Karolina Kowalkiewicz domina Jodie Esquibel e vence por decisão unânime dos juízes

Depois de derrotas para Joanna Jedrzejczyk Cláudia Gadelha, a peso palha polonesa Karolina Kowalkiewicz voltou a vencer no UFC. Enfrentando a estreante Jodie Esquibel na luta coprincipal do UFC Fight Night 118, ela dominou o combate durante os 15 minutos e se sagrou vencedora por decisão unânime.

Com um inicio bem movimentado, as duas lutadoras não quiseram saber de estudo e partiram para a trocação franca. Aplicando jabs e cruzados a todo momento, a polonesa conseguiu imprimir um bom volume de jogo, ditando o ritmo da luta. Porém, Esquibel também teve seus momentos durante o round. Com uma boa postura e uma boa movimentação, chegou a acertar o rosto da polonesa por diversas vezes, sem muita potencia.

No segundo round, Karolina mostrou por que é ex-desafiante ao cinturão da categoria. Dominando completamente o combate,  Kowalkiewicz colocou o seu muay thay em ação e, abusando bastante das combinações finalizando com joelhadas, massacrou a americana durante os cinco minutos da segunda parcial. No final do round chegou a quedar e encaixar um armlock, mas foi bem defendido por Jodie.

O terceiro round seguiu exatamente a mesma linha que o segundo, com a polonesa imprimindo o seu muay thay e acertando potentes golpes na americana. Jodie por diversas vezes tentou levar o combate para o solo, já que na luta em pé estava levando um atraso, mas foi frustrada em todas as tentativas. Com uma movimentação fluída e com o muay thai afiado, a polonesa Karolina Kowalkiewicz venceu o terceiro round, garantindo a vitória por decisão unânime dos juízes e se redimindo das últimas duas derrotas.