JJ Aldrich neutraliza Polyana Viana em luta monótona no UFC 227

Por Matheus Costa | 05/08/2018 00:21

O terceiro combate do card principal do UFC 227 não foi bom. A peso palha brasileira Polyana Viana não teve uma boa atuação e acabou sucumbindo ao boxe da americana JJ Aldrich, sendo derrotada na decisão unânime dos juízes laterais.

O combate começa com as lutadoras medindo a distância, com Polyana aplicando muitos chutes na linha de cintura. Aldrich busca o clinch, mas a brasileira leva a luta para a grade buscando a queda. As duas medem força e Polyana aplica uma queda simples, mas Aldrich aproveita o embalo e se levanta instantaneamente. Aldrich coloca Viana de costas na grade e começa a golpear no clinch com joelhadas e cotoveladas, mas ambas se soltam e retornam ao centro do octógono. A americana acerta uma boa combinação, mas leva dois chutes na linha de cintura em sequência. Polyana usa chutes para manter a distância, mas Aldrich busca novamente o clinch e a luta volta para a grade. Polyana tenta uma queda, mas Aldrich se levanta. Polyana busca uma guilhotina em pé, mas Aldrich acaba se soltando quando Viana tentar levar para o chão, caindo na guarda da brasileira. Polyana tenta uma omoplata no fim do round, mas ouve o soar da buzina sinalizando o fim do primeiro round.

Polyana adota uma postura mais agressiva no início do segundo round, buscando aplicar mais combinações com as mãos. Ela acerta bons golpes, mas acaba deixando lacunas na hora que golpeia e Aldrich conecta bons golpes também. A brasileira busca a queda, mas Aldrich bloqueia usando a grade e o combate retorna para o clinch. Polyana tenta derrubá-la, mas não consegue. As duas voltam para o centro do octógono e Viana parte para cima, mas acaba sendo golpeada com facilidade por Aldrich, principalmente com o cruzado de esquerda. A brasileira deixa brechas quando parte para cima e sempre recebe golpes limpos de JJ Aldrich, que aumenta o volume de seus golpes. Polyana usa a inteligência e pega as costas de Aldrich, a levando para o chão e rapidamente estabilizando a posição. Ela acaba buscando montar e tenta uma chave de braço, mas Aldrich raspa e defende a finalização, ficando por cima e caindo na guarda da brasileira. Antes do fim do segundo round, Aldrich consegue a transição para a meia-guarda de Polyana.

A deficiência do boxe de Polyana volta à tona, com Aldrich golpeando a brasileira com facilidade e acertando quase todos os socos que lança. Polyana aplica dois cruzados de forma errada e acaba sendo acertada por um belo cruzado de esquerda. Polyana puxa o clinch, aplica uma joelhada na linha de cintura e puxa a americana para a guarda no chão. Viana tenta golpear por baixo, mas não busca nenhuma finalização, enquanto JJ Aldrich busca neutralizar os braços e o movimento de quadril da brasileira para evitar uma possível tentativa de finalização. Então, Aldrich simplesmente se cansa e levanta, seguida por Polyana. A americana acerta novamente um belo cruzado de esquerda no queixo da brasileira. Polyana tenta acertar golpes, mas seu boxe simplesmente não é bom. Aldrich se movimenta e golpeia com facilidade, buscando controlar o combate. Ela acerta dois bons golpes antes do fim do combate.

Segundo a decisão oficial dos juízes, JJ Aldrich derrotou Polyana Viana por decisão unânime dos juízes (29-28 x2, 29-27).