MMA Além do UFC: PFL retorna com quarto evento e Bellator 224 traz card com boas promessas

Por Idonaldo Filho | 11/07/2019 16:41

O MMA Além do UFC retorna com uma semana bem agitada, com o retorno do PFL! O evento, com um estilo diferenciado do padrão das organizações de MMA, retorna com sua segunda rodada de lutas valendo pontos que definem os atletas que se classificam para os playoffs. Também temos um evento do Bellator bem interessante e completo, com lutas que merecem ser assistidas, inclusive na porção preliminar. Ainda nos Estados Unidos temos LFA e o ascendente FFC, na Malásia acontece o One Championship, enquanto na Rússia, o GFC é o destaque da semana.

QUINTA-FEIRA, 11/07 – PFL 2019: #4

A PFL volta na sua segunda rodada de pontos corridos com os confrontos no peso leve feminino e meio-médio masculino. O quarto evento da temporada será liderado por um confronto muito interessante entre Magomed Magomedkerimov e Chris Curtis, dois dos considerados favoritos dentro da categoria até 77kg, sendo o russo inclusive o campeão no ano passado. No duelo coprincipal a estrela do evento, Kayla Harrison, estará fazendo o seu segundo combate na temporada de 2019, sendo favorita por larga margem contra Morgan Frier.

O card é de alto nível de início ao fim, mas alguns duelos específicos serão destacados pela qualidade dos casamentos. Nos meios-médios o ex-UFC, Glaico França tem um bom desafio contra Sadibou Sy, sueco com um estilo de luta pouco ortodoxo, confronto onde ambos saíram com 6 pontos da primeira rodada. Handesson Boy Doido e David Michaud na mesma categoria é promessa de pancadaria, e Bobbi Jo Dalziel também é uma atleta a se destacar e que pode surpreender nesse torneio, estando invicta e enfrentando a brasileira Larissa Pacheco. Vale lembrar que após Roberta Samad e Zane Kamaka não baterem o peso, as suas lutas contra Sarah Kaufman e Andre Fialho respectivamente foram canceladas, com seus adversários ganhando 3 pontos. A transmissão é feita pelo aplicativo do DAZN.

Confira o card completo do PFL 2019 #4:

Peso meio-médio: Magomed Magomedkerimov vs Chris Curtis
Peso leve: Kayla Harrison vs Morgan Frier
Peso meio-médio: Bojan Velickovic vs. João Zeferino
Peso meio-médio: Ray Cooper III vs. John Howard
Peso meio-médio: Glaico França vs. Sadibou Sy
Peso meio-médio: Handesson Boy Doido vs. David Michaud
Peso leve: Bobbi Jo Dalziel vs. Larissa Pacheco
Peso leve: Genah Fabian vs. Moriel Charneski

QUINTA-FEIRA, 11/07 – FFC 39

O FFC saiu da Europa há pouco tempo. Agora em Las Vegas, vem sendo um evento em ascensão e uma opção interessante para prospectos e alguns lutadores veteranos, sendo mais um palco para os atletas atuarem. A luta principal é pouco relevante, entre Jordan Powell – conhecido pelo chutaço na cabeça que levou de Dominick Reyes – e o ex-Contender Series, Jamelle Jones, na categoria dos meios-pesados.

Duas lutas em especial do card de apenas cinco são bacanas para o nível regional. Dois veteranos já no MMA estadunidense, o brasileiro Gabriel Checco e Angel DeAnda, que desce de categoria, vão se enfrentar na categoria dos médios, enquanto nos meios-pesados o ex-atleta do UFC, Daniel Jolly, tem a missão de testar o ótimo prospecto Alex Polizzi.

SEXTA-FEIRA, 12/07 – ONE Championship: Masters of Destiny

O ONE vai até a Malásia e a ex-campeã Angela Lee é a principal atração no MMA, enfrentando a brasileira Michelle Nicolini, conhecida pelo bom jiu-jítsu e que deve proporcionar um duelo interessante no solo com a americana. O ex-lutador do UFC, Daichi Abe também foi escalado e encara o lutador da casa, EV Ting. Vale destacar também o canadense Gary Mangat, enfrentando Abro Fernandes da Indonésia no peso galo, e também o duelo de invictos nos penas entre o chinês Rui Chen e Troy Worthen.

SEXTA-FEIRA, 12/07 – BELLATOR 224

A luta principal, que será a terceira defesa de cinturão de Julia Budd no Bellator, pode não atrair muitas pessoas para o evento pelas lutas chatinhas que a canadense anda fazendo ao defender o seu título na rasa categoria dos penas, mas a israelense Olga Rubin é uma atleta que cresceu de forma surpreendente no evento, e a vitória sobre Cindy Dandois colocou ela de vez no radar da organização para trabalhar o MMA no país, que é estranhamente um alvo do Bellator.

O restante do evento é de alto nível de início ao fim. Realizado em Thackerville, trilionésimo evento nessa insignificante cidade americana, o Bellator 224 tem como luta coprincipal o ex-campeão Rafael Carvalho enfrentando Chidi Njokuani, que há pouco tempo era um peso meio-médio com problemas para bater o peso. Antes deles, há um duelo muito interessante nos moscas, quando a brasileira Juliana Velasquez encara Kristina Williams, lutadora com poucas lutas mas que mostrou um gigante potencial.

Dois ex-lutadores do UFC que acabaram cortados estarão também no card do Bellator. O japonês Kiichi Kunimoto foi uma contratação surpreendente pela organização, e promete ser um bom teste para os prospectos que existem nos meios-médios, dessa vez enfrentando Ed Ruth. Enquanto isso, Leslie Smith vai ao peso pena, onde atuou no início de sua carreira e enfrenta Sinead Kavanagh, que não vem convencendo muito na organização. Seguindo na categoria dos penas, teremos Arlene Blencowe e Amanda Bell movimentando a divisão ao se enfrentarem, e na categoria dos moscas a brasileira Bruna Ellen terá pela frente a grega Elina Kallionidou.

Ainda nas preliminares temos diversas lutas interessantes, que podem ser acompanhadas gratuitamente pelo aplicativo móvel do Bellator. Dois lutadores especialistas em um tipo de luta estão apostando suas fichas no MMA e aparecem no evento. Ex-campeão do Glory, Gabriel Varga estreia no MMA pelo peso pena encarando Jamese Taylor, e AJ Agazarm quer colocar seu conhecido jiu-jítsu para jogo em sua segunda luta como profissional, tentando apagar a péssima estreia ao enfrentar Jacob Landin.

E como sempre, há prospectos e de alto nível. Nos meios-pesados Jordan Young é um ótimo lutador e que deve em breve enfrentar os tops da categoria, mas dessa vez ele encara Joel Bauman, bom lutador mas com apenas três lutas. Na mesma categoria Christian Edwards estreia no MMA já com hype, pois é um dos principais prospectos da Jackson-Wink MMA e sparring de Jon Jones, duelando com o mais experiente Justin Vargas. Vale mencionar também os dois irlandeses, Will Fleury e Kiefer Crosbie, que respectivamente enfrentam Antonio Jones e Mike Jackson (não é o famoso adversário de CM Punk). A transmissão do evento é por parte da Fox Sports.

SEXTA-FEIRA, 12/07 – LFA 71

O cinturão dos meios-médios do LFA estava vago, como acontece inúmeras vezes por um dos campeões do evento ter assinado com o UFC, sendo o último Austin Hubbard. Mas não estará mais após sexta-feira (salvo se ocorrer algo imprevisto), pois o ex-TUF, Jason Jackson, e o brasileiro Junior Marques vão se enfrentar para decidir quem se tornará o próximo campeão do evento, e possivelmente alcançando um contrato com o líder do mercado. A luta coprincipal é na mesma categoria e também tem um brasileiro, já que Hemerson Souza encara Demarques Jackson. Outras duas lutas que merecem destaque também contam com lutadores daqui. Bom grappler, Ary Farias estreia no LFA contra Devante Sewell, nos galos. E nos médios Gregory Robocop terá pela frente Tanner Saraceno, que já foi pro wrestler e teve passagem por um reality show da WWE, mas agora foca na carreira no MMA.

SEXTA-FEIRA, 13/07 – GFC 14

O GFC, que antigamente era chamado de Battle on Volga, tem em seu evento de número 14 boas lutas. Após o casamento entre Shamil Zavurov e Phil Baroni  (aquele mesmo) cair mais uma vez, o russo enfrentará o argentino Matias Juarez, que entra como substituto. No duelo coprincipal temos o ótimo Timur Valiev voltando para a Rússia após não renovar com a PFL para essa temporada, e Valiev enfrenta Giovanni Soldado, brasileiro com passagem pelo TUF Brasil 4.

Saygid Izagakhmaev quer conquistar a décima-quinta vitoria na carreira no esporte contra o seu compatriota Vladislav Shabalin, enquanto o ex-Brave, Artur Guseinov, luta com Oleg Dadonov. O restante do evento é composto por russos e quirguizes pouco experientes ou de cartel irregular, que servem para fazer número ao card.