Mestre do Combate, a “Copa do Brasil do MMA”, estreia nesta quinta-feira

Por Alexandre Matos | 21/11/2012 23:27

A primeira edição do curioso evento idealizado por Rickson Gracie será disputado na noite desta quinta-feira. O Vivo Rio, na cidade do Rio de Janeiro, receberá o evento inaugural do Mestre do Combate a partir das 20:00h, horário de Brasília. O canal Esporte Interativo fará a transmissão ao vivo.

O Mestre do Combate traz vários diferenciais em relação aos tradicionais eventos. O público brasileiro, aficionado por futebol, deverá gostar da Copa Mestre do Combate, competição no formato mata-mata que reunirá equipes de alguns dos principais pólos do MMA brasileiro como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belém, Belo Horizonte e Curitiba. Cada equipe conta com cinco atletas, das categorias dos leves até os pesados, e é liderada por um importante treinador do cenário nacional.

O evento desta quinta terá o confronto entre os Samurais do Rio de Janeiro, liderados por Murilo Bustamante, e os Escorpiões de São Paulo, encabeçados por Francisco Veras. Este duelo vai servir como apresentação do formato de equipes e não valerá pela Copa.

A competição está prevista para começar no dia 31 de janeiro, no Mestre do Combate 2, que será realizado em São Paulo. Na ocasião, a equipe Avalanches, de São Paulo, enfrentará os Gladiadores de Curitiba. O Mestre do Combate 3 terá a disputa entre os Especialistas do Rio de Janeiro contra os Implacáveis de Salvador. Os Escorpiões estreiam contra os Dragões de Belém, enquanto os Samurais começam a disputa contra os Detonadores de Belo Horizonte.

Tabela da Copa Mestre do Combate

Vitor Miranda faz a luta principal da edição inaugural do Mestre do Combate

Lutando agora como peso médio, o catarinense Vitor Miranda, atleta da Team Nogueira, encabeçará o card do Mestre do Combate 1. O craque do muay thai vai travar uma batalha de trocação contra Elton Monstro, tricampeão gaúcho de boxe.

Outras duas lutas acontecerão independentemente do confronto dos times carioca e paulista. O peso leve argentino Luciano Izzy, com vasta experiência em eventos brasileiros, medirá forças com Oséias Viana. Já o americano Pety Mafort, que enfrentaria Alexandre Pulga, vai bater de frente com o mineiro Robert Peter.

Os combates serão disputados em dois rounds, como era no PRIDE. O primeiro terá duração de dez minutos e o segundo, cinco. O lendário americano “Big” John McCarthy será o árbitro das lutas. E ele terá ainda um papel adicional: o de juiz das lutas. De acordo com as regras boladas por Rickson, um lutador só pode vencer por nocaute ou submissão. Caso uma luta chegue ao final do segundo round, ela será desempatada pelo próprio Rickson, McCarthy e – acredite – o público presente ao Vivo Rio. Cada um terá direito a um voto (o público representa um voto único) e deverão apontar aquele lutador que mais chegou perto da vitória.

Falando de regras pouco convencionais, os rounds do Mestre do Combate poderão ter limite de tempo indefinido. A orientação é que um lutador não seja salvo pelo gongo. Ou seja, McCarthy deixará o round prosseguir caso um dos lutadores esteja em vias de nocautear ou submeter o adversário.

Confrontos do duelo Samurais (RJ) vs Escorpiões (SP)

Peso leve: Jefferson “Jeffinho” Nunes (RJ) vs Glauke Eugenio (SP)
Peso meio-médio: Celso “Farpado” Baldow (RJ) vs Udi “O Herói” Lima (SP)
Peso médio: Gersinho Conceição (RJ) vs Alexandre “Sagat” Brandão (SP)
Peso meio-pesado: Armando “Sapinho” Sixel (RJ) vs Thiago Fernandes (SP)
Peso pesado: Fernando Camolês (RJ) vs Kitner Moura (SP)