Henry Cejudo afirma que pode reconsiderar aposentadoria com boa proposta do UFC

Por Idonaldo Filho | 13/05/2020 00:04

O campeão dos pesos mosca e galo do UFC, Henry Cejudo, surpreendeu o mundo do MMA ao anunciar sua aposentadoria do esporte após uma impressionante vitória contra o ex-campeão Dominick Cruz na luta coprincipal do UFC 249. O campeão olímpico afirmou na entrevista pós-luta realizada no octógono que se aposentaria por motivos relacionados ao tempo gasto em esportes de alto nível, já que treina em alto nível desde 11 anos, e por motivos familiares.

LEIA MAIS
Matchmaker MMA Brasil: UFC 249
Resenha MMA Brasil: UFC 249
Seja um colaborador do MMA Brasil

Muitos fãs duvidaram das palavras do campeão, mas ele confirma que realmente deseja encerrar a carreira. Porém, coloca um motivo que o faria reconsiderar a decisão: dinheiro. Na conferência de imprensa, Cejudo disse que o presidente Dana White sabe a quantia certa para fazer ele voltar ao cage.

“Ele sabe a quantia certa, mas vamos deixar os demais pesos galo se matando por enquanto. Deixe eles se divertirem, se eles estão preocupados que eu estou escolhendo lutas, mandem olhar os meus últimos adversários. Eles podem dizer o que vocês quiserem, mas eu fiz tudo, penso que devo fazer parte do Monte Rushmore dos esportes de combate. Eu sinto que sou o maior lutador de todos os tempos com tudo o que conquistei”

Não se sabe a quantia certa que Henry Cejudo busca obter para retornar ao MMA. No UFC 249, o americano embolsou cerca de $350,000 doláres, sendo o segundo mais bem pago no evento, empatado com o agora campeão interino dos leves Justin Gaethje.