Jéssica Andrade para Cláudia Gadelha e vence por decisão unânime dos juízes no UFC Japão

Por Alysson Rodrigues | 23/09/2017 01:57

Uma das lutas mais esperadas do UFC Fight Night 117, que aconteceu nesta sexta-feira, na Saitama Super Arena, era entre as brasileiras ex-desafiantes do peso palha Cláudia Gadelha e Jéssica Andrade. E, como esperado, as duas não decepcionaram. Elas entregaram um combate recheado com muita técnica, agressividade e raça, que culminou com a vitória da paranaense Bate-Estaca por decisão unânime dos juízes (30-25, 30-26, 30-27).

O combate começou com pouco estudo e em alguns segundos as lutadoras já estavam trocando golpes na média para curta distância. Com uma movimentação superior, Gadelha conectava sempre os melhores socos e conseguiu abrir vantagem aos poucos. A cerca de um minuto e meio do fim da primeira parcial, Jéssica conseguiu colocar para baixo com uma queda brutal e passou a ditar o ritmo da luta. Aplicando fortes socos na costela da sua oponente, Andrade conseguiu diminuir um pouco a vantagem, mas não o suficiente para virar o primeiro round em nossa visão.

O segundo assalto também se iniciou de forma frenética, com Claudinha acertando um belo cruzado e imprimindo novamente sua movimentação. No entanto, Gadelha cansou logo nos minutos iniciais e Jéssica aproveitou o momento conectando fortes golpes e defendendo muito bem as investidas de quedas de sua oponente. Bate-Estaca levou a luta para o solo novamente e castigou Gadelha com um ground and pound brutal. No final do round, Gadelha chegou a encaixar uma guilhotina bem justa, mas não teve tempo suficiente para trabalhar o golpe e saiu derrotada na parcial.

Já no terceiro round a diferença no condicionamento físico era enorme. Visivelmente exausta, Gadelha conseguia apenas se defender dos ataques da paranaense. Rapidamente, Jéssica cercou Gadelha e levou a luta para o chão mais uma vez, mantendo-a assim até o final da luta, combinando com ataques ininterruptos e violentos por cima, garantindo um claro 10-8 e a vitória por decisão.