José Aldo enfrenta Petr Yan pelo cinturão vago dos galos

Por Idonaldo Filho | 27/05/2020 20:54

Após uma indefinição total sobre sua aposentadoria, Henry Cejudo não deve mesmo retornar ao UFC. Com o cinturão linear vago, o presidente Dana White, em entrevista para a “ESPN”, confirmou que está negociando um confronto pelo título entre o brasileiro José Aldo e o russo Petr Yan. Ainda não há data ou evento confirmado para o duelo.

LEIA MAIS
Deiveson Figueiredo enfrenta Joseph Benavidez pelo cinturão vago dos moscas
Seja colaborador do MMA Brasil

Aldo já havia sido selecionado para disputar o título anteriormente, quando foi escalado para enfrentar Cejudo no UFC 249. Entretanto, a luta foi cancelada por problemas no visto do brasileiro, e Dominick Cruz acabou sendo o desafiante. No peso galo o ex-campeão dos penas não tem nenhuma vitória, saindo derrotado na única luta que fez contra Marlon Moraes por decisão dividida.

Com duas derrotas seguidas, certamente a decisão de colocar Aldo em uma luta válida por título é contestável, ainda mais diante de boas opções vindo de vitórias como Aljamain Sterling, Cory Sandhagen e o próprio Marlon Moraes.

Ex-campeão do ACB, Petr Yan vem deixando um rastro de destruição em sua passagem pelo líder do mercado, se mantendo invicto e vencendo todas as seis lutas na organização. As principais vitórias foram sobre Jimmie Rivera e John Dodson, dois membros do top 10 da categoria já consolidados.

Em sua última aparição, Yan aplicou uma sonora surra no já combalido Urijah Faber, que fazia sua segunda luta após retornar de aposentadoria. Uma curiosidade é que Aldo e Yan já treinaram juntos, quando o russo veio até o Brasil para um período na Nova União.