Jéssica Andrade aplica grandes quedas e bate Tecia Torres no UFC On FOX 28

Por Gustavo Lima | 24/02/2018 23:45

Na luta coprincipal do UFC On Fox 28, a brasileira Jéssica Andrade mostrou um wrestling de excelente qualidade mesclado ao seu tradicional alto volume de golpes para despachar Tecia Torres e ficar ainda mais próxima de lutar novamente pelo cinturão do peso palha.

Tecia começou a luta sendo mais precisa, o que levou Andrade a aumentar o volume de golpes disparados em sequência. Jessica seguia andando pra frente sem diminuir o ritmo, conectando a maioria dos golpes mas eventualmente recebendo alguns. A brasileira seguia ditando a pressão, aceitando tranquilamente correr riscos e receber alguns golpes sob a condição de manter a pressão e conectar mais ataques. Torres encontrou seus melhores e mais eficientes golpes nos cruzados que acertava nos finais de sequencia de Jessica. Nos últimos instantes do round, a brasileira acertou uma queda alta monstruosa em Torres.

Jessica voltou para o segundo round no mesmo ritmo obstinado de pressão, mas a oponente agora parecia ter se adaptado e usava bons chutes laterais e jabs para evitar os golpes. Esse novo quadro levou “Bate-Estaca” a enquadrar a adversária na grade e aplicar outro slam colossal. Torres tentou complicar Jessica usando seu jiu-jitsu, mas a brasileira manteve a calma e voltou para a posição de conforto. Se embolando na grade, Jessica ainda arremessou duas vezes Tecia no chão, com a americana tentando a todo custo encontrar no grappling uma saída para reverter a desvantagem.

O terceiro período começou com Jessica novamente caminhando pra frente e soltando socos, depois buscando uma queda que Torres tentou defender com guilhotina; sem sucesso. De volta a luta em pé, nova queda da brasileira, mas a oponente bateu no chão e voltou, só para ser levada até a grade e derrubada novamente com um leg trip. Jessica foi pro ground and pound e começou a tentar progredir na guarda, mesclando bons golpes e passando para os cem quilos. A americana tentava encontrar sua defesa jogando armadilhas ardilosas para pescar algum membro de Jessica, mas a mesma não cedia. No último minuto, Torres ainda encontrou uma brecha e chegou perto de pegar o pescoço de Jessica ao quase pegar as costas, mas a brasileira se soltou e retomou o controle até o gongo final.

Nas mãos dos juízes, a grande performance de Jessica Andrade foi consolidada com as papeletas mostrando 29-27, 29-28 e 29-28.

Paulista, patologicamente apaixonado por MMA, futebol e música.