MMA Além do UFC: Demetrious Johnson conquista GP dos moscas no ONE Championship: Century

Por Idonaldo Filho | 14/10/2019 11:49

O UFC Tampa pode ter chamado a atenção total dos fãs de MMA e ainda teve boxe para competir, mas a semana no MMA Além do UFC foi extremamente agitada. Foram quatro eventos de alto nível que entregaram lutas empolgantes e muito importantes, definindo torneios, títulos e novos contenders no cenário regional como um todo. Com isso, é claro que vamos comentar sobre tudo.

One Championship: Century

O ONE Championship: Century foi dividido em duas partes, mas será tratado como um todo no texto. Realizado no Japão, mesmo com os desastres naturais acontecendo no momento, o ONE entregou um bom evento e com definições dos torneios e disputas de título.

Pelo título do peso átomo, Angela Lee venceu a chinesa Jingnan Xiong em uma revanche. O triunfo veio com um mata-leão no fim da luta após um suplê controverso, que poderia ter rendido a desclassificação da campeã segundo as regras da organização. Agora, elas estão empatadas e uma trilogia pode acontecer em breve. Nos meios-pesados, Brandon Vera decidiu se testar, mas acabou surrado pelo campeão Aung La Nsang, com o birmanês obtendo o nocaute no segundo round. Na quarta luta entre ambos, Bibiano Fernandes finalizou Kevin Belingon no segundo assalto, o que o levou a um retrospecto de 3-1 contra o filipino e encerrando a rivalidade.

Os torneios dos moscas e leves se encerraram também nesse fim de semana. No peso mosca, não houve zebra. Um dos melhores de todos os tempos no esporte, Demetrious Johnson lutou na segurança e da forma que sempre impressionou no UFC, com muita movimentação no grappling para derrotar Danny Kingad. Nos leves, o campeão da categoria Christian Lee entrou de última hora na final para substituir um lesionado Eddie Alvarez. Lee enfrentou Saygid Arslanaliev e dominou a luta ao conseguir múltiplas quedas e passar para a montada com frequência.

Vale mencionar os veteranos Shinya Aoki e Yushin Okami, que saíram vitoriosos em casa. Aoki finalizou facilmente o filipino Honorio Banario, enquanto Okami derrotou Agilan Thani em decisão dividida.

Confira os demais resultados da primeira parte aqui e da segunda aqui.

PFL 2019 #7: Playoffs

E teve início a fase de playoffs da PFL, que definirão os finalistas que lutarão por US$1 milhão no final do ano. No peso meio-médio, os finalistas são Ray Cooper III – que repete o feito do ano passado – e David Michaud, ex-lutador do UFC. Enquanto no peso leve Kayla Harrison fez jus ao favoritismo e irá encarar Larissa Pacheco em uma revanche na luta final.

Cooper empatou com Sadibou Sy na primeira luta, mas passou no critério dos juízes, julgando a luta como um todo. Posteriormente, Cooper nocauteou Chris Curtis – substituindo Magomed Magomedkerimov, que passou mal – de forma assustadora, carimbando a vaga na final e deixando para trás a derrota constrangedora contra John Howard, ainda na fase de grupos.

Michaud venceu as duas lutas. Primeiro, David derrotou John Howard na decisão unânime em luta pouco empolgante.  Depois, surpreendeu na semifinal ao vencer Glaico França, um dos favoritos, mas que havia sofrido bom dano em sua luta nas quartas de final contra Andre Fialho. Após o evento, Curtis e Glaico anunciaram suas aposentadorias.

No peso leve feminino, Kayla Harrison finalizou sem problemas a canadense Bobbi Jo Dalziel, lutadora reserva que assumiu o confronto após Genah Fabian ter problemas com o corte de peso. Na outra semifinal, Larissa Pacheco aproveitou a diferença gritante de tamanho, para dominar Sarah Kaufman, em resultado surpreendente.

Bellator 230

Escondido em uma semana com muito mais atrações em outros eventos, o Bellator 230 aconteceu em Milão e seguiu a péssima prática de tape delay, transmitindo o evento só após o término, por ser na Europa.

A luta principal teve o nocauteador Melvin Manhoef seguindo na ativa e dizimando Yanick Bahati com um ground and pound muito violento, como sempre se espera do veterano de 43 anos. Esta foi a segunda vitória seguida de Manhoef, ambas em 2019.

Ídolo local, Alessio Sakara derrotou Canaan Grigsby, adversário de nível horroroso. O resultado mostra muito a índole do Bellator em alguns casamentos. A organização realiza lutas unilaterais apenas para satisfazer seus objetivos, seja de dar uma vitória a uma estrela local ou proteger seus prospectos de forma até que exagerada.

A luta mais relevante e que acabou escondida no evento foi a vitória do ótimo Vadim Nemkov sobre Rafael Carvalho. Nemkov se consolida cada vez mais como um dos melhores do mundo, com vitórias sobre Phil Davis e agora Rafael. Ainda existem dúvidas se Nemkov disputará o cinturão a seguir, já que Ryan Bader segue também com o título nos pesados e não parece muito interessado em enfrentar o russo.

RIZIN 19

Enquanto no ONE dois torneios se encerravam, no RIZIN outro começava!

A organização japonesa iniciou seu GP na categoria dos leves e quatro lutadores se classificaram para as semifinais. Emprestado do Bellator, Patricky Pitbull atropelou Tatsuya Kawajiri com uma joelhada voadora e encerrou com socos. Johnny “Hollywood” Case nocauteou Roberto Satoshi com um forte soco, derrubando o adversário, que chegou a bater, mostrando que não recebe muito bem golpes. Luiz Gustavo Killer e Tofiq Musaev também venceram pela via rápida dolorosa. Eles superaram Hiroto Uesako e Damien Brown respectivamente e conquistaram as vagas restantes.

O chaveamento ficou assim:

Nas lutas restantes, vale destacar a principal. Nela, Jiri Prochazka massacrou Fabio Maldonado, em combate muito mal casado e feito para Prochazka atropelar e se destacar como um dos principais meios-pesados da atualidade. O japonês Kai Asakura nocauteou Ulka Sasaki e o RIZIN anunciou de prontidão uma revanche entre Asakura e Kyoji Horiguchi no evento de fim de ano, dessa vez valendo o título. No primeiro duelo entre ambos, Kai encerrou a sequência de treze vitórias de Horiguchi com um nocaute em pouco mais de um minuto.

Outro duelo importante que parece bem encaminhado é uma trilogia entre Seo Hee Ham e Ayaka Hamasaki. Ham venceu a quinta seguida desde que decidiu voltar para o peso átomo após a demissão do UFC. Dessa vez, ela nocauteou uma ascendente Miyuu Yamamoto e se credenciou como desafiante. Agora, deve ter a oportunidade de vingar as duas derrotas que sofreu para a campeã Hamasaki, que a superou em 2010 e 2011. Este é um dos melhores duelos que a categoria pode oferecer e também pode parar no evento de fim de ano do Rizin.

Confira os demais resultados aqui.

Principais eventos dessa semana:

UAE Warriors 3
PFL 2019 #8
M-1 Challenge 105
Fight Nights Global 95
Shooto Brasil 97
Future FC 9
Titan FC 57