Ketlen Vieira fala sobre ascensão e paciência para luta contra Cat Zingano

A lutadora brasileira Ketlen Vieira teve uma ascensão impressionante no UFC. Parte da organização desde 2016, ela precisou de apenas três combates para chegar ao top 5 da categoria dos galos, e o seu próximo desafio será no sábado, quando enfrenta a americana Cat Zingano no card principal do UFC 222, com a possibilidade de disputar o cinturão em caso de vitória.

Em entrevista ao MMA Brasil, Ketlen comentou sobre a vantagem que pode ter em relação ao ritmo de luta, já que Zingano não sobe ao octógono desde julho de 2016, quando perdeu para Julianna Peña. A amazonense acredita que isso pode influenciar, mas que não determinará sua vitória:

“Eu acho que isso me beneficia um pouco, mas não que seja o fator determinante de uma vitória. Uma vitória é por várias coisas envolvidas, mas acredito que posso usar sim isso ao meu favor (o fato dela estar parada), o fator da idade também. Então, eu e minha equipe estamos focando muito nesta parte de preparação física, recuperação entre os rounds para voltar mais recuperada que ela. Eu acredito que esse tempo parado e as duas derrotas podem sim me beneficiar, mas não que seja o fator determinante da minha vitória.”

No seu combate mais recente, Vieira conquistou uma importante vitória ao finalizar a ex-desafiante Sara McMann com um katagatame no segundo assalto. Zingano também é conhecida pelo wrestling, e a brasileira acredita que a paciência que teve no combate contra McMann também será útil no próximo sábado:

“Acho que uma coisa que posso usar da luta com a McMann é a paciência que tive, acreditar nos meus córners e que vai dar certo. E mais uma vez focar no preparo físico, acho isso fundamental para a luta.”

Em quinto lugar no ranking do peso galo, é praticamente inegável que Ketlen está próxima de uma disputa de cinturão. Mas ela evita pensar no título agora, focando especialmente no combate contra Cat:

“Eu acredito. Claro que é meu sonho, mas não estamos pensando nisso no momento pra não desfocar, pensar só na Cat Zingano. Vencendo esta luta, claro que tentaremos pedir uma disputa de cinturão.”

Foram apenas três lutas no UFC que colocaram a amazonense Ketlen na posição de top 5, praticamente justificando o apelido de “Fenômeno”. Perguntada sobre a rápida ascensão, ela creditou tudo a equipe Nova União, onde treina atualmente no Rio de Janeiro.

É o resultado de muito treino, muita dedicação, de abrir mão de muitas coisas, como sair da minha cidade, ficar longe da minha família pra ir pro Rio de Janeiro buscar esse sonho. E é o trabalho da minha equipe, eu sou o fruto do trabalho deles. Então, essa minha rápida ascensão eu devo a minha equipe, primeiramente a deus por ter me abençoado.