MMA Além do UFC: AJ McKee obtêm segundo nocaute mais rápido da história do Bellator

Por Idonaldo Filho | 02/10/2019 10:24

Com três grandes eventos no fim de semana, o MMA Além do UFC detalha o que aconteceu de mais relevante nas demais organizações. O Bellator com seus dois eventos proporcionou lutas de alto nível, principalmente no Bellator 228, com o Bellator 227 se restringindo mais ao público europeu. O ACA também colocou alguma de suas estrelas para lutar, sendo o ACA 99 importante também pelos dois títulos em disputa.

Bellator 228

O Bellator 228 aconteceu nesse último sábado, em Inglewood. A luta principal foi entre os veteranos Lyoto Machida e Gegard Mousasi em uma revanche que decepcionou. O duelo foi bastante morno e os atletas, conhecidos por serem contragolpeadores, pouco fizeram, mas o holandês teve vantagem durante toda a luta. A vitória foi de Mousasi em uma decisão dividida estranha, uma vez que um juiz marcou vitória de Machida de forma inexplicável.

As quatro últimas lutas da primeira fase do torneio dos penas aconteceram também neste evento. Valendo o cinturão e disputada em cinco rounds, Patricio Pitbull conseguiu uma vitória tranquila sobre Juan Archuleta, que mostrou muita resiliência, mas perdeu todos os assaltos e não ofereceu perigo em momento algum.

Um dos principais prospectos do esporte atualmente, AJ McKee empolgou os fãs. Na mesma noite que viu seu pai Antonio McKee retornar com vitória, AJ obteve o segundo nocaute mais rápido da organização com um certeiro soco em Georgi Karakhanyan, seguido de um ground and pound rápido e que apagou o veterano.

Darion Caldwell e Daniel Weichel foram os outros classificados para as quartas de final do torneio. O ex-campeão dos galos aplicou o seu credenciado wrestling de forma eficiente – e chata – contra Henry Corrales, enquanto Weichel em um combate movimentado bateu Saul Rogers.

Em um modelo curioso e muito interessante, as quartas de final foram definidas na mesma noite, com os lutadores sorteando um número de ordem e podendo escolher data ou adversário, ficando dessa forma (o chaveamento é fixo):

AJ McKee pegou número 1 e escolheu lutar em dezembro.
Adam Borics pegou o número 2 e escolheu lutar em janeiro.
Darrion Caldwell pegou o número 3 e escolheu lutar em março.
Daniel Weichel pegou o número 4 e escolheu lutar em fevereiro.
Emmanuel Sanchez pegou o número 5 e escolheu enfrentar Daniel Weichel.
Derek Campos pegou o número 6 e escolheu enfrentar AJ McKee.
Pedro Carvalho pegou o número 7 e escolheu enfrentar Darrion Caldwell.
Patricio Pitbull como campeão podia escolher qualquer um, decidindo enfrentar Pedro Carvalho, colocando Darrion Caldwell contra Adam Borics.

Confira os demais resultados aqui.

Bellator 227

Antes do evento mais badalado, o Bellator foi até Dublin, com um evento mais concentrado nos talentos europeus que a organização possui em seu plantel. A luta principal teve James Gallagher passando o carro em Roman Salazar com certa facilidade, esperado já que o adversário entrou na luta de última hora e não tem o mesmo nível do prospecto.

O duelo coprincipal foi mais uma situação de casamento desnivelado. Após muito trash talking, Michael Page derrotou o irlandês Richard Kiely com uma bonita joelhada voadora. Kiely tinha apenas um cartel de 3-1, sendo mais um dos adversários de nível questionável que o Bellator colocou para Page, que se recuperou da primeira derrota no MMA. Em um momento da luta Page chegou a perder um ponto por ficar brincando com o adversário, ao simular estar “cozinhando” uma granada no meio do ground and pound.

Ex-campeão do UFC, Ben Henderson também esteve presente em Dublin e venceu o estreante Myles Jury em uma decisão unânime tranquila, com todos os juízes marcando os três assaltos para Henderson.  Esta é a quarta vitória consecutiva para o líder da MMA Lab, se colocando em um ótimo lugar mas em uma divisão com o campeão inativo, tendo em vista que Patricio Pitbull está ocupado com o torneio dos penas.

Confira os demais resultados aqui.

ACA 99

Perto de seu centésimo evento, o ACA esteve na capital russa de Moscou com um grande evento com um dos principais lutadores fora do UFC. O excelente Ali Bagov venceu mais um e unificou o cinturão ao derrotar o campeão do WFCA, Khusein Khaliev, com uma bela kimura e colocando mais um bom nome em seu cartel já recheado de destaques do MMA russo.

O cinturão dos moscas se manteve com Yunus Evloev. O russo defendeu com sucesso seu título ao derrotar Azam Gaforov, acabando com a invencibilidade de seu adversário na decisão unânime. Ex-campeão dos leves, Abdul Aziz Abdulvakhabov finalizou Imanali Gamzatkhanov no segundo assalto.

Nos galos, Rakham Dudaev – que já teve a cinta no WFCA – derrotou o veterano Oleg Borisov ao estrangular o adversário no segundo round. Em uma luta animada que merece destaque, o excêntrico Magomed Ismailov surpreendeu Artem Frolov na decisão, ocasionando a segunda derrota do antigo campeão dos médios no M-1 Global.

Confira os demais resultados aqui.

Principais eventos da semana que vem:

ACA 100 – Parte I
ACA 100 – Parte II
Brave CF 27
Invicta FC 37
Bellator 229