Minuto do Boxe #3: Joshua-Klitschko, Golovkin-Jacobs, Lomachenko-Sosa, Chocolatito-Rungvisai

Nosso podcast de boxe, que passa a adotar um cronograma fixo, fala dos mais importantes combates que aconteceram no mês de abril e puxa os mais relevantes de março, além de apresentar o que virá no mês atual.

Depois de tantos eventos de elevada importância se acumularem, nada mais justo do que seguir com o projeto do Minuto do Boxe. A ideia era recuperar o que aconteceu em abril, mas voltamos até a metade de 2017 para debater quatro grandes combates e sérias influências em várias categorias e no peso por peso.

Iniciamos no dia 18 de março, quando Román “Chocolatito” González sofreu uma derrota surpreendente para o tailandês Srisaket Sor Rungvisai, resultado que tirou o craque nicaraguense da liderança do ranking peso por peso de todo o mundo.

Naquela mesma noite de Madison Square Garden lotado, o astro cazaque Gennady Golovkin finalmente encontrou um oponente à altura. O peso médio americano Daniel Jacobs executou uma estratégia excelente e, apesar de ter sofrido um knockdown, quase fez valer seu apelido de “Miracle Man” – e teve gente boa dando a vitória para Jacobs. Agora, uma revanche imediata parece um caminho natural dada a dificuldade de marcar GGG contra Canelo Álvarez. E, segundo nossa análise, o campeão pode ter problemas num eventual segundo confronto.

Já em abril, foi a vez de analisar mais uma obra de Vasyl Lomachenko, que transformou o bravo Jason Sosa num joão do Mané Garrincha. Neste momento, o debate parou para analisar os efeitos do ranking peso por peso – comparamos o famoso da Ring Magazine com o meu e do Pedro Carneiro – e ver como o artista ucraniano pode movimentar a lista. Para isso, enumeramos uma lista de oponentes que podem elevar Lomachenko caso a unificação no peso superpena não ocorra.

LEIA MAIS Nunca um boxeador me impressionou tanto quanto Vasyl Lomachenko

Por fim, a ressurreição da categoria mais importante da nobre arte. Na melhor disputa de cinturão do peso pesado deste século, Anthony Joshua venceu Wladimir Klitschko num combate cheio de vencedores: Joshua, Klitschko, a categoria, os fãs e o boxe em si, que volta a ter sua mais nobre categoria sob os holofotes.

LEIA MAIS Anthony Joshua para Wladimir Klitschko no 11º assalto em batalha para as eras

apoia-se-logo-180-100

Quer se tornar um COLABORADOR do MMA Brasil e concorrer a prêmios, participar do podcast e ajudar a fazer um site cada vez melhor? Conheça todos os BENEFÍCIOS do nosso projeto no APOIA.SE!

Endereço para assinar o podcast pelo iTunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/its-time!-o-podcast-do-mma/id939262973

Endereço para quem preferir assinar o feed RSS do podcast por outras vias: http://www.mmabrasil.com.br/feed/podcast

Versão do episódio 3 em arquivo compactado (.zip) (clique com o botão direito do mouse e em seguida selecione “Salvar link como”)

  • Luiz Gustavo

    Ainda ouvirei…mas digo q este quadro deveria ser semanal…pois pelo menos eu aprendi MT do boxe atualmente.
    Parabéns pelo ótimo trabalho senhores

    • Semanal no momento é impossível. Vou ficar feliz se conseguir manter mensalmente, mas vamos tentar melhorar.

  • Paulo Melo

    Muito bom !
    Ótimas lutas rolaram nas últimas semanas e nessa ainda tem o Canelo !

  • Saulo Henrique

    A nobre arte anda muito movimentada. Ótimo podcast.

  • Caio Andrade

    Mais um excelente Minuto do Boxe, Alexandre e Pedro! Parabéns!

    Quando puderem, e se for viável, seria muito bom um Minuto do Boxe analisando as grandes lendas, seja de uma categoria específica ou peso por peso!

    Estou voltando a ter interesse no boxe e valorizo muito a opinião de vocês!

  • Gabriel Carvalho II

    Lomachenko é muito sinistro. Só esperando a data pra ele se tornar o #1 do P4P. Que ele suba e enfrente Linares ou Flanagan.

    Eu nem tô com tanta empolgação pra Canelo-Chavez Jr. Acho mais interessante por ver o Canelo em si, mas não acredito que o Chavez vá entregar tanta dificuldade assim.

    • Eu queria mais contra o Mikey Garcia do que Linares ou Flanagan, mas qualquer um já tava bom.

      Também não me empolguei muito pra Canelo-Chavez Jr. Só vai ser legal ver como a torcida mexicana vai se comportar vendo o principal ídolo atual enfrentando o filho do maior ídolo de todos os tempos.

  • Gabriel Carvalho II

    Eu não sei vocês, mas eu sou uma pessoa bem curiosa. Quando eu vejo 90 mil pessoas reunidas em um lugar, eu vou parar pra ver o que é, e acredito que muitos iriam parar pra ver Joshua vs. Klitschko.

    Independente de ser uma manifestação, um show, um jogo ou um enterro. 90 MIL PESSOAS sempre vão chamar atenção. SporTV, Fox Sports e Esporte Interativo estão de palhaçada. Ninguém assiste essas porras de MLS ou Paulistão Série A2

    • Pois é, exatamente. E a luta tinha uma baita história por trás, um tema irado. Acabou dando tudo mais do que certo e nenhum canal brasileiro mostrou. Ridículo.

      • Vitor Barcellos

        Fora que por ser uma disputa de cinturão dos pesos pesados, já iria atrair o olhar de muitas pessoas. Só Deus sabe o quanto tive que garimpar nessa internet para achar a transmissão dessa luta

    • Malk Suruhito

      Mas será que não pesou o quanto foi cobrado x o quanto eles avaliaram de retorno?
      Cês sabem como brasileiro “ama” qualquer esporte né?

      • Gabriel Carvalho II

        Cara, é até meio óbvio que o boxe não vai ter a maior audiência dentro do Brasil, porém, a concorrência que Joshua-Klitschko teria na TV seria bizarra. É impossível que alguém prefira assistir jogo de MLS ou Série A2 do Paulistão em vez dos dois melhores pesados da atualidade, ainda mais em um estádio com 90 mil pessoas dentro. Se estivessem rolando jogos do Corinthians e do Flamengo simultaneamente, eu provavelmente não reclamaria, mas…

        Essa parada de apenas futebol no SporTV é absurdamente ridícula. Outro dia estava passando São José x Santo André enquanto Cleveland Cavaliers (atual campeão da NBA e com o melhor jogador da atualidade) ficava no canal 3. É muito tosco.

        • Malk Suruhito

          Sim, é claro que iriam preferir Joshua x Klitschko do que um jogo da séria A2 do Paulista (se este não for o Bruno Sader, é claro), mas só iriam preferir se a mesma comprasse e coloca-se na programação. É este o ponto: investir em algo para agradar os já assinantes (o que deveria ser o correto) ou deixar como está com os contratos já assinados (seja o de programação, seja de assinantes).
          Será que se o Canal X disponibilizasse a luta teria um número de novos assinantes que compensasse este investimento? Eles devem ter pensado nisso e preferiram fingir que a coisa não aconteceu, deixa os assinantes com o que já tem, não ganhamos nada, mas também não perdemos nada.
          Entenda, não estou justificando as TV’s, tô só tentando entender a linha de raciocínio comercial deles.
          E sim, eu fico puto de ficar zapeando e ter trocentos canais só falando de futebol, coisa que eu nem curto mais como um dia já curti.

  • Caio Abreu

    cara parabéns pelo podcas e por nos deixarem a par de tudo que se passa nanobre arte, confesso que tenho muita dificuldade em encontrar conteúdo sobre boxe em nosso pais e um podcast desse é um achado. Alexandre parabéns por essas criticas feitas a essas emissoras aqui do Brasil, simplesmente dé inconcebivel nao haver transmissao de um evento desse porte, no mais esperando pelos proximos podcasts. abs.

    • Inconcebível mesmo. Passam lutas de 6 rounds do Esquiva contra um bando de bunda suja, mas não passam uma luta dessa.

  • James sousa

    muito bom ter o minuto do boxe de volta depois de grandes lutas que aconteceram de março a abril

  • Vitor Barcellos

    Parabéns pelo trabalho Alexandre. E você tem razão, a imprensa brasileira que alimenta esse sentimento de ”o mma matou o boxe.” O pior não é o Fox Sports, Esporte Interativo, ESPN e SporTV não terem passado… o pior mesmo é um canal chamado COMBATE, que na teoria deveria passar tudo sobre os esportes de combate, e que no momento da melhor luta de peso pesado dos últimos anos, estava passando VT de uma luta qualquer de mma….
    Enfim, espero que consigam manter o minuto do boxe de forma mensal, pois vc’s são um dos poucos sites sérios que conseguimos noticias sobre a nobre arte.
    Sucesso

  • Marco antônio

    Parabéns, Alexandre e Carneiro. Aprendo muito com vocês, obrigado.
    Olha só, vocês falaram que a ultima vez que teve uma disputa de cinturão com uma diferença de idade tão grande nessa categoria, o cara novo era o Wlad. Num comparativo com o momento do Joshua, qual dos dois se esperava mais? O hype que o Wlad na época era maior ou menor do que o do Joshua hoje?

    • Pedro Carneiro

      Wlad chegou a disputa de cinturão já com um retrospecto no Kickboxing e com o peso de ser irmão de quem era. Joshua era visto como uma promessa, mas que ainda precisava de desafios, já o Wlad apareceu como alguém que seria um grande lutador a não ser que uma catástrofe ocorresse.

  • R13

    Gennady Govovkin Vs Canelo dia 16/09 hein galera!

  • Leonardo Paz

    q programa!!!
    graças a Alexandre e cia, minha vontade e curiosidade sobre o boxe so cresce!!
    como sempre um programa riquíssimo de detalhes e otimas analises, que essa hora do boxe seja eterna!!