Livinha Souza celebra vitória no UFC Fortaleza, mas admite: “Peso fez diferença”

Por Tarso Doria | 03/02/2019 00:43

Na única luta feminina do card principal do UFC Fortaleza, Livinha Souza sofreu para bater Sarah “Treta” na decisão dividida. Resultado surpreendente para quem apostou na luta, já que Livinha era larga favorita, em vias de conquistar uma vitória tranquila

Entretanto, o fator peso foi preponderante para o desenrolar da luta, já que Sarah, natural da categoria de cima, pesou três quilos acima do limite das pesos-palhas. Segundo Livia, a diferença de peso na hora da luta entre as atletas estava em cerca de dez quilos.

“No começo da luta, tentei impor a velocidade. Realmente, senti bastante o peso e a potência dela, mas principalmente o peso dela no corpo a corpo. Acredito que foi determinante. Inclusive, antes da luta, pesei cinquenta e seis e meio, acredito que ela devia estar com uns sessenta e cinco, sessenta e seis quilos. Mas não é desculpa, aceitei a luta com todos os riscos e tentei fazer meu melhor. Não estou muito satisfeita, mas uma vitória é uma vitória. Vou partir para a academia, acertar meus erros e tentar voltar da melhor forma”.

Livinha passou a colecionar uma marca curiosa. Com o triunfo contra Sarah, agora ela pode dizer que está em uma sequencia invicta contra a academia Astra Fight Team, comandada pelo treinador Marcelo Brigadeiro, da também ex-adversária Janaisa Morandin.

“Eu tirei a marca invicta dela. Sou conhecida por inaugurar selinho das meninas invictas. Primeiro a Janaisa, agora a Sarah. Livinha ‘Astra Killer’ no momento. Mas dou todos os créditos para a Sarah, ela se superou. Com certeza, não é legal para nenhum atleta não bater o peso, é uma pressão, é uma chateação muito grande, principalmente financeira”.

Acompanhe os resultados do UFC Fortaleza em tempo real com o MMA Brasil clicando aqui.