegaram a um impasse numa luta fantástica e Maynard teve direito a uma revanche imediata. Infelizmente para Demian Maia, tendo esse pequeno histórico como evidência, Woodley e Thompson devem se enfrentar novamente em seus próximos compromissos.

Joanna Jedrzejczyk contra Jéssica Bate-Estaca

Pela quarta vez, Joanna Jedrzejczyk defendeu o cinturão das pesos palhas ao superar a também polonesa Karolina Kowalkiewicz em um movimentado duelo que abriu a sessão de lutas por título do evento. Apesar do placar de 49 a 46 apontado por todos os juízes, o duelo não foi fácil para a campeã, tendo inclusive sofrido uma dura sequência da desafiante no momento mais contundente do combate. No entanto, Joanna logo se recuperou e voltou ao controle das ações.

O próximo passo para Jedrzejczyk deve ser esperar a categoria se desenvolver um pouco, uma vez que não existe nenhuma oponente claramente dona do posto de desafiante. Para não ficar sem escolher um nome, vamos com a brasileira Jéssica Bate-Estaca, que conseguiu duas belas vitórias sobre Jessica Penne e Joanne Calderwood desde que baixou para o peso palha. No entanto, a sugestão preferida é pelo casamento de um confronto entre Bate-Estaca e a ex-campeã Carla Esparza em uma eliminatória.

Karolina Kowalkiewicz contra Maryna Moroz

Por mais que tenha saído derrotada do UFC 205, Karolina Kowalkiewicz fez uma apresentação de respeito e entregou um complicado confronto para a dominante campeã Joanna Jedrzejczyk em uma decisão unânime. Este resultado consolida Karolina como uma top 5 da divisão e seu caminho para uma nova disputa de cinturão não deve ser muito longo, tendo em vista sua posição no ranking e a falta de desafiantes. Para recomeçar sua caminhada, a opção aqui é por um embate com Maryna Moroz.

Yoel Romero contra Michael Bisping

Em mais um lampejo de genialidade em um terceiro round, Yoel Romero chegou em sua oitava vitória no UFC e conquistou o maior triunfo de sua carreira ao nocautear o ex-campeão dos médios Chris Weidman com uma violenta joelhada. Isso garante ao cubano o posto de próximo desafiante de Michael Bisping, uma vez que já superou dois adversários no top 5 e tem a maior sequência de resultados positivos na divisão.

Chris Weidman contra o vencedor de Rashad Evans – Tim Kennedy

Pela segunda vez consecutiva, Chris Weidman saiu nocauteado do octógono. Após um bom primeiro round, viu Yoel Romero crescer ao longo do combate, levar o segundo e acertar uma incrível joelhada no começo do terceiro, que abriu um enorme corte na testa do americano. Assim, é hora de dar um passo atrás e enfrentar concorrência fora do top 5 da divisão dos médios. Para tal, o ex-campeão pode ser casado com o vencedor do embate entre Rashad Evans e Tim Kennedy, que deveria ter acontecido nesse último sábado, mas foi reagendado para o UFC 206 por conta de problemas de saúde de Rashad.

Raquel Pennington contra Julianna Peña

Naquele que foi apenas o segundo confronto entre um participante de TUF com seu treinador na temporada, Raquel Pennington conquistou a maior vitória de sua carreira ao superar Miesha Tate em decisão unânime na luta que abriu o card principal. Isto leva Pennington à quarta vitória consecutiva e a uma posição nos arredores do top 5 da divisão das galos e seu próximo compromisso já deve ser um que a coloque perto de uma disputa de cinturão. Pensando nisso, a sugestão é por um combate com a campeã da temporada do TUF da qual participou, Julianna Peña, que está invicta em quatro aparições no octógono.

Outras opções: Valentina Shevchenko ou Liz Carmouche

Miesha Tate se aposentou dentro do octógono

Depois de ser derrotada por Raquel Pennington, sua ex-pupila no TUF 18, Miesha Tate declarou em sua entrevista pós-luta a intenção de se aposentar. Com isso, uma dos maiores atletas da história do MMA feminino encerra sua carreira tendo conquistado cinturões no Strikeforce e do UFC e deixará os fãs saudosos.

E aí? Curtiram os casamentos? Deixem suas sugestões nos comentários.

  • Patrick Santos

    Acho o vencedor de Kennedy-Rashad uma boa pro vencedor de Whittaker-Brunson, enquanto um dos perdedores poderia pegar o Weidman. Depois de duas derrotas traumáticas em seguida, acredito que o melhor pro Weidman seria um passo um pouco maior pra pegar alguém realmente no limite do top 10.

    • João Gabriel Gelli

      Vencedor de Brunson-Whittaker vai pro Mousasi, se ele vencer o Hall na semana que vem.

      • Ricardo Sedano

        Não seria melhor o Mousassi pegar um Weidman ou Rockhold da vida? Tirando aquele acidente contra o Hall, que ele pode limpar agora, ele está indo muito bem… Merece uma luta maior que pode deixar ele no bolo do TS, não? Ou o vecendor de Whittaker – Brunson ajuda bastante nisso?

        Cara, como aquela luta do henderson deu uma bagunçada nessa categoria…

        • ErCoelhoBruno

          De acordo! Já é hora de colocar o Mousasi contra os leões. Eu daria o Jaca pra ele, caso vença no sábado.

          Na real, a luta que bagunçou a categoria foi Bisping x Rockhold. Maldito Cockyhold! Por culpa dele as coisas estão como estão e temos que aguentar a maricona do Bisping fugindo de todo mundo.

          • Bruno Moraes da Costa

            Jacaré x Mousasi de novo? A última luta entre eles não foi sequer competitiva… Pro Jaca era melhor remarcarem com o Rockhold caso a lesão dele não seja muito grave.

            Só mais uma coisa: maricona é bem ofensivo, hein!? Não sei em que sentido imaginou que isso ficaria bom, mas enfim… Se for pra descrever o Bisping como “covarde”, o cara pode até estar procurando caminhos menos difíceis, bom pra ele se conseguir. Mas é foda imaginar que um sujeito que entra no octógono pra lutar e tem o currículo dele seja covarde. Só lembrando que nas três últimas o maluco enfrentou Anderson, Rockhold e Henderson.

            • Cláudio Vilança

              Compartilho com a mesma ideia, tem gente que diz que ele esta a fugir de todos, ele que teve as três ultimas lutas com caras de alto gabarito.

              Ele percebeu que no UFC se você quer fazer dinheiro tem que lutar com quem vende e é isso que ele quer, fazer dinheiro ate porque ele sabe que a categoria onde ele luta só tem casca grossa e dificilmente vai ficar muito tempo com o cinturão, então mbora la fazer dinheiro.

              Na minha opimião o ranking deve ser levado em conta, mas quando os atletas notarão que não é assim que esta funcionando no ufc, todo mundo começou a dançar o estilo Mcgregor.

            • João Gabriel Gelli

              Mousasi levou uma surra do Jacaré há pouco tempo. Eu particularmente não tenho interesse em ver essa revanche agora.

            • Asisz Marco

              anderson inativo, luke soberbo e hendo decrepto, e ainda assim ele passou raspando por hendo e spider, bisping so vai provar seu valor(se e q ele tenha algum), quando ele enfrentar alguem em seu auge, que nao va menospreza-lo, romero por exemplo e vencer, ai sim, se ele parar de fugir do cubano e do jacare tera valor, ate o presente momento ele e um campeao por “acaso”

              • Bruno Moraes da Costa

                Bisping ganhou do Rockhold e é o campeão dos médios, mesmo que seja difícil de admitir e fácil arranjar desculpas.

                Pode até não ser o melhor lutador da categoria, mas ele tem valor sim. Inclusive é o sujeito que ganhou mais lutas na história do UFC.

                • Asisz Marco

                  bom nao sao desculpas, sao fatos
                  Anderson nao vence desde 2012, e estava 1 ano inativo, ainda sim o bisping passou raspando.
                  Luke claramente menosprezou o ingles durante toda a semana pre luta, e durante a luta, basta vc comparar a 1 luta de ambos, quando o luke lutou pra valer.
                  hendo com a incrivel sequencia de 3v e 6d, tendo sido aniquilado por mousasi e vitor sem bomba, com 46 anos e em plena decadencia tecnica e fisica, e ainda sim o ingles passou raspando.
                  Como eu disse, contra os fatos nao ha o q discutir, se ele vencer na moral, o proprio luke, ou o romero, ou o jacare, ai sim ele sera legitimamente um campeao, ate la ele e “a vaca que parou em cima da arvore”.

                • Bruno Moraes da Costa

                  Contra fatos não há argumentos: ele nocauteou o Rockhold no seu auge e é o campeão legítimo da categoria. Anderson e Henderson não estavam no seu auge mas perderam pra ele. Faber também lutou longe do seu melhor contra o Cruz e não diminui em nada os méritos do campeão.

            • Eu acho que Jacaré-Mousasi hoje em dia seria bem diferente, mas também acho que tá meio recente e que não precisa de novo. Mas Mousasi-Hall é mais recente ainda…

      • ErCoelhoBruno

        Quê???!!!! Cê não acha que o Mousasi merece, se vencer, pegar a nata da categoria?

        • João Gabriel Gelli

          Eu acho que o vencedor de Whittaker – Brunson é um belo desafio pro Mousasi.

        • Sexto Empírico

          Queria ver o Mousasi contra o Rockhold, isso se o Hall não inventar outro daqueles golpes mirabolantes típico dele, e o Mousasi passar por ele.

      • Matheus V.

        Se vão casar o Romero com o Bisping e, levando em conta que o Rockhold deve demorar para voltar a lutar, o vencedor de Brunson-Whittaker deveria ir para o Jacaré, definindo o próximo TS.
        Mousasi (se passar pelo Hall) pode pegar o vencedor de Rashad-Kennedy.

  • Sexto Empírico

    Eu estive pensando: E se Conor quiser mais um cintarão e pedir o Woodley? Eu no lugar dele, faria isso. Preferiria arriscar meu pescoço contra o Woodley do que enfrentar o Khabib, que traz aquela cripitonita russa que eles chamam Sambô.

    • Ricardo Sedano

      Mas considerando que seja feita uma revanche antes do Conor, será que ele conseguiria lidar com o Wonderboy? Seria histórico tentar 3 cinturões, mas se ele teve problemas com o Nate no peso de cima, acho muita loucura ele tentar voôs mais altos nessa categoria…
      MAs desse cara eu não duvido mais nada hahahahaha

      • Sexto Empírico

        Na verdade, isso foi só uma coisa que me ocorreu pq o Woodley é, praticamente, do tamanho do Conor. Então, se o Irlandês quiser mais, a hora é agora. O Russo é carne de pescoço. Muito provável que vença o Conor e torne-se uma espécie de GSP mais cascudo. Eu, pessoalmente, acho q já tá bom pro Conor. Fez história e deveria escolher uma categoria e defender o seu título lá.

        Ps. Wonderboy é difícil de ser acertado. Ele foge a todo momento. Wrestlers têm mais chances contra ele, desde que consigam achá-lo.

        • João Gabriel Gelli

          Acho que o Woodley cairia por cima do McGregor e só sairia com um nocaute, mas já aprendemos a não duvidar do irlandês né…

          • Sexto Empírico

            Também acho. Mas seria um duelo interessante, não?

        • Asisz Marco

          apesar de wodley ter mesmo tamanho q mc gregor, ele tem mt mais massa muscular q o irlanda, provavelmente e mt mais pesado, wodley deve passar facil dos 90 kg em off, apesar de o irlanda estar mostrando serviço, a diferença fisica e mt grande.

          • Sexto Empírico

            Eu to ligado. A estrutura do Woodley é maior. O braço do negão é do tamanho da cabeça do irlandês. Deve beirar os 90 kilos no dia da luta. Já Conor, com 3 breakfeast por dia, como ele falava, mal conseguiu chegar a 77 Kilos, ficou com 76 se eu não me engano, quando enfretou o Diaz.

        • Cara, o Woodley só tem a altura do Conor. Ele é três vezes mais largo, quatro vezes mais pesado, cinco vezes mais forte e tem 10 vezes mais wrestling do que o Nate Diaz.

    • Eu acho que encarar o Woodley seria indigesto pro McGregor, mas ele é meio maluco, né?

  • Anderson Cachapuz

    Eu ainda achava que a Tate poderia render algo e até estava esperançoso em ver Tate vs Rousey 3 pela cinta…. mas nós já havíamos conversado e combinamos de ter um filho… por isso que ela vai se aposentar!!!

    No mais, e a Namajunas no bolo das palhas?? Ela perdeu o title eliminator contra a Karolina… mas nmo não desceu mto no ranking não….

    • João Gabriel Gelli

      Namajunas tá lá no bolo sim. Ela vencendo mais umas duas ou três e já tá disputando o cinturão.

    • ErCoelhoBruno

      HHAAHAAHAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHA! Essa do filho foi boa!

      Rapaz, foi decepção mesmo. Parecia que a Cupcake estava com medo de ser socada. Acho que a Leoa fez mais estragos naquele nariz do que a gente poderia imaginar…

    • Tate deve estar cansada. Eu entendo o lado dela.

  • Bruno Moraes da Costa

    Achei maneiros os casamentos. Mas acho que Alvarez x Johnson não tem jeito de acontecer pq treinaram juntos bastante tempo na Blackzilians e parecem bastante amigos. Mesmo assim tem muito cara bom no TOP 15 pros dois, que categoria essa dos leves!

    • James sousa

      por isso sugerir que o Johnson pegue o Rafael e o Eddie com o Chiesa

    • É verdade.

  • James sousa

    outra boa opção por Eddie Alvarez e o Chiesa

    • Anderson Cachapuz

      eu só queria entender pq nego aqui odeia tanto o chiesa… menino bom, nunca fez mal a ninguém…. kkkkkkk

      • James sousa

        o João sugeriu ele com o Rafael que também e parada dura além dele já ter sido marcado com o Ferguson

    • Sim.

  • Ricardo Sedano

    Divisão dos leves é legal que pode colocar 15 nomes em uma caixa, escolher dois que da luta interessante…

  • Marcos Henrique Lira

    Casamentos perfeitos. Porém creio eu q tanto o inglês quanto o irlandês não irão aceitar esses combates. …quero ver como o UFC vai lidar com essa questão

  • ErCoelhoBruno

    Impossível deixar de perguntar, João Gabriel: E o Damião? E o Jaca? Na sua opinião, o que se deve fazer com esses dois?

    Sobre o Demian sinceramente não sei o que dizer, mas o Jacaré eu o colocaria contra o Mousasi, caso vença o Hall no sábado.

    • Matheus V.

      Bem o Demian tem poucas opções, ou fica de prontidão para caso alguém se lesionar, ou mata no peito um Lawler (ganhando mais uma figurinha no álbum da violência no seu cartel, que já tem Condit e Brown). Quanto ao Jacaré. também o recomendaria pegar uma luta, talvez o vencedor de Whittaker x Brunson.
      Curiosamente, os dois podem ser bypassados pelo GSP…

      • Podem mesmo. E, se eu fosse o Demian, ficaria mais um tempo esperando. Pegar o Lawler tem muita chance de não acabar bem.

    • João Gabriel Gelli

      Jacaré vs Rockhold ou espera

      Demian vs Lawler ou Cerrone (se vencer o Brown)

      Inclusive, se eu fosse o Demian, tentaria pedir uma luta ainda esse ano ou no começo do próximo.

      • Asisz Marco

        jacare tem q lutar contra o luke de preferencia, pois se ele sentar e esperar, vai q o luke arruma um “par para a dança”, ai da um show, ai passa o jacare, entao jaca nao pode se dar o luxo de esperar, pq se nao ele nao lutara nunca pelo titulo.

        • João Gabriel Gelli

          A única que a gente precisa saber é quanto tempo o Rockhold vai ficar afastado por causa da lesão.

          • Asisz Marco

            c tem razao, mas ainda sim e a luta a ser marcada, o bisping deve lutar so la para abril com o romero, entao nesse interim as vezes ja da para marcar jaca x luke, ou um pouco depois, so essa ideia de jacare sentar e esperar q nao parece ser mt acertado

            • Bisping tá botando pressão pra lutar no começo do ano. Jacaré pode se dar bem nessa.

          • Tito Ortiz

            Esse aí comendo a Demi Lovato vai ficar mais uns 6 meses em casa.. só “aproveitando”

    • Jacaré pode se dar bem se o Bisping convencer o UFC a lutar logo em janeiro.

      Já o Demian deu um azar da porra, embora eu não tenha nada contra dar o próximo title shot pra ele no lugar da revanche imediata.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Estou preocupado com o que dois campeões irão fazer, McGregor e Bisping, eles tem praticamente os desafiantes credenciados, mas provavelmente ambos não querem lutar com estes, eu só quero aguardar as cenas dos próximos capítulos, achei justo todos os casamentos.

    • Asisz Marco

      acho q o bisping nao tem para onde correr, ele nao e o mc gregor, nao vende como o irlanda, apesar de ele vender razoavelmente bem, mas nada comparado ao irlanda, mc gregor realmente esta mandando na empresa, entao pode sair qqr coisa do irlanda

      • Sim, sim, Bisping não tem mais pra onde correr, agora é encarar a rebordosa.

    • Bisping nem pode inventar mais graça, vai ter que ir pra guerra e pegar Romero ou Jacaré.

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Exato, a luta com o Hendo custou muito já para os médios, espero de coração que o UFC dê um desafiante decente para ele, o Dana disse que o Romero irá lutar com ele, mas a palavra do Dana você já sabe né…

  • Gabriel Carvalho II

    Acho que seria interessante ver Whittaker e Mousasi (com ambos ganhando de seus respectivos adversários, é claro) sendo jogados ao Big Four da categoria. Curtiria ver o Mousasi com Rockhold ou Weidman enquanto o Jacaré pegaria o Whittaker.

    Tenho minhas dúvidas em relação ao Rashad, se ele consegue ter performances de alto nível novamente. E eu não levo o Tim Kennedy a sério.

    • Acho que o Weidman precisa de um descanso.

      Também tenho esse receio sobre o Rashad.

  • Cláudio Vilança

    Durante todo UFC 205 muita coisa me impressionou, mas a calma da Karolina Kiwalkiewicz no seu coner foi demais, parecia que ia tomar uma surra, depois ia pra luta sem medo algum.

    • Sim, ela é sinistra. Baita força na categoria, pena que chegou muito tarde.

  • Luiz Gustavo

    Achei bastante razoável tais casamentos…apesar do Khabib neste caso ter q fazer uma proxima luta.

    • João Gabriel Gelli

      Khabib pode ficar parado esperando. Inclusive foi a minha sugestão na coluna do card preliminar.

      • Luiz Gustavo

        Sim mas o problema é q o russo ta cheio de gangrena né…Acho perigoso nao coloca-lo pra lutar estando saudavel

  • Gabriel Camargo

    Só uma curiosidade minha, no texto você fala que Tate vs Pennington foi “apenas o segundo confronto entre um participante de TUF com seu treinador na temporada”, qual foi o primeiro??

    • João Gabriel Gelli

      Tito Ortiz vs Matt Hamill no UFC 121.

      • Hamill quase pediu desculpa por bater no Tito. E ainda lutou com uma pereba nojenta nas costas. Só faltou o Mução aparecer com um spray azul mata-bicheira.

  • Flávio Reis

    Pensando na hipótese do McGregor querer se manter simultaneamente como campeão de ambas as categorias, sua próxima luta deveria ser pelo peso pena, contra o José Aldo que é o campeão interino dos penas (e já li algo sobre ele estar repensando a aposentadoria que havia anunciado 2 meses atrás).

    Se isso acontecer, poderiam marcar uma luta title eliminator (e seria justo que fosse valendo cinturão interino) Nurmagomedov x Ferguson! Poderiam até fazer essas 2 lutas no mesmo card…

    • Flávio Reis

      E se o José Aldo se aposentar mesmo ou deixar o UFC, é só colocar o Max Holloway para disputar o título contra o McGregor!

      • Vai se aposentar não. Se não lutar com o McGregor, ele pega o vencedor de Holloway-Pettis.

    • Sim, este é um cenário válido, embora eu torça por outra situação, que falei no podcast.

  • Sexto Empírico

    Ver a Pennington e a Pena no topo dessa divisão feminina, disputando um TS, ao meu ver, representa a decadência técnica dessa que, há apenas um ano, era uma divisão encardida com lutadoras top de verdade. Pennington e Pena, por mais q subam degraus diante de lutadoras de elite em decadência, pra mim não passam de medianas, oportunistas da entre safra, que não passariam de “porteiras” de meio de tabela em circunstâncias normais.

    • Pode ser. Peña tem futuro, apesar de estar verde. Mas ela teve uma vitória enorme do UFC 200.

  • James sousa

    se o UFC não colocar nem um Nate Diaz pelo cinturão pode fazer o Connor com o Khabib ou Ferguson sendo que o outro fica de bye pra ser o desafiante seguinte , marcar o Nate com o Edson e dar lutas de recuperação por Rafael e por Eddie Alvarez

    • João Gabriel Gelli

      Esse é exatamente o cenário que eu imaginei.

    • Nate Diaz ainda vai dar balão em geral e o UFC vai colocar Ferguson-Nurmagomedov como luta coprincipal, fica vendo.

  • Fernando Levandoski

    tem que ser contra khabibi enao e palhacada

    • João Gabriel Gelli

      Por que palhaçada?

      Ferguson tá com 9 vitórias seguidas, a maior sequência da história da categoria. Além disso, o currículo dele é bem parecido com o do Khabib. Não vejo grande diferença entre os dois e não tem erro em escolher qualquer um deles.

    • Também acho tranquilo escolher qualquer um dos dois.

  • Rafael

    Quanto tempo de afastamento O Thompson pegou? Nariz quebrado no primeiro round + aquele 10 a 8 cruel pode ter rendido mais de 6 semanas sem treinamento não?

  • Rafael Maia

    Cara, sem pensar em merecimento, a luta que quero ver nos leves é o Khabib contra o Conor!
    A surra que o Khabib deu foi monstruosa, levando a crer que ele pode causar muito mais estrago do o Mendes no chão…
    Pensando nessa luta, imagino o Khabib sendo nocauteado antes de conseguir derrubar… mas seria muito legal de ver, pois o Conor iria respeitar muito mais do que respeitou o Alvarez!

    Apesar disso, acho que o Conor deveria voltar e lutar com o Aldo… não porque vai dar dinheiro, mas pq o Aldo merece…

    • Asisz Marco

      Sera q ele seria nocauteado antes de derrubar o connor? Acho q nao viu, o michael jhonson tem um footwork melhor q o connor, que nao se movimenta tanto quanto o jhonson, ou como faz com maestria o dominick cruz, jhonson so teve seus 2 minutos de superioridade contra o nurma pq ele se movimentou muito e acertando golpes, mcgregor nao se movimenta tanto, apesar de o irlanda ter mais precisao nos punhos eu nao o vejo nocauteando o russo logo de cara, ele teria que bater muito no russo, e o russo sabe fazer guarda(vide luta contra abel trujillo), entao terminar no gnp como o irlanda fez contra o alvarez talvez nao seja uma opçao, entao para mim se o connor nao acertar uma mao cirurgica e bem tecnica, assim como foi contra o aldo, ele nao consegue segurar o wrestling do russo, que e bem superior ao do alvarez.

      • Rafael Maia

        Eu acho que o Conor controla melhor a distância com aquela base “carateca” e bate mais forte, então o Khabib não conseguiria grudar e derrubar antes de ser acertado com violência… mas é puro achismo!
        Seria uma luta muito boa! Um confronto de estilo em que os dois são realmente excelentes naquilo que fazem!

    • O estrago que o Nurmagomedov faz no chão é muito maior que o do Chad Mendes.

      Aldo merece mesmo.

  • Rafael Maia

    Na divisão dos médios, só posso dizer que o Jacaré é um tremendo azarado!
    Se o Romero perde numa decisão apertada, o Jacaré tinha mais chance de ser o próximo desafiante… agora o Jacaré perdeu o lugar na fila de vez!

    Tem que correr pra conseguir uma luta rápido contra alguém top!

    • Jacaré pode se beneficiar da vontade do Bisping voltar logo, ele disse que quer lutar no começo do ano.