Golovkin domina Szeremeta e bate recorde de defesas de cinturão dos médios

Por Israel Silveira | 20/12/2020 09:28

Gennady Golovkin (41-1-1, 36 KOs) deu aula sobre Kamil Szeremeta (21-1, 5 KOs) para conseguir um nocaute no 7º assalto e defender seu cinturão da IBF dos médios (72,5 Kg). Com a defesa de cinturão, GGG bateu o recorde de defesas de cinturão da categoria dos médios que pertencia a Bernard Hopkins, sendo essa a 21ª de Golovkin.

Golovkin iniciou o combate estabelecendo seu premiado jab que trouxe toda sorte de problemas a Szeremeta, que não conseguiu incomodar o cazaque em nenhum momento do combate. Golovkin conseguiu knockdowns no 1º, 2º, 4º e 7º assalto. O polonês foi valente e levantou em todas as ocasiões, mas o árbitro decidiu interromper o combate no intervalo do 7º para o 8º assalto, já que Szeremeta estava levando uma tremenda surra.

GGG não respeitou em nenhum momento as mãos de Szeremeta, lançando duríssimos contragolpes sempre que o polonês investia em ataques. A partir do 5º assalto, o cazaque estava simplesmente praticando tiro ao alvo com a cabeça de Szeremeta. Foi uma performance dominante de Golovkin, mas convenhamos que era um completo mismatch e ninguém esperava menos dele.

Golovkin disse na entrevista que estava aberto a lutar com qualquer um: “Eu estou aberto a qualquer um. Os melhores oponentes para mim e para o DAZN. Estou pronto.” Ele hesitou em desafiar o vencedor da luta entre Canelo vs Smith: “Eu só espero que amanhã seja um grande evento e que o melhor vença. Os fãs serão os maiores vencedores.” No entanto, está claro que o cazaque está em rota de colisão com Canelo, caso o mexicano confirme o favoritismo e derrote Callum Smith.

Com a vitória, Golovkin se tornou o lutador com mais defesas de cinturão no peso médio com 21, currículo que inclui duros nomes como Canelo Álvarez, Daniel Jacobs, David Lemieux e Kell Brook.