Michael Bisping: “Provavelmente estou aposentado”

Por Gabriel Camargo | 26/04/2018

Desde que perdeu o cinturão para Georges St. Pierre no UFC 217, o inglês Michael Bisping, ex-campeão da categoria dos médios do UFC, tem comentado muito sobre sua aposentadoria. E os rumores aumentaram ainda mais depois do nocaute sofrido para Kelvin Gastelum , inclusive chegou a ser cogitada uma luta de despedida para ele no UFC Fight Night 127 – evento realizado em Londres, no mês de março – porém ele acabou ficando fora do card.

Em entrevista em seu próprio podcast “Believe You Me”, foi bem incisivo ao falar sobre sua aposentadoria. “Eu provavelmente estou aposentado, apenas não tornei oficial”, e ainda concluiu “como eu disse, eu não me decidi completamente, mas estou muito, muito perto da aposentadoria”.

Já sobre os rumores de uma possível luta contra Nick Diaz, que já pode retornar ao octógono após cumprir sua suspensão, o inglês confirmou não ter nada acordado para essa luta, citando que ninguém da própria organização o procurou para negociar. “Não, eu não irei lutar com Nick Diaz, não mesmo, isso é um boato. Eu não falei com o UFC sobre nada”.

O “The Count” ainda citou que a única conversa sobre enfrentar Nick Diaz, foi quando o encontrou em uma boate em Nova York, mas afirmou que não passou de uma brincadeira entre eles.

“Então, aqui está o acordo com Nick Diaz – um tempo atrás, foi depois que eu ganhei o cinturão ou depois que eu derrotei Dan Henderson e eu estava em Nova York fazendo algum trabalho para o UFC, e eu fui para um clube com um amigo, um casal de amigos e eis que eu encontro lá Nick Diaz. Garoto legal, nós saímos juntos, tomamos algumas bebidas, nos divertimos e ele sugeriu que deveríamos lutar um contra o outro até 170 libras (peso meio-médio). Eu não posso bater 170, então estávamos conversando sobre um peso combinado. Eu disse ao Nick, ‘eu adoraria lutar com você, você tem um grande nome nesse esporte’, foi uma conversa muito agradável”, explicou Bisping.