Manny Pacquiao e Timothy Bradley fecham trilogia em luta que pode marcar despedida do astro filipino

Neste sábado, Manny Pacquiao luta para desempatar a rivalidade contra Timothy Bradley e pode encerrar lendária carreira de 10 cinturões mundiais em oito categorias diferentes.

Com mais de 21 anos de uma carreira consolidada no boxe profissional, Manny Pacquiao (57-6-2) reconhece que já não é mais o mesmo de alguns anos atrás, quando viveu uma fase mágica que culminou com a conquista de cinturão mundial pela oitava categoria diferente, um recorde sem precedentes na história da nobre arte. Por isso, o astro filipino assegura estar pronto para subir novamente no ringue, provavelmente pela última vez, para enfrentar o americano Timothy Bradley (33-1-1).

O badalado MGM Grand, em Las Vegas, será palco do terceiro combate entre os dois boxeadores, que se enfrentaram pela primeira vez em junho de 2012, quando Bradley saiu com a vitória polêmica por decisão dividida. No mesmo ano, Pacquiao acumulou mais uma derrota contra o rival Juan Manuel Márquez por nocaute.

Em 2013, “Pacman” derrotou o resistente Brandon Ríos e, no ano seguinte, aceitou a revanche contra Bradley. Na ocasião, Manny venceu por decisão unânime e ganhou fôlego para seguir encarando bons adversários. Assim, derrotou com facilidade Chris Algieri, em novembro de 2014. Apesar de sua boa resistência, o protegido do treinador Freddy Roach passou por pequenas lesões que atrapalharam seu desempenho na grande luta contra Floyd Mayweather Jr e acabou derrotado, em maio do ano passado.

Desde então, o filipino passou por um procedimento cirúrgico no ombro e não voltou mais aos ringues. Proposta de adversários não faltaram, mas foi o terceiro capítulo da trilogia “PacBradley” que o fez retomar os treinamentos e ter a oportunidade de supostamente encerrar sua carreira vencendo o americano pela segunda vez.

O segundo combate contra Pacquiao marcou a perda da invencibilidade de Timothy Bradley. Em junho de 2015, o “Tempestade no Deserto” sobreviveu ao combate contra Jessie Vargas para ganhar o título interino da WBO. Em seguida, levou para casa o título completo quando também derrotou Brandon Ríos, em novembro do ano passado.

Manny Pacquiao vs Timothy Bradley Jr odds - ProBoxingOdds

Manny Pacquiao tem como estratégia o vasto arsenal ofensivo e sua agilidade, mas peca no jogo defensivo, permitindo ao adversário tomar o ritmo da luta facilmente em certos momentos. O filipino possui também combinações que lhe permitem encurtar a distância à linha de cintura do adversário, ajudando na aplicação de fortes golpes.

Já Bradley é um lutador capaz de explorar os caminhos ofensivos e terá que traçar suas trajetórias para não cair no jogo dos contragolpes de Pacquiao. O americano não poderá começar a luta devagar. Precisa partir para cima com velocidade e não ceder o controle do centro do ringue.

Em relação às bolsas, Pacquiao tem garantido US$ 7 milhões, enquanto Bradley vai receber US$ 4 milhões. Com a venda do pay-per-view, o filipino pode atingir a casa dos US$ 20 milhões e o americano, US$ 6 milhões. Pacquiao chega para o combate como favorito pela experiência e força técnica, mas passa por um momento de rejeição após fazer comentários homofóbicos e a perda de contrato com a Nike.

  • James sousa 8

    vai ter transmissão aqui no Brasil ?

    • Pedro Henrique Bürgel

      SporTv está com 4 horas de transmissão, a partir das 22:00, se não me engano

      • Sim, esqueci de incluir essa informação na matéria da Babi.

  • Gabriel Fareli

    Espero que o Pacman apresente um desempenho melhor do que sua ultima luta, e além disso, saber que pode ser sua ultima luta, faz com que nenhum fã de lutas deva perder esse combate.
    Go Pac !!