MMA Além do UFC tem primeiro ACB nos EUA, estreia da LFA e disputas de cinturão no Invicta e ONE

Por João Gabriel Gelli | 11/01/2017 23:21

Depois de uma semana de folga, com nenhum evento de maior porte acontecendo nos primeiros dias de 2017, o MMA Além do UFC finalmente abre os trabalhos para o novo ano.

Sexta-feira, 13/01: ACB 51

A melhor organização do MMA regional já começa 2017 dando mais um grande passo em seus planos de expansão. O ACB 51 marca a estreia da promoção nos Estados Unidos e já chega com disputa de cinturão vago dos meios-pesados em sua luta principal. Este será disputado por ninguém menos que Thiago Silva (18-5) e Jared Torgeson (17-14).

Além disso, o card terá outros quatro bons casamentos. Eles são o explosivo duelo entre os penas Luis Palomino (24-13) e Musa Khamanaev (17-4), o embate entre os ex-UFC Pat Healy (30-22) e Leandro Buscapé (19-5-1), o confronto de Alexandre Pulga (15-1) e Christos Giagos (13-5) e a luta do promissor meio-pesado russo Shamil Gamzatov (10-0) com o veterano Rodney Wallace (26-12-1).

Outra lutas para ficar de olho:

Darren Mima (9-4) vs Danny Martinez (20-7)

Dave Courchaine (20-6) vs Arthur Estrázulas (8-3)

Mário Israel (10-2) vs Kyle Reyes (11-5)

Sexta-feira, 13/01: LFA 1

Fruto da fusão do Legacy FC com a RFA, a Legacy Fighting Alliance promove nessa sexta-feira seu evento inaugural, o LFA 1, que trará a primeira de unificações de cinturão de suas organizações-mãe. O título dos galos estará em jogo quando o brasileiro Leandro Higo (16-2), ex-campeão da RFA, encarar o antigo detentor do posto no Legacy FC, Steven Peterson (14-4). Outro combate interessante é o do ex-UFC Damon Jackson (10-1-1), que enfrenta Charles Cheeks III (11-5), que deve definir o primeiro desafiante dos penas.

Transmissão para o Brasil: EI Maxx a partir das 23:55h

Sábado, 14/01: Invicta FC 21

A principal organização de MMA feminino do mundo abre seu calendário em 2017 com a disputa do cinturão interino peso pena no Invicta FC 21. Inicialmente, o combate entre Megan Anderson (7-2) e Charmaine Tweet (9-5) contaria somente como uma provável eliminatória. No entanto, com a suspensão de Cris Cyborg por ser flagrada em alguma irregularidade no processo antidoping da USADA, a promoção de Shannon Knapp não teve escolha a não ser declarar a luta principal do evento como valendo o posto de campeã interina.

Alguns outros bons nomes compõem do card. Entre as atletas estão Pannie Kianzad (8-1), que tenta se recuperar da primeira derrota da carreira ao encarar Raquel Pa’aluhi (5-5), e Aspen Ladd (4-0), uma das melhores prospectas da divisão das galos. Ladd enfrenta Sijara Eubanks (2-1). Além disso, Jodie Esquibel (5-2) duela com Kali Robbins (4-0) no peso palha.

Sábado, 14/01: ONE Championship 51

O luta pelo título dos médios será o destaque do ONE Championship 51, que dá o pontapé inicial da maior organização asiática de MMA no ano. O campeão Vitaly Bigdash (8-0) retorna após passar 2016 inativo e defende seu cinturão pela primeira vez após conquistá-lo em uma das maiores viradas dos últimos tempos. Seu adversário seria o polonês Marcin Prachnio, porém este se machucou e deu lugar para Aung La Nsang (19-9). O atleta de Mianmar vem de quatro vitórias seguidas – todas no ONE -, incluindo uma grande zebra contra Alexey Butorin e outra mais modesta diante de Michal Pasternak. No duelo coprincipal, duas antigas vítimas do campeão dos penas Marat Gafurov se encaram quando Martin Nguyen (7-1) duelar com Kazunori Yokota (25-6-3).