Liam McGeary passa por Brett McDermott e prospecto James Gallagher vence mais uma no Bellator 173

Ex-campeão Liam McGeary viu dois adversários desistirem da luta até a confirmação de Brett McDermott no Bellator 173. Entre os prospectos, James Gallagher venceu e Sinead Kavenagh perdeu.

Uma semana após a decepção do que deveria ter sido um dos maiores eventos do Bellator, o cage circular voltou à Europa levando o Bellator 173 para Belfast, na Irlanda do Norte. O card não chegou perto da qualidade do anterior, com apenas dois lutadores relevantes da organização atuando.

Para a luta principal, o inglês Liam McGeary foi convocado pela primeira vez desde que perdeu seu cinturão para Phil Davis, também marcando sua primeira apresentação na carreira em solo britânico. Inicialmente, seu adversário seria o irlandês Chris Fields, mas este se retirou depois de acusar uma lesão apenas quatro dias antes do evento. Ele foi substituído por Vladimir Filipović, que teve problemas na documentação de seu visto, o que fez com que o Bellator tivesse que chamar Brett McDermott para enfrentar McGeary com 48 horas de antecedência em um peso casado.

Com muito pouco tempo de luta, McDermott conseguiu encontrar um míssil de direita que levou o ex-campeão a knockdown. Porém, McGeary se levantou e recuperou muito bem do golpe, mantendo a distância com jabs e acertando boas combinações. Um dessas forçou o clinch, de onde McGeary saiu acertando um chute muito forte na cabeça de McDermott, abrindo um corte feio e o levando a knockdown. Com seu adversário em maus lençóis, o ex-campeão avançou com tudo e acabou derrubado, mas McDermott parecia pouco disposto a ficar na guarda ativa de Liam e acabou levantando. McGeary não demorou muito a conseguir outro knockdown com uma bonita joelhada e caiu por cima já tentando dar o bote no braço de McDermott, que conseguiu reverter a posição e acabar ele por cima. McGeary manteve-se ativo na guarda, tentando novamente dar o bote no braço e acertando muitas cotoveladas até o final da parcial.

No segundo round, McGeary passou a disparar muitos jabs no frontal de McDermott, chegando a acertar dez em pouco espaço de tempo. Os golpes voltaram a abrir o corte no supercílio de McDermott, que começou a sangrar abundantemente, forçando a interrupção do árbitro para a observação do médico, que interrompeu a luta passados 66 segundos do segundo round.

Voltando ao caminho das vitórias, depois de perder a invencibilidade e o cinturão, McGeary está a pouca distância de nova disputa do título dos meios-pesados. Seu próximo passo já está definido, anunciado na conferência de imprensa pós-evento, um confronto com Linton Vassell no Bellator 179, em Londres, em luta que deve servir como eliminatória.

James Gallagher finaliza rapidamente Kirill Medvedovski

Com o card realizado no Reino Unido, a presença de um dos prospectos mais badalados do Bellator, James Gallagher, era garantida. Os dois, Gallagher e Medvedovski, já tinham sido casados antes para o evento de Israel, mas quis o destino que essa luta acontecesse perto da casa do irlandês.

Começada a luta, Gallagher já tomou o centro do cage, controlando muito bem a distância e acertando boas combinações de jab e cruzado. Depois de tentar uma joelhada voadora, o irlandês grudou e levou para o chão, onde avançou rapidamente para a montada. Sem conseguir se defender, Medvedovski acabou dando as costas para o irlandês finalizador, que bateu forte até encontrar uma abertura para entrar com um mata-leão, finalizando a luta com 2:53 do primeiro round.

Emendando sua terceira vitória na organização, com sua melhor atuação até agora, James Gallagher fica com muita moral na organização. Porém, seus próximos passos ainda devem ser lentos, com o nível de competição aumentando ligeiramente. Muito se fala em um confronto contra o super prospecto Aaron Pico, com os dois se promovendo bastante na mídia, mas é improvável que o Bellator venha a queimar um deles assim. O ideal mesmo seria que Gallagher tentasse descer para o peso galo, mas, se continuar no pena, uma luta legal poderia ser contra Chinzo Machida, já no próximo Bellator em Londres.

Iony Razafiarison surpreende e vence a irlandesa Sinead Kavanagh

Em uma categoria mais do que rasa no MMA mundial, as expectativas para a peso pena Sinead Kavanagh lutando em casa eram grandes.

Entrando para o combate, a diferença de tamanho entre as lutadoras era bem aparente, com a francesa Iony Razafiarison bem menor. Kavanagh tomou pouco a iniciativa, buscando contragolpear os ataques rápidos de Iony. Em uma dessas, a irlandesa conseguiu encaixar uma ótima direita de encontro que levou Razafiarison a knockdown, mas a francesa levantou rápido e já derrubou com sucesso. Com pouca ação na luta de solo, o juiz levantou as atletas perto do final do round somente para Razafiarison conseguir novamente quedar antes da parcial terminar.

A tônica continuou para os rounds seguintes, com Razafiarison conseguindo derrubar facilmente e controlando bem a luta no chão, mas se satisfazendo em ficar na meia guarda sem ameaçar muito. Kavanagh mostrou uma defesa apenas básica no chão, conseguindo se levantar duas vezes, mas voltando a ser derrubada logo em seguida. A luta seguiu assim até o final do terceiro round. Na decisão dos juízes, Iony Razafiarison levou com placares de 30-27, 30-26 e 30-25.

A francesa Iony Razafiarison foi jogada sem nenhuma expectativa para este confronto, provavelmente com o Bellator na esperança de aumentar o cartel da irlandesa, que era uma boa aposta. Porém, Iony supreendeu e se apresentou bem na luta. Um bom passo para seu futuro próximo poderia ser um confronto contra a brasileira Talita Treta.

Outros destaques do Bellator 173

Para compor o card principal, foram chamados alguns lutadores conhecidos na área, como o inglês Collin Fletcher, que foi finalista do TUF Smashes em 2012. Fletcher continuou na má fase constante em sua carreira e foi finalizado pelo também inglês Alex Lohore, passados 2:42 do segundo round.

Outro chamado para estrelar o card principal foi o ex-campeão peso galo do BAMMA, Shay Walsh, que perdeu o título ano passado para o ótimo prospecto Tom Duquesnoy. A luta foi combinada para acontecer no peso galo; porém, não foi o que o adversário de Walsh, James McErlean, entendeu. McErlean, achando que a luta seria no peso pena, bateu o limite do peso de cima com 146 libras, cerca de 4,5 quilos acima de Walsh. Ainda assim, um acordo foi feito e a luta aconteceu, com Walsh superando a diferença de peso e vencendo na decisão após bom desempenho.

A parceria do Bellator com o BAMMA tomou conta do resto do evento, visto que foi organizado o BAMMA 28 para servir como card preliminar para o evento americano. Na luta principal, teríamos uma disputa do título do peso leve entre ex-UFCs, mas como Norman Parke não bateu o peso por cerca de 400 gramas, o confronto contra o irlandês Paul Redmond deixou de valer o cinturão. Ainda assim, Parke confirmou seu favoritismo e venceu Redmond na decisão majoritária, após ser atingido por três golpes ilegais durante a luta. Para mais informações sobre o BAMMA, acompanhe a coluna MMA Além do UFC, que repercutirá os momentos mais importantes do evento durante a próxima semana.

Essas foram as principais atrações do Bellator 173, pessoal! Voltaremos já na próxima sexta, dia 3, para o Bellator 174. O evento trará a disputa inaugural do cinturão do peso pena feminino entre Marloes Coenen e Julia Budd, além de duelos interessantes, como Chris Honeycutt e Kendall Grove, no peso médio, e Fernando Gonzalez e Brandon Girtz, no leve. Teremos ainda a presença de lutadores como Joe Taimanglo, Justin Wren e Alexis Dufresne no restante do card. Até lá!

  • Gabriel Carvalho II

    Quero ver o Derrick Lewis falar que jab é perda de tempo depois dessa atuação do McGeary.

    • Rafael Oreiro

      Prefiro não comentar sobre Derrick Lewis

  • James sousa

    McGeary x Linton Vassell é uma luta interessante o card de Londres está ficando muito bom

    • Rafael Oreiro

      Com essas lutas mais o James Gallagher também provavelmente entrando no card, vai ficar maneiro mesmo.

  • Henrique Santos

    James Gallagher fazendo o seu papel trash Talking chamou o Aj Mckee pro combate , A decepção foi a Sinead Kavanagh perder pra Iony Razafiarison, se ela vencesse ela iria 1 uma luta pelo título mas é mma amigos, grande performance do Liam Mcgeary fez o seu papel , o Shay Walsh assinou um contrato de 3 lutas com o Bellator e boa adição a categoria peso galo do Bellator

    • Rafael Oreiro

      Não achava legal casar dois prospectos como Gallagher e McKee agora, mas vindo de Bellator não duvido nada.

      Kavanagh devia ir pra luta de título mesmo, mas mostrou ser deficiente demais no chão. Acho que antes do Bellator, ela competia no peso galo, talvez seja mais competitiva lá.