Marlon Vera bate Guido Cannetti em luta movimentada no UFC Buenos Aires

Por Matheus Costa | 18/11/2018 02:16

No duelo de sul-americanos do card principal do UFC Buenos Aires, Guido Cannetti se esforçou bastante no primeiro round com o apoio da torcida argentina, mas não foi o suficiente. O equatoriano Marlon Vera acabou prevalecendo seu favoritismo no segundo round, finalizando o confronto no UFC Fight Night 140 com um belo mata-leão.

Empurrado pelo apoio da torcida argentina, Guido começou a luta com agressividade, usando chutes e joelhadas na curta distância. Vera puxou para o clinch, mas Cannetti puxou guarda e tentou aplicar uma chave de braço. O equatoriano tentou aplicar um bate-estaca, mas Guido foi esperto ao soltar da finalização quando estava no ar, voltando de pé. Os dois engajaram na trocação novamente, e um gancho de direita de Cannetti deixou Marlon Vera tonto. O argentino aplicou uma bela queda, caindo na posição de cem quilos, mas acabou perdendo a posição e Vera se levantou. Novamente, o argentino levou vantagem na curta distância, ao aplicar uma boa combinação, deixando o equatoriano tonto novamente. Marlon buscou o clinch na grade, mas acabou sendo derrubado por Cannetti. O argentino se levantou e aplicou alguns golpes em seu adversário, que estava deitado, até o fim da parcial.

Começado o segundo round, Marlon Vera voltou com tudo, aplicando várias joelhadas no clinch que mandaram Cannetti a knockdown. O equatoriano tentou finalizar com uma guilhotina, mas o argentino conseguiu escapar. Ambos voltaram em pé, onde Vera castigou Guido na grade com bons socos que o deixaram bastante tonto, mas ainda tentando continuar na luta. Vera levou a luta para o chão e rapidamente pegou as costas, estabilizando o mata-leão e obtendo a finalização aos 1:31 do segundo assalto.

Editor do MMA Brasil. Fundador e editor-chefe do extinto Olimpo MMA. 20 anos, carioca, fanático por esportes.