MMA Além do UFC desta semana conta com diversos títulos em disputa pelo mundo

Por Idonaldo Filho | 15/05/2019 20:44

O MMA Além do UFC nesta semana não conta com uma gama gigante de eventos mas, ainda assim, tem atrativos, principalmente dois: o ONE Championship e o KSW. O evento asiático terá o cinturão dos leves colocado para jogo enquanto, na Polônia, são dois os títulos em disputa, sendo um deles vago. Também contamos com a final do torneio no peso leve do ROAD FC, além do CFFC seguindo seu calendário cheio no ano e sempre revelando bons talentos para as grandes ligas.

Sexta-feira, 17/05 – ONE Championship: Enter the Dragon

Após reconquistar o título no primeiro evento do ONE em seu país natal, o japonês Shinya Aoki agora viajará para defendê-lo em território hostil, na Singapura, onde treina o seu oponente Christian Lee. Christian sempre foi um bom prospecto do ONE e tenta de uma vez por todas separar seu nome de sua irmã mais famosa, a campeã Angela Lee, tendo sua segunda chance de conquistar o cinturão – a primeira, na categoria dos penas, foi frustrada.

As demais lutas do card também empolgam. Teremos a estreia de Sage Northcutt na luta coprincipal, em um duelo muito interessante, enfrentando o veterano brasileiro Cosmo Alexandre, lenda do muay thai e com carreira regular no MMA. Valendo um posto na final do torneio dos leves, Saygid Arslanaliev é o favorito contra Amir Khan, que está entrando como substituto de Ariel Sexton – que o havia vencido anteriormente mas se lesionou.

Em uma categoria rasa como o peso palha, não é surpreendente que muitos lutadores acabem se enfrentando mais de uma vez, e isso causou a trilogia de Alex Silva e Yoshitaka Naito – dois ex-campeões que contam com uma vitória cada sobre o outro – agora competindo em uma luta regular sem título em disputa. Também fará parte do card mais uma luta de Garry Tonon, ás do jiu-jítsu que vem impressionando no MMA, lutando agora contra o japonês Yoshiki Nakahara.

Outras lutas relevantes: Geje Eustaquio vs. Kyu Sung Kim, Shannon Wiratchai vs. Iuri Lapicus, Mei Yamaguchi vs. Laura Balin

Sexta-feira, 17/05 – CFFC 74

Com duas lutas valendo títulos, o CFFC chega em Atlantic City para o seu evento de número 74. O duelo principal da noite será pelo cinturão interino dos leves, com Sidney Outlaw – que chegou a participar do Contender Series – e o pouco experiente Cesar Balmaceda como protagonistas. Já nos penas, Pat Sabatini defenderá a cinta contra Fabricio Alagoinhas, uma opção exótica já que o brasileiro nunca atuou nos Estados Unidos. Pelos meios-médios, também há uma luta interessante entre Joey Pierotti e Manny Wallo, que podem vir a conquistar uma chance para disputar cinturão na organização em breve, ou até agarrar uma oportunidade em um evento maior.

Sábado, 18/05 – KSW 49

Também com dois confrontos válidos por cinturão, o KSW volta a realizar um grande evento depois de promover um mais morno em abril. Desta vez, veremos um novo (ou não) campeão dos médios e o dono do título meio-médio defendendo-o. Na categoria até 84kg, Michal Materla e Scott Askham se enfrentam em revanche de luta vencida pelo primeiro com um potente chute no corpo. Eles passaram por um “mini torneio” para definir o próximo campeão da divisão e agora repetirão o casamento, dessa vez valendo o ouro. Enquanto isso, o violento Roberto Soldic irá defender o cinturão da categoria até 77kg contra Krystian Kaszubowski, invicto na sua carreira.

Seguimos no peso pesado, onde Damian Grabowski volta ao cenário regional e enfrentará Karol Bedorf, assim como Luis Henrique KLB, que duela com Michal Andryszak, conhecido por sempre ir pra matar ou morrer em suas lutas. Vale destacar outros dois veteranos do UFC, sendo que Thiago Silva vai enfrentar o alemão Martin Zawada e Norman Parke tem luta contra Artur Sowiński.

Sábado, 18/05 – ROAD FC 53

Finalmente o torneio peso leve do ROAD FC terá um fim – enquanto sobre o dos super-pesados, não temos notícia. O campeão é o coreano A-Sol Kwon, que não inspira muita confiança, principalmente por estar marcado para enfrentar o ótimo Mansar Barnaoui, que mostrou muito talento para chegar a final – principalmente em seu último combate, com um impressionante nocaute. Nos super-pesados, iríamos ter Jerome Le Banner e o carismático gordinho Aorigele, mas a lenda da trocação saiu de última hora dando lugar ao excêntrico Jae Hyuk Heo, conhecido por cantar a sua própria música de entrada – e por ser horrível.