It’s Time! Episódio 7: Análise do WEC 53 e UFC Rio

It’s Time! Episódio 7: Análise do WEC 53 e UFC Rio
MMA

Definitivamente perdemos a linha. Depois de alguns episódios extrapolando a barreira dos 60 minutos, desta vez fomos ainda mais longe. Em nossa defesa os assuntos da semana eram fortes: último card da história do WEC e a oficialização de uma edição do UFC no Brasil. Além disso as companhias de Eduardo Vicente e Guilherme Pinheiro fizeram os assuntos fluir. Nem sentimos o tempo passar e acredito que o mesmo acontecerá com quem ouvir. Ainda assim, para facilitar a vida dos ouvintes, dividimos o conteúdo em duas partes, com a primeira tratando do WEC e a segunda, do UFC no Brasil.

Infelizmente nossa musa Fernanda Prates não pode participar especificamente desta edição. Acreditem que nenhum de vocês ficou mais triste do que eu com tão sentida ausência. Ela precisou resolver alguns problemas, mas certamente estará de volta nos próximos episódios. E, como eu disse a ela, prefiro um It’s Time sem mim do que sem ela.

Bom, a companhia foi de altíssimo nível. Logo na apresentação vocês verão quem é o Guilherme (definitivamente estamos virando gente grande!). Cara gente boa pra caramba, conhecedor do assunto e que vai ainda nos dar o prazer da companhia mais algumas vezes por aqui. Exatamente como o Eduardo, já apresentado na semana passada.

Então vamos lá, cliquem nos bichinhos aí embaixo, divirtam-se e depois nos digam se os 100 minutos de conversa foram justificados. Como alguns devem ter percebido, vamos deixar sempre o último podcast disponível na barra lateral do site, assim vocês podem ouvi-lo enquanto leem os artigos. Aliás na segunda de noite tem um especial da Fernanda!


Para baixar o episódio (parte 1) em seu computador, clique aqui.

Para baixar o episódio (parte 2) em seu computador, clique aqui.

Para assinar o podcast no iTunes: itpc://mmabrasil.podomatic.com/rss2.xml

  • Rafael Friall

    Já??? tão surpreendendo hein, hehehe
    vou ouvir e comento depois…abraço a todos

    • Dividimos o podcast em duas partes pra facilitar o pessoal, já que os assuntos são distintos.

      O corte foi bruscão mesmo, mas separei no ponto certo (espero).

      hahahahah

  • Pingback: Tweets that mention It’s Time! Episódio 7: Análise do WEC 53 e UFC Rio || MMA-Brasil.com -- Topsy.com()

  • Lucas Wernke

    Muito bom o podcast, e na parte sobre o UFC Rio, é 100% de ctza que esse UFC vai ser com um card bem descente, até porque é bem provavel que o Dana coloque lutas que o brasileiro quer ver como fez no UFC 120 e 122, só que há uma diferença que é a de que no 120 e 122 eram Europeus lutando, que não são grandes lutadores em comparação aos lutadores brasileiros. Vão encher de brasileiros no card ,e só lutão.
    E será que o Minotauro não vai voltar no UFC Rio não, tomara, ver de perto o Minota contra o Cro Cop ia ser demais.

    • O treinador de boxe do Minotauro disse isso hoje, que queria vê-lo voltar no UFC Rio contra o Cro Cop.

  • FeroZ

    Muito bom… E não liguem pra quem reclama do tamanho do podcast. Os melhores da net atualmente tem bem mais de uma hora.

    Sobre os Lightweights do WEC, não sei se conseguirão lutar no mesmo nível no UFC, pois são muitas as diferenças.

    Mas torço pra ver o Pettis varrendo os malas Maynerd e Edgar.

  • FeroZ

    Ah, o podcast 2 não tá fazendo o download.

    Grato

    • Ops, vou dar uma olhada no que aconteceu.
      Valeu pelo aviso!

  • FeroZ

    Sabe, conheci o It’s Time! essa semana, e ouvi todos no mesmo dia, algumas edições mais de uma vez(na verdade não ouvi o 2 pq o link não funcionava).

    Gostaria de fazer uma sugestão, mas não sei qual o local correto pra isso, então vai aqui mesmo.

    Então, ouço muitos podcasts pela net a fora e uma coisa que eu percebi muito nos mais bem-sucedidos foi a variação na abordagem de temas.

    Exemplo, gostaria muito de ver vocês fazendo um podcast de MMA de outro tema que não seja comentário sobre um evento acontecido recentemente.

    Uma boa opção seria vocês fazerem Tops. Como um Top 10 MMA Fighters de todos os tempos, um Top lutas que mais gostaram, Top melhores nocautes… Sempre que possivel disponibilizando links relacionados.

    Inclusive, sem querer ser muito pretencioso, se quiserem alguem pra gravar junto nesses, eu me voluntario. Já nos de eventos não posso pois não tenho o combate assinado, apesar de que estou para assinar ano q vem.

    É só uma idéia, mas que acho que tornaria o It’s Time ainda mais interessante. Pois a chave pro sucesso na net hoje em dia, assim como no octogon, é a versatilidade.

    Desculpe pelo comentário gigante, e mesmo se não lerem, fica aí a dica.

    Não sei se já disse isso, mas meus parabéns pela iniciativa.

    Abraços.

    • Cara, antes de mais nada, toda crítica é sempre bem-vinda. Aceitar só elogio é muito fácil. A nossa sorte é que nosso público, mesmo quando tem algo a reclamar, faz com educação. Aí não tem como não considerar.

      Sobre suas sugestões, vão aí algumas considerações:

      1) Já é uma intenção nossa não se ater apenas ao comentário pós-evento. Inclusive a próxima edição será sobre os melhores de 2010. Temos intenção também de analisar eventos antes que aconteçam, além de abordar outras áreas. Por exemplo, já combinei a participação do presidente da Confederação Brasileira de Wrestling, pra falar dessa modalidade no Brasil.

      2) Essa questão dos Tops já são feitas aqui, mas por artigos escritos (fica mais fácil colocar vídeos e tal). Inclusive vou lançar um sobre zebras.

      3) Sobre abrir espaço pra participação dos leitores, isso também é uma meta nossa. A equipe está crescendo e a gente tá reformulando muita coisa no MMA Brasil (vou lançar um artigo falando disso tudo). O It’s Time também está se adaptando. Mas certamente chamaremos leitores pra participar e certamente você será um dos convidados.

      4) Versatilidade é a palavra que estamos buscando pra 2011. Acho que vocês vão gostar das novidades.

      5) Sobre comentários gigantes, o feedback que vocês nos dão é o nosso referencial pra acertar o trabalho. Por isso que todo comentário é importante demais pra gente.

      • Lucas Wernke

        Sobre zebras, Matt Serra vs GSP tem lugar garantido ai neh??

        • Com certeza, essa foi a número 2 de todos os tempos. Era a número 1 até o Werdum ganhar do Fedor…

  • Paulo Massa

    Maneiro, parabéns, acabei de ouvir agora. Muito papo legal, bacana a interação.

    Fernanda é a GSP do It´s time!, mas o “papo de homem” foi bom pra caramba. Acho que ouvi 1 ou no máximo 2 risos durante todo o podcast, bem diferente de quando ela participa. Mais informação e menos zoação… rsrs. Sou fãzaço dela, não desmerecendo qq um de vcs q sabem tudo, mas é o diferencial. Com todo respeito, claro.

    A luta do Carino foi histórica, cara! Encontro com ele direto em frente à academia. Referência. E os ingressos do UFC vão se esgotar em poucas horas… se prepara.

    Abs!

    • FeroZ

      É… vão se esgotar nas mãos dos cambistas.

      Rss.

      Aqui no Brasil até a tecla F5 vai pra mão de cambista nessas horas.

      • Melhor cambista não se meter com isso, senão corre o risco de nego juntar pra meter a porrada e tomar os ingressos hahahahaha

    • Cara, isso que eu comentei com a Fernanda. Sem ela o negócio fica mais sério (e isso acaba acontecendo naturalmente). Por isso que acho que ela é fundamental. Mas não vai acontecer de novo, ela já se arrependeu de ter “matado” a última gravação.

      Porra, você também morava no nosso prédio! Você também ia ver as fitas lá na casa do Daniel e do Marco? Eu lembro que vi o UFC 9 na casa do Carino, com aquele cachorro bizarro dele hahahahaha

      • Paulo Massa

        Com certeza, o Daniel e o Marco também faziam MMA… em casa!!! rsrssr.. o Rafael meteu a cara e entrou pra história, sempre achei ele muito corajoso pelo pioneirismo.

        Abs.

        • Em casa e na quadra, tipo no dia que o Daniel jogou o guarda-roupa do Marco todo pela janela hahahahaha

          Bons tempos…

          O Carino lutou lá na época que não tinha luva, regra nem tempo. O pau comia solto. Foi no mesmo evento que o Amaury Bitetti perdeu pro Don Frye.

          Aliás, o Bitetti era casado com a prima daqueles irmãos lá da rua, o André e o Fabinho Cursino. Eu lembro que, no vídeo que o Carino trouxe, dava pra ouvir claramente a menina gritando “Amaury! Amaury!”.

    • Fernanda

      AWN, QUE LINDO! “GSP do It’s Time!” foi tipo o melhor elogio EVER, cara. Sério! Tô comovida aqui =)

      Enfim, brigadão, Paulo! Mas, ao contrário do que Alexandre disse, eu não “matei” a gravação, hahaha. Essa semana foi bizarra, tô mudando de emprego, fiquei de plantão no último e vou viajar hoje. Tava devendo críticas de cinema para um site e, para piorar, meu computador pifou e eu perdi tudo. Ou seja, foram motivos de força maior ;D

      Espero que não aconteça de novo! Também adorei o “papo cueca” do trio dinâmico aí, mas faltou um pouco de avacalhação, hahahah ;D

      Beijos,
      Fer

      • Paulo Massa

        Valeu Fernanda!

        Só também pra deixar claro que o episódio foi ótimo, hein! A sua participação daria uma apimentada na parada, mas o nível continuaria altíssimo.

        O Alexandre, que é o “Dana White do It´s Time!” rs, daqui a pouco vai ficar bolado deu não elogiar sempre ele também, hehehe, mas ele sabe e deixo claro para todos da minha admiração pelo conhecimento e trabalho dele, afinal, já nos conhecemos desde moleques e atesto que ele é 110%.

        Abração!

        • Nunca vou ficar bolado contigo. Você me aturou desde meus 3 anos, já devo ter enchido o seu saco pra caralho hahahaha

  • Antonio

    Eu tô sem tempo de traduzir, mas por favor dêem uma checada nas coisas que o Chael Sonnen falou no twitter sobre o Wand.

    Entre muitas besteiras, existem também provocações de cunho nitidamente racistas que reforçam estereótipos que são ofensivos a todos os brasileiros. E a coisa não foi feita de maneira jocosa (como talvez no caso dos Simpsons ou Stallone), mas em formas de ofensas mesmo.

    Eu acho um absurdo que coisas como a que ele falou, ofensas que atingem todo um grupo de pessoas, sejam usados pra “vender luta de MMA”. Seria mais errado ainda querermos que essa luta aconteça agora, que o Wand dessa a porrada nele e ele ganhe mais dinheiro às nossas custas.

    Eu acho que temos que nos expressar aí no twitter, sites e fóruns que isso é inaceitável e que a organização (UFC) precisa tomar providências. Se o cara tivesse falado a mesma coisa contra um lutador negro americano, ou contra um mexicano, estaria na rua a essa altura do campeonato.

    • Porra, foi lamentável mesmo. Eu tô rascunhando um dos artigos de fim de ano aqui e ia falar sobre isso.

  • Marcio Alves

    Parabéns e obrigado, vcs são a salvação pra mim que tenho que ficar quase 3 horas dentro de um onibus pra trabalhar, por mi seria um podcast por dia, parabéns!!!

    • Valeu pela audiência, Marcio! Se dependesse só da minha vontade, faria um por dia mesmo. Mas aí nego enjoaria…