MMA Além do UFC: Canal Combate estreia novo evento e Esporte Interativo traz o card mais importante

MMA Além do UFC: Canal Combate estreia novo evento e Esporte Interativo traz o card mais importante
MMA

O canal Combate estreia mais um evento em sua programação e o Esporte Interativo chega com o mais importante card do fim de semana, que também movimentará o cenário brasileiro do MMA.

Após uma semana com poucos eventos, mas com combates que entregaram bastante movimento, teremos agora uma com maior volume de eventos de destaque.

O MMA fora dos cercos do octógono mais famoso do mundo vai agitar o Brasil e os Estados Unidos, com diversos cards em exibição na TV brasileira. O canal Combate estreia uma nova organização em sua programação, enquanto o Esporte Interativo terá o evento mais relevante do fim de semana.

Comecemos então apresentando o que vai rolar nos próximos dias e depois relembraremos o que de melhor aconteceu na semana passada.

Sexta-feira, 01/04: CES MMA 34

ces-mma-34

Torneio que costuma entregar bons combates no cenário regional americano, o CES MMA realizará nesta sexta sua 34ª edição. Apesar de não contar com o costumeiro número de destaques, a organização merece um voto de confiança.

Na luta principal do card, Chris Curtis (13-4) defenderá o título dos meios-médios em uma revanche contra o ex-UFC e Bellator Nah-Shon Burrell (12-6). Como o segundo não bateu o peso, apenas o primeiro, que venceu no primeiro encontro entre os dois, poderá levar o cinturão para casa. Já no embate coprincipal, vale ficar de olho em Calvin Kattar (14-2), que enfrentará Kenny Foster (11-10).

Transmissão para o Brasil: Bandsports a partir das 22:00h

Sexta-feira, 01/04: Victory FC 49

Também passando nesta sexta-feira teremos o Victory FC 49. A organização, que recentemente fechou um acordo para ser transmitida pelo UFC Fight Pass, agora também será exibida no canal Combate.

O Victory FC 49 terá dois brasileiros do time da Blackzilians no TUF 21 fazendo as duas lutas principais. Na mais importante delas, Valdir “BB Monstro” Araújo (15-6), que se recuperou do nocaute sofrido diante de Alex Morono ao finalizar Victor Moreno, enfrentará o ex-TUF 15 Dakota Cochrane (23-9). Já o carateca Andrews Nakahara (4-2-2) duela com Maki Pitolo (5-2).

Transmissão para o Brasil: Combate a partir das 23:00h

Sábado, 02/04: Shooto Brasil 62

A organização liderada por Dedé Pederneiras promoverá o Shooto Brasil 62. O evento, que supostamente contaria com a disputa do título dos meios-pesados entre Carlos Eduardo Cachorrão (12-4) e Cássio Jacaré, acabou sendo reformulado e agora Cachorrão será colocado frente a frente com o jovem de 17 anos Willyanedson Paiva (1-1). Já a luta principal será o combate entre Ismael Marmota (12-5-1) e Arymarcel Santos (36-29), válida pelo cinturão dos meios-médios.

Transmissão para o Brasil: Combate a partir das 20:00h

Sábado, 02/04: Thunder Fight 6

O Thunder Fight 6 aparece em nossa lista para destacarmos o retorno de Elias Silvério (11-2) ao cenário regional após sua passagem pelo UFC. Ele retornaria aos meios-médios para disputar o cinturão da organização contra o campeão Vitor Régis (8-5). No entanto, Vitor Monstro aceitou uma proposta de um evento internacional e deixou o card. Assim, quem recebeu o chamado foi o jovem de 21 anos Gilberto “Cachorro Louco” Sousa (3-0).

Sábado, 02/04: WSOF 30

O principal evento desta semana será o WSOF 30, no qual serão contestados dois cinturões da terceira maior organização de MMA do mundo.

No embate que capitaneará a noite, o campeão dos médios e meios-pesados Dave Branch (17-3) defende o título da primeira categoria contra Clifford Starks (13-2), em um confronto entre dois ex-UFC que pode ser considerado um dos melhores casamentos possíveis na categoria fora do octógono.

Pelo cinturão dos meios-médios, que ficou vago quando Rousimar Toquinho foi suspenso por conduta antidesportiva, teremos o combate entre o veterano Jon Fitch (27-7-1), que passa por momento irregular na carreira, e João Zeferino (20-7), que foi vice-campeão do torneio dos leves da organização, mas subirá de categoria pela oportunidade de conquistar o título.

Outros nomes interessantes que compõem o card são o meio-pesado brasileiro Vinny Magalhães (13-7), que busca sua segunda vitória no WSOF e se aproximar de uma disputa de título em duelo contra Jake Heun (9-4), além de Abubakar Nurmagomedov (11-1), irmão de Khabib, que vem sendo construído com bastante calma pela organização e enfrentará o australiano Matthew Frincu (7-1), com ambos vindo de vitória sobre Danny Davis Jr (11-10-1), que faz a luta seguinte com o alemão Abu Azaitar (11-2-1).

Transmissão para o Brasil: EI MAXX e parabolicas a partir de 23h30

Resultados da semana passada

Indo pela ordem cronológica, passaremos primeiro pelo Legacy FC 52, que teve o prospecto dos moscas Matt Schnell conquistando o título interino da categoria ao finalizar Klaiton Mai em uma chave de braço no primeiro round, vingando uma de suas duas derrotas na carreira.

O evento, que não viu nenhuma de suas lutas profissionais terminar na decisão dos juízes, teve em seu combate coprincipal Thomas Webb nocauteando o ex-UFC Sean Soriano, que agora tem apenas uma vitória nas últimas cinco lutas. Além disso, os pesos galos Irwin Rivera e Jose Ceja protaganizaram um duelo movimentado, com vitória do primeiro (assista aqui: https://www.youtube.com/watch?v=I7BpgRQavgE)

Já no sábado aconteceu o sensacional ACB 32. No combate principal, o bom nome dos pesos leves Abdul-Aziz Abdulvakhabov mostrou sua força e nocauteou Eduard Vartanyan, outro nome de qualidade, para defender o cinturão da categoria ainda no primeiro round.

Na luta coprincipal, tivemos um verdadeiro espetáculo, com dois dos melhores prospectos da categoria dos galos se enfrentando pelo cinturão. Enquanto Magomed Magomedov levava clara vantagem no wrestling, que usou como principal arma, Petr Yan se mostrava um atleta mais explosivo e agressivo. Ambos trocaram muitas posições no solo e chegaram perto de encerrar a luta por diversas vezes, mas, no fim das contas, o que seria um empate majoritário na papeleta dos juízes acabou se tornando uma controversa vitória por decisão dividida para Magomedov por conta de uma esdrúxula regra na qual o árbitro central julgou uma cabeça acidental como proposital e puniu Yan com um cartão amarelo, deduzindo assim um ponto. No entanto, a organização já deu declarações de que deve promover uma revanche após o Ramadã, o que deve ser entre o final de agosto e começo de setembro.

Fique aqui com o vídeo deste incrível combate, um dos candidatos a luta do ano de 2016 até o momento.

Por fim, mais dois prospectos apareceram no evento e merecerem destaque. O peso pesado Denis Goltsov se mostrou preparado para eventualmente chegar ao UFC – com quem já esteve em negociações – e fazer um bom papel ao finalizar Mike Kyle com um belo triângulo sem passar por maiores problemas.

Além dele, o belga Shamil Nikaev mostrou talento e promessa ao bater o brasileiro Jamil Silveira em decisão unânime.

  • vicente

    Vcs acham que o Zeferino tem uma chance boa contra o Fitch?

    • João Gabriel Gelli

      Do jeito que o Fitch vem lutando abaixo do normal, eu diria que existe uma possibilidade, mas não apostaria nele.

    • Beeeeem difícil.

  • Lucas Gonçalves e Alves

    Sim, existe MMA fora do UFC! E dos bons!

    Vou acrescentar um dado: o CES MMA vai ser transmitido pelo canal Band Sports a partir das 22h.

    Quanto ao Victory FC, há informações conflitantes a respeito do horário. O Combate News e as grades de programação da Net e do Combate informam que vai começar à meia-noite. Porém, este artigo mais um outro do site Combate afirmam que vai começar às 23h. Afinal, qual é o horário certo?

    • João Gabriel Gelli

      A informação foi tirada do site do Combate. Pode ser que a transmissão comece às 23h, mas as lutas só meia-noite.

      Sobre o CES MMA, vou adicionar. Obrigado.

  • Marcos E

    Denis Goltsov tem que ir para o UFC já. A categoria precisa de um peso pesado assim, novo e ágil. O cara tem 1,95m e se move muito bem no chão.

    • João Gabriel Gelli

      O cara é bom e não é velho. Melhor que muitas das contratações recentes do UFC na categoria.

    • Bem provável.

  • Carlos Salvador

    O CES MMA 34 será transmitido pelo Bandsports a partir das 22h.

    • João Gabriel Gelli

      Valeu!

  • Diego Cavera

    Muito boa essa coluna, é um serviço de utilidade pública, interessante que vários canais além do Combate tá dando essa moral para eventos menores, que sempre tem prospectos pra ficar de olho.

    • João Gabriel Gelli

      Gostei da iniciativa do Combate de transmitir o Victory FC e eles ainda fecharam com o Invicta. Os outros canais também tão mostrando uma variedade legal tanto do MMA nacional quanto do internacional, o nos que deixa cheios de opções hahaha.

    • Combate, Esporte Interativo, BandSports e FOX Sports transmitem eventos de MMA com alguma regularidade. A Band aberta ainda passa o Jungle.