Glossário

A “wikipedia” do MMA em língua portuguesa!

Cansado de procurar explicação na nossa língua pátria para diversos termos usados nos esportes de combate? Sua busca termina aqui! O Glossário Ilustrado do MMA, uma iniciativa pioneira do MMA Brasil em língua portuguesa, traz o significado de centenas de expressões usadas no mundo do MMA, boxe e demais esportes de combate. As imagens ajudam no entendimento das expressões. Basta clicar numa delas para vê-la em tamanho maior.

Veja como é fácil usar o Glossário Ilustrado do MMA: ao clicar numa das letras abaixo, você será redirecionado para a parte referente aos termos iniciados pela letra clicada. Os termos em negrito se referem a verbetes também encontrados aqui.

Quer ajudar a aprimorar o Glossário Ilustrado do MMA? Deixe um comentário lá embaixo ou entre em contato conosco através da nossa página de contato, enviando novos verbetes ou correções para os que já estejam publicados. Teremos um prazer imenso em receber sua colaboração e dar os créditos pertinentes.

Disseminar informação é mais uma maneira de ajudar no crescimento e evolução do esporte no Brasil. Este é o motivo principal pelo qual o Glossário Ilustrado do MMA é colaborativo.

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

[A]

Absoluto: categoria de disputa para esportes de combate em que não há limite de peso estabelecido para os competidores.

AMB: Associação Mundial de Boxe (WBA – World Boxing Association, em inglês), uma das principais entidades que promove lutas e ranking mundial de boxe profissional.

Americana: ver chave de ombro

Antecipar: ato de perceber a ação do oponente antes que o mesmo execute uma manobra. Esta percepção permite contra-atacar antes do ataque propriamente dito.

Árbitro: profissional responsável por mediar o combate, com autoridade para tomar decisões sobre a disputa, garantindo que as regras sejam cumpridas. Tem tambem o papel de preservar a integridade física dos lutadores. Não confundir com juiz.

O árbitro Yves Lavigne decreta o fim da luta entre Lyoto Machida e Thiago Silva (Foto: AP Photo/Eric Jamison)

O árbitro Yves Lavigne decreta o fim da luta entre Lyoto Machida e Thiago Silva (Foto: AP Photo/Eric Jamison)

Armbar: ver chave de braço

Armlock: ver chave de braço

Assalto (ou round): divisão de uma luta em espaços de tempo de igual duração. O número de assaltos numa luta pode variar entre 3 (MMA e boxe amador, MMA profissional sem disputa de título), 4 (boxe amador), 5 (MMA com disputa de cinturão), 6 (boxe profissional para lutadores com menos de cinco lutas no cartel), 8 (boxe profissional), 10 (boxe profissional sem disputa de cinturão) e 12 (boxe profissional com disputa de cinturão). Os assaltos do boxe duram 2 minutos (amador) e 3 minutos (profissional), com um minuto de intervalo entre cada assalto. No MMA, os assaltos duram 5 minutos, com um de intervalo.

Voltar ao índice

[B]

Baiana (ou double-leg): queda em que o atleta abraça as duas pernas do adversário. Depois de abraçá-las, o atleta pode fazer com que o adversário perca o equilíbrio empurrando as pernas para o lado, levantando, empurrando o corpo do adversário ou uma combinação destes vetores.

Georges St. Pierre executa um double-leg em Thiago Pitbull

Georges St. Pierre executa um double-leg em Thiago Pitbull

Base invertida: situação em que o lutador inverte sua base com o intuito de confundir o adversário. Se for destro, passa para a base de canhoto (pé e punho direitos à frente); se for canhoto, passa para a base de destro (pé e punho esquerdos à frente). Esta mudança também é conhecida por Fitzsimmon’s Shift ou somente Fitzsimmons, em homenagem ao seu inventor, o grande Bob Fitzsimmons, pugilista britânico que foi o primeiro campeão mundial em três categorias diferentes (médio, pesado e meio-pesado, nesta ordem) entre o fim do século XIX e o início do XX.

O lendário Bob Fitzsimmons, inventor da base invertida no boxe (Foto: Library of Congress)

O lendário Bob Fitzsimmons, inventor da base invertida no boxe (Foto: Library of Congress)

“Bater”: gíria que significa desistir de uma luta quando se entende por demasiado o dano físico prestes a ser imposto. A maneira mais comum de fazê-lo é bater três vezes com a palma da mão no chão ou no corpo do adversário. Porém, o atleta também pode demonstrar que desistiu da luta batendo com o pé no chão ou comunicando a desistência verbalmente ao árbitro.

Boxe: também chamado de pugilismo ou boxe inglês; esporte de combate com foco na troca de socos, onde os praticantes utilizam apenas os punhos para defesa e ataque. Nasceu no século XVIII, na Inglaterra, quando os lutadores se enfrentavam sem luvas, sem limite de rounds e sem muitas regras de proteção. Em 1872, entraram em vigor as Regras de Queensberry, que estabeleceram regras para o esporte, implementando o uso de luvas para proteção das mãos, de rounds de três minutos. Apesar disso, historiadores dizem que os gregos antigos, romanos, egípcios e sumérios já praticavam a luta, que fazia parte dos Jogos Olímpicos da Antiguidade desde 688 a.C.

Boxe: Floyd Mayweather Jr. contra Robert Guerrero (Isaac Brekken/AP Photo)

Boxe: Floyd Mayweather Jr. contra Robert Guerrero (Isaac Brekken/AP Photo)

Boxeador: lutador (competidor) de boxe.

Boxe Chinês: arte marcial chinesa de contato que utiliza socos, chutes, joelhadas, projeções e luta de solo, originada a partir do kung fu.

Boxe chinês

Boxe chinês

Boxe Francês: ver savate.

Boxe Inglês: ver boxe.

“Boxeur”: termo em francês que significa boxeador.

Brazilian Jiu-Jitsu: estilo de jiu-jitsu desenvolvido no Brasil pela família Gracie. Os irmãos Carlos e Hélio Gracie aprenderam a arte do jujutsu com o japonês Esai Maeda Koma (Conde Koma), adaptando o estilo para que lutadores fisicamente inferiores pudessem superar adversários maiores e mais fortes, dando bastante ênfase ao uso de alavancas, chaves e estrangulamentos, criando assim uma poderosa ferramenta de autodefesa. Junto com a arte marcial, os Gracie disseminavam um tipo de alimentação natural e filosofia de vida. Atualmente é a forma de jiu-jitsu mais praticada no mundo.

Mesmo nos últimos momentos de sua vida, o mestre Helio Gracie nunca deixou os tatames de jiu-jítsu

Mesmo nos últimos momentos de sua vida, o mestre Helio Gracie nunca deixou os tatames de jiu-jítsu

“Brawler”: diz-se do lutador com estilo “brigão”, “porradeiro”, como se estivesse numa briga de rua.

“Bruiser”: diz-se do lutador de aspecto selvagem e rude, como os boxeadores Sonny Liston e Mike Tyson (jovem) e os lutadores dos primórdios do MMA Kimo Leopoldo e David “Tank” Abbott.

Voltar ao índice

[C]

Cartel: currículo de um lutador, apresentando as lutas realizadas separadas por vitórias, empates, derrotas e no contests. Quando se diz que um lutador tem um cartel de 32-4-1-1, significa que venceu 32 combates, perdeu 4, empatou uma e uma delas terminou em no contest.

Cartel de Anderson Silva no Sherdog, o principal banco de dados de lutadores, eventos e lutas do mundo do MMA

Cartel de Anderson Silva no Sherdog, o principal banco de dados de lutadores, eventos e lutas do mundo do MMA

Catchweight: um combate é disputado em categoria catchweight (categoria intermediária ou peso combinado) quando os lutadores se encontram em peso intermediário entre os limites de duas categorias homologadas. Normalmente uma luta em catchweight é feita em comum acordo entre os competidores, seus treinadores, organizadores do evento e promotores e na maioria dos casos é estabelecida a metade do intervalo dos limites. Por exemplo, no MMA 178lbs é catchweight entre as categorias meio-médio (170lbs) e médio (185lbs); 195lbs é catchweight entre as categorias médio e meio-pesado (205lbs).

Categoria intermediária: ver catchweight.

Challenger: ver desafiante

Chave americana: ver chave de ombro

Chave de braço: golpe em que o atleta imobiliza um dos braços do adversário e faz pressão sobre o cotovelo na direção contrária ao movimento natural desta articulação. Se o adversário não “bater” e o golpe for finalizado, a chave de braço pode quebrar ossos do braço ou a articulação do cotovelo.

Ronda Rousey executa uma chave de braço (armlock)

Ronda Rousey executa uma chave de braço (armlock)

Chave de ombro: classe de golpes em que o atleta exerce pressão sobre o ombro do adversário, na direção contrária ao movimento natural desta articulação. Existem diversos tipos de chaves de ombro, porém os mais comuns no MMA são: [1] Americana (ude-garami ou keylock), é aplicada quando o atleta segura o punho do adversário contra o chão, sendo que a palma da mão do adversário fica virada para cima. Com a outra mão o atleta segura seu próprio punho, passando este segundo braço sob o braço comprometido do adversário. Desta posição o atleta levanta o segundo braço, exercendo pressão sobre o ombro e cotovelo do adversário. [2] Kimura (gyaku ude-garami ou reverse keylock) é uma americana invertida. Este golpe é finalizado com o braço comprometido nas costas do adversário. [3] Omoplata (sankaku-garami) é uma kimura aplicada com as pernas, normalmente da guarda. Para executá-lo, o atleta coloca uma perna na axila do adversário e gira 180 graus, de modo que sua perna se entrelace com o braço do oponente. Conquistada a posição, o atleta controla o corpo do oponente e movimenta seu próprio corpo para frente, exercendo pressão no ombro do adversário. Se o adversário não “bater” e a chave de ombro for finalizada, ela pode romper os ligamentos da articulação do ombro.

Frank Mir executa uma kimura em Rodrigo Minotauro (Foto: Nick Laham/Zuffa LLC)

Frank Mir executa uma kimura em Rodrigo Minotauro (Foto: Nick Laham/Zuffa LLC)

Choke: ver estrangulamento

“Cinturar”: gíria que significa pegar o adversário pela cintura a partir das costas.

Clinch: posição de luta em pé, válido no MMA (e em diversas artes de base, como wrestling, judô, sambô, sumô, etc.), mas ilegal no boxe. No MMA é muito usado com o intuito de controlar o adversário, aproximando-se dele, segurando-o, diminuindo assim o espaço para um ataque efetivo com socos ou chutes. A partir do clinch muitos lutadores conseguem quedar o adversário. O Muay Thai tem uma técnica de clinch desenvolvida, chamada de Thai clinch (que também é muito usada no MMA). No wrestling é chamado de Tie-up. No judô o clinch é um dos focos primários. No MMA a técnica se desenvolveu a um ponto de se transformar praticamente num estilo de luta, muito utilizado por Randy Couture, por exemplo.

Randy Couture aplica o clinch contra Mark Coleman (Foto: Dave Mandel/Sherdog.com)

Randy Couture aplica o clinch contra Mark Coleman (Foto: Dave Mandel/Sherdog.com)

CMB: Conselho Mundial de Boxe (WBC – World Boxing Council), entidade que promove lutas e ranking mundial de boxe profissional.

Cinturão do Conselho Mundial de Boxe (CMB/WBC)

Cinturão do Conselho Mundial de Boxe (CMB/WBC)

Coach: ver técnico

Contender: lutador que, por seu cartel e qualidades, é um candidato natural ao posto de desafiante.

Córner (profissional): ver cornermen

Cornermen: profissionais de diversas especialidades que vão ao ringue com a missão de prestar auxílio a um lutador. No boxe são chamados de seconds (segundos). Podem ser desde o treinador principal (head coach), treinador auxiliar, cutman, preparador físico, parceiro de treino, dentre outros.

Ray Longo e Matt Serra trabalhando como córneres de Chris Weidman

Ray Longo e Matt Serra trabalhando como córneres de Chris Weidman

Cruzado: da família dos golpes curvos, tão forte quanto o direto, faz um arco na frente do corpo, com o cotovelo a um ângulo de 90º e tem como alvo a parte lateral da cabeça do oponente. Termina com o braço esticado.

Cutman (ou cutwoman): profissional responsável por prevenir e tratar danos físicos a um lutador durante os intervalos entre os rounds.

A cutwoman Mackenna Campos em ação

A cutwoman Mackenna Campos em ação

Voltar ao índice

[D]

Decisão (método): método de finalização de uma luta quando não há um nocaute ou submissão. Neste caso os juizes ficam responsáveis por definir o vencedor, através da pontuação fornecida através dos assaltos. Uma luta definida na decisão pode terminar como Decisão Unânime, Decisão Majoritária, Decisão Dividida ou Empate Majoritário.

Árbitro ergue o braço de Phil Davis, que venceu Lyoto Machida por decisão

Árbitro ergue o braço de Phil Davis, que venceu Lyoto Machida por decisão

Decisão Dividida: quando dois juizes indicam um lutador como vencedor e um terceiro juiz aponta o adversário como vencedor. O atleta escolhido por dois juizes é apontado como vencedor por decisão dividida.

Decisão Majoritária: quando dois juizes indicam um lutador como vencedor e um terceiro juiz aponta empate (sem vencedor). O atleta escolhido por dois juizes é apontado como vencedor por decisão majoritária. Este termo é erradamente confundido com decisão dividida.

Decisão Unânime: quando todos os juizes indicam o mesmo lutador como vencedor do combate, diz-se que este foi o vencedor por decisão unânime.

Defesa de perna: movimento oriundo de esportes de combate em que um lutador levanta o joelho de modo a impedir um chute ou ataque direcionado à sua perna.

Bloqueio de chute com defesa de perna

Bloqueio de chute com defesa de perna

Desafiante: lutador que enfrenta o campeão de sua categoria no intuito de vencer e tomar para si o título.

Direto: da família dos golpes retos (ou frontais), muito rápido e forte, executado com o punho que está atrás na guarda (direita de um lutador destro, esquerda de um canhoto).

O direto no boxe

O direto no boxe

Dirty boxing: golpes (normalmente socos ou cotoveladas) lançados no clinch, quando o lutador trava a cabeça do oponente com uma mão e soca com a outra. Recebeu este nome por ser uma manobra ilegal no boxe. Randy Couture notabilizou o estilo no MMA.

O dirty boxing no MMA

O dirty boxing no MMA

Dojang: ver dojo

Dojo: local de treino das artes marciais japonesas. Literalmente traduzido como “Local de Tao”. Chamado também de Dojang (Taekwondo), Sasaran (Pencak Silat), Heya (Sumô).

Double-leg: ver baiana

Voltar ao índice

[E]

Empate Majoritário: tipo de decisão muito rara, ocorre quando dois juizes apontam empate e um terceiro juiz aponta um lutador como vencedor.

Empresário: pessoa que negocia contratos de luta, publicidade e etc. em nome de um atleta.

“Espalhar o frango”: gíria que significa o ato de tomar as costas do adversário, encaixar os grampos e abrir a defesa do oponente, deixando o adversário com a barriga no chão.

Donald Cerrone "espalhou o frango" antes de encaixar o mata-leão em Dennis Siver (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC)

Donald Cerrone “espalhou o frango” antes de encaixar o mata-leão em Dennis Siver (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC)

Voltar ao índice

[F]

FIB: Federação Internacional de Boxe, entidade que promove lutas e ranking mundial de boxe profissional.

Finta: ato de simular um golpe para enganar o oponente. Com uma finta um lutador pode conseguir brecha necessária para atingir o adversário.

Fitzsimmon’s Shift ou Fitzsimmon: ver base invertida.

Flying Knee: ver joelhada voadora.

Voltar ao índice

[G]

Gancho (ou hook): da família dos golpes curvos, bastante semelhante ao cruzado, com a diferença que é executado em curta distância e contornando a guarda do adversário. Erradamente confundido com uppercut.

GNP ou GnP ou G’N’P: ver ground and pound

Gogoplata: uma das técnicas mais avançadas do jiu-jitsu, criada pelo atleta Nino Schembri. Para executá-la é requerido um domínio total do seu oponente. Esta técnica parte da posição de guarda; o atleta que está por baixo passa uma de suas pernas por cima da cabeça de seu oponente, de forma que sua canela fique entre ele e o adversário. Com as duas mãos posicionadas na nuca do adversário, empurra sua canela contra a garganta e, ao mesmo tempo, puxa a nuca para baixo, levando o oponente a desistência. Hoje um dos maiores usuários da posição Gogoplata no MMA é o japonês Shinya Aoki.

Lutador arma a gogoplata

Lutador arma a gogoplata

Golpe baixo: golpe aplicado na região pubiana. É proibido em todos os estilos de luta que compõem o MMA e causa punição, desde perda de ponto até desclassificação por reincidência.

Mike Tyson executa um golpe baixo ilegal

Mike Tyson executa um golpe baixo ilegal

Grappling: qualquer estilo de luta agarrada, seja em pé ou no chão; é a arte de controlar o corpo do oponente. Pode ser aplicada em luta em pé (exemplificado no jogo de clinch, quedas e chaves de esportes e artes como sumô, judô, aikido, luta olímpica e sambô) e luta no chão (exemplificado nas imobilizações e submissões de esportes como luta olímpica, jiu-jitsu e submission wrestling).

Grappling: Glover Teixeira encara Dean Lister no ADCC (Foto: Arquivo GRACIEMAG)

Grappling: Glover Teixeira encara Dean Lister no ADCC (Foto: Arquivo GRACIEMAG)

Ground and pound: tática de luta de chão criada e introduzida no MMA pelo wrestler americano Mark Coleman, visa quedar o adversário, obter uma posição dominante e atingi-lo predominantemente com socos e cotoveladas. Hoje é uma parte essencial do estilo MMA.

George Sullivan ataca Igor Araujo no ground and pound (Foto: Divulgação/Wagner Carmo/InovaFoto)

George Sullivan ataca Igor Araujo no ground and pound (Foto: Divulgação/Wagner Carmo/InovaFoto)

Guarda: [1] No jiu-jítsu ou MMA, posição em que o atleta mantém o adversário entre suas pernas ou tenta controlá-lo com as mesmas. Diz-se: “O adversário está na guarda do atleta” ou “O atleta está lutando da guarda”. [2] No boxe, guarda é a posição inicial, de onde se iniciam todos os golpes. Na guarda os pés ficam afastados, com o pé referente à mão mais fraca (que aplica o jab) mais adiantado. As pernas ficam levemente flexionadas. Os punhos, sempre fechados, seguem a mesma ordem dos pés: o que aplica o jab fica mais à frente daquele que aplica o direto. Esta mão de trás protege o queixo. Sempre que um movimento for executado, o lutador deve voltar para a posição da guarda.

Mauricio Shogun na guarda sendo punido por Jon Jones

Mauricio Shogun na guarda sendo punido por Jon Jones

Voltar ao índice

[H]

Hélio Gracie: lendário brasileiro, falecido em 2009, que desenvolveu um estilo peculiar do jujutsu japonês, atualmente largamente conhecido como Brazilian Jiu-Jitsu.

Heya: ver dojo.

Hook: ver gancho.

Voltar ao índice

[I]

IBF: International Boxing Federation, ver FIB.

Infighting: luta desenvolvida em curta distância, até mesmo se encostando, sem haver agarramento, para não caracterizar o clinch.

Brandon Ríos e Mike Alvarado trocando socos no infighting

Brandon Ríos e Mike Alvarado trocando socos no infighting

Ippon: método de finalização de uma luta no judô, como o nocaute, quando o lutador consegue um golpe perfeito (derruba o adversário com as costas por completo no tatame), ou aplica dois waza-aris ou o imobiliza por 25 segundos ininterruptos. Significa literalmente “um ponto”.

Leandro Guilheiro bate Safouane Attaf por ippon

Leandro Guilheiro bate Safouane Attaf por ippon

Ippon seoi-nage: golpe de mão (Te-waza) desenvolvido no judô, consiste em arremessar o adversário por cima do ombro. O atleta desequilibra o adversário com o quadril, passa o braço por baixo da axila do oponente, prende o braço dele contra o seu tronco e o arremessa sobre o ombro. Também utilizado no wrestling.

Voltar ao índice

[J]

Jab: da família dos golpes retos (ou frontais), rápido e com menor poder de fogo, normalmente utilizado para preparação dos demais golpes ou para medição e manutenção de distância, executado com o punho que está na frente da guarda (esquerda de um lutador destro, direita de um canhoto).

Jigoro Kano: lendário japonês criador do Judô. Ao aprender jujutsu (jiu-jitsu), Kano o reformou e assim criou o judô. Foi também inventor do judogi, o quimono do judô. Atualmente sua imagem é disponibilizada em qualquer dojo em todo o mundo.

Sensei Jigoro Kano, o criador do judô

Sensei Jigoro Kano, o criador do judô

Joelhada voadora: golpe aplicado quando o lutador precisa tirar o pé de apoio do chão para acertar o adversário com o joelho. Utilizado largamente no Muay Thai e em outros esportes derivados.

Carlos Condit executa joelhada voadora

Carlos Condit executa joelhada voadora

Journeyman: significa quase o oposto de contender, é o lutador experiente, mas com cartel apenas regular, normalmente escalado para “tapar buracos” em cards ou servir de escada para atletas promissores.

Judoca: lutador praticante de judô.

Mayra Aguiar comemora a conquista de sua terceira medalha em campeonatos mundiais aos 22 anos (Foto: Agência Reuters)

Judoca Mayra Aguiar comemora a conquista de sua terceira medalha em campeonatos mundiais aos 22 anos (Foto: Agência Reuters)

Judogi: quimono dos praticantes de judô.

Voltar ao índice

[K]

Katagatame: estrangulamento do jiu-jitsu e judô, aplicado com a guarda passada. O lutador passa um braço por baixo do pescoço do oponente e o outro por fora do braço esticado.

Thiago Silva prepara o katagatame contra Stanislav Nedkov (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC)

Thiago Silva prepara o katagatame contra Stanislav Nedkov (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC)

Kickboxing: esporte ou forma de combate que é uma junção da técnica de socos do boxe com a técnica de chutes de artes marciais orientais.

Duelo das lendas Mirko Cro Cop e Remy Bonjaski faz parte da coleção de lutas do GLORY (Foto: Divulgação)

Duelo das lendas Mirko Cro Cop e Remy Bonjaski faz parte da coleção de lutas de kickboxing do GLORY (Foto: Divulgação)

Kimura: ver chave de ombro

Knockdown: quando um lutador é derrubado por um golpe de “trocação”, mas se levanta antes do prazo regulamentar de nocaute.

Garcia mandou Matthysse a knockdown pela primeira vez na carreira do argentino (Foto: Mark J. Tahill/AP Photo)

Danny Garcia mandou Lucas Matthysse a knockdown pela primeira vez na carreira do argentino (Foto: Mark J. Tahill/AP Photo)

Knockout: ver nocaute

KO: ver nocaute

Voltar ao índice

[L]

“Lay-and-pray”: gíria pejorativa que significa literalmente “deitar e rezar”. Tática de bastante cautela no MMA que visa quedar o adversário e manter uma posição dominante sem tentar golpear o adversário, melhorar a posição ou finalizar a luta para não correr o risco de perder a posição, cair em chaves ou estrangulamentos.

Jake Shields e Demian Maia são adeptos do lay and pray (Foto: Jason Silva/USA TODAY Sports)

Jake Shields e Demian Maia são adeptos do lay and pray (Foto: Jason Silva/USA TODAY Sports)

Leg-lock: ver chave de perna

Wagner Caldeirão sucumbe à chave de perna aplicada por Ildemar Marajó em São Paulo (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC)

Wagner Caldeirão sucumbe à chave de perna aplicada por Ildemar Marajó em São Paulo (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC)

Luta olímpica: também chamada de wrestling, é o esporte de combate mais antigo da humanidade, fez parte dos Jogos Olímpicos da Antiguidade. Talvez apenas o atletismo seja a atividade esportiva mais antiga que a luta. Dividida nos estilos livre e greco-romano, a luta olímpica tem como objetivo imobilizar o adversário de costas para o chão, com a diferença que o greco-romano só permite usar os braços e o tronco para atacar e imobilizar o adversário, enquanto o estilo livre autoriza o uso das pernas.

Jordan Burroughs (de vermelho) é o melhor wrestler da atualidade

Jordan Burroughs (de vermelho) é o melhor wrestler da atualidade

Voltar ao índice

[M]

Manager: ver empresário.

Matchmaker: profissional responsável por escalar as lutas em um evento.

O matchmaker do UFC Joe Silva

O matchmaker do UFC Joe Silva

MMA: Mixed Martial Arts, artes marciais mistas. Esporte de combate do tipo full contact que cobre uma diversidade enorme de técnicas de lutas, é uma evolução do que antigamente era conhecido por Vale-tudo. De acordo com a evolução do esporte, o MMA vem se tornando um estilo de luta definido.

Voltar ao índice

[N]

Nocaute: método de finalização de uma luta, ocorre quando um lutador fica impossibilitado por um período especificado de se levantar do chão após um golpe.

Andrei Arlovski em situação delicada após ser nocauteado por Fedor Emelianenko

Andrei Arlovski em situação delicada após ser nocauteado por Fedor Emelianenko

Nocaute Técnico: método de finalização de uma luta, ocorre quando o árbitro ou outro elemento da disputa (médico ou treinador) interrompe o combate por considerar que um competidor não tem mais condição de continuar. No boxe amador uma luta pode ser declarada nocaute técnico se um lutador estiver 15 pontos na frente do adversário. Alguns regulamentos profissionais também consideram três quedas no mesmo assalto como nocaute técnico.

Árbitro interrompe uma luta e decreta o nocaute técnico (Foto: Andre Gadia)

Árbitro interrompe uma luta e decreta o nocaute técnico (Foto: Andre Gadia)

Voltar ao índice

[O]

Octagon: ver octógono

Octógono: local de disputa das lutas de alguns eventos de MMA, como o UFC e o WEC. Consiste de uma jaula octogonal de 9,5m de diâmetro, onde as cordas são substituídas por grade de 1,67m a 1,72m de altura. O octógono fica suspenso em uma plataforma a 1,2m de altura em relação ao piso do local.

O octógono do UFC

O octógono do UFC

OMB: Organização Mundial de Boxe, entidade que promove lutas e ranking mundial de boxe profissional.

Cinturão da OMB - Organização Mundial de Boxe (WBO - World Boxing Organization)

Cinturão da OMB – Organização Mundial de Boxe (WBO – World Boxing Organization)

Ortodoxa ou Base ortodoxa: base de lutadores destros, com pé e punho esquerdos à frente. Contrário a southpaw.

Brandon Ríos (bermuda branca) em base ortodoxa

Brandon Ríos (bermuda branca) em base ortodoxa

Voltar ao índice

[P]

Passar a guarda: movimento ofensivo que se dá quando um lutador passa da posição de guarda para a lateral do oponente.

Lutador de quimono azul passa a guarda do oponente

Lutador de quimono azul passa a guarda do oponente

Pisão voador: golpe executado quando um lutador pula e pisa na cabeça de um adversário caído em pelo menos três apoios. As Regras Unificadas de Conduta do MMA não permitem este golpe.

Maurício Shogun era especialista no pisão voador nos tempos de PRIDE FC

Maurício Shogun era especialista no pisão voador nos tempos de PRIDE FC

PRIDE: PRIDE Fighting Championship, extinto evento de MMA baseado no Japão, nascido em 1997. Suas lutas eram disputadas em ringues. Por muito tempo foi o principal evento de MMA do mundo, quando contou com audiências que chegavam a 70.000 espectadores. Em 2007 a Zuffa LLC, proprietária do UFC, comprou o PRIDE da Dream Stage Entertainment e o extinguiu.

PRIDE FC Logo

Promoter ou promotor: pessoa ou empresa que organiza, divulga, produz e vende eventos.

O presidente do UFC Dana White é o mais importante promotor do MMA mundial (Foto: Jayne Russell/Getty Images)

O presidente do UFC Dana White é o mais importante promotor do MMA mundial (Foto: Jayne Russell/Getty Images)

Pro Wrestling: arte de representação baseada no wrestling, onde os praticantes criam um espetáculo de entretenimento simulando um combate desportivo. A organização mais conhecida de Pro Wrestling é a WWE. Alguns campeões do MMA sairam do pro wrestling, como Brock Lesnar.

Pro wrestling

Pugilismo: ver boxe.

Voltar ao índice

[Q]

Quedar: derrubar o adversário. Manobra normalmente pontuada no MMA.

Khabib Nurmagomedov aplica uma queda (Foto: Donald Miralle/Zuffa LLC)

Khabib Nurmagomedov aplica uma queda (Foto: Donald Miralle/Zuffa LLC)

Quimono: traje utilizado em treinos e competições de diversas artes marciais orientais, consiste de uma calça, uma camisa no formato de paletó e uma faixa que denota o grau de aperfeiçoamento do lutador. Chamado genericamente de keikogi em japonês (keiko = treino, gi = roupa). As principais variações de quimono são o judogi (usado no judô), karategi (karatê), aikidogi (aikido) e jujutsugi (jiu-jitsu).

Voltar ao índice

[R]

Raspagem: manobra de reversão executada quando um lutador encontra-se com as costas no chão e o adversário sobre ele. Com a raspagem, as posições são invertidas e quem estava de costas para o chão passa a ficar por cima. Veja a luta do Rodrigo Minotauro contra Randy Couture no UFC 102, quando o brasileiro executou uma raspagem de manual de jiu-jitsu no terceiro round.

Rodrigo Minotauro raspa e finaliza Tim Sylvia

Referee: ver árbitro

Regras Unificadas do MMA: conjunto de regras estabelecidas pela Comissão Atlética de New Jersey para sancionar o MMA, aproveitando o trabalho iniciado pela Comissão do Estado da Califórnia. Clique aqui e conheça com detalhes as Regras Unificadas do MMA.

Ringue: local de disputa das lutas de boxe e de alguns eventos de MMA, como o Affliction. Consiste em um quadrado que pode variar de 4,88m a 7,22m em cada lado. Nos quatro cantos do ringue são colocados postes de 1,5m de altura que prendem as quatro cordas que envolvem o local e delimitam a área de combate. As cordas ficam a aproximadamente 30cm de distância uma das outras e a 60cm para dentro do espaço da plataforma. Normalmente o ringue fica suspenso em uma plataforma de 0,91m a 1,2m de altura em relação ao piso do local.

Ringue do PRIDE FC

Ringue do PRIDE FC

Round: ver assalto.

Voltar ao índice

[S]

Saída Lateral: movimento em que um lutador esquiva de um golpe frontal, movimentando-se para um plano lateral. Se executado no tempo certo, permite um contra-ataque indefensável. Largamente utilizado no MMA pelo brasileiro Lyoto Machida.

Sambo: estilo de luta desenvolvido secretamente na antiga União Soviética pelas Forças Especiais do governo, tem raizes no Shuaijiao chinês, Judô e em alguns estilos de Wrestling. O competidor usa luvas (como as de MMA), uma jaqueta (kurtka) com uma faixa, um short da mesma cor e um calçado (sambovki). Foi esporte olímpico de demonstração em Moscou-1980. Significa em russo “autodefesa sem armas” (acrônimo de SAMozashchita Bez Oruzhiya).

Fedor Emelianenko (de azul) e Blagoi Ivanov disputaram a semifinal do Mundial de Sambô em 2008 (Foto: Reprodução Youtube)

Fedor Emelianenko (de azul) e Blagoi Ivanov disputaram a semifinal do Mundial de Sambô em 2008 (Foto: Reprodução Youtube)

Sasaran: ver dojo

Savate: estilo de kickboxing francês que combina elementos de boxe inglês com chutes (apenas usando os pés). É o único estilo de kickboxing que os praticantes usam sapatos (savate em francês significa “sapato velho”).

Combate de savate

Combate de savate

Seconds (segundos): ver cornerman.

Sengoku: evento japonês de MMA produzido pela World Victory Road, criado após a compra do PRIDE pela Zuffa, LLC.. Utiliza a maioria das Regras Unificadas do MMA, com a diferença de permitir joelhadas na cabeça de um oponente caido, mas proibe cotoveladas na cabeça.

sengoku-logo

Single-leg: técnica de queda em que um lutador faz um ataque de pernas e agarra uma das pernas do oponente com as duas mãos, tentando derrubá-lo.

Tim Kennedy executa um single-leg

Tim Kennedy executa um single-leg

Soco rodado ou giratório: golpe executado com as costas, ou lateral, da mão após um giro completo do corpo.

Alexander Shlemenko manda um soco rodado em Bubba McDaniel

Alexander Shlemenko manda um soco rodado em Bubba McDaniel

Southpaw: gíria para lutadores canhotos, ou seja, que possuem base canhota, com pé e punho direitos à frente. Contrário à base ortodoxa.

Sparring: modo de treino com um parceiro para simular eventos que podem ocorrer em uma luta.

Saúl "Canelo" Álvarez em um treino de sparring

Saúl “Canelo” Álvarez em um treino de sparring

Sprawl: técnica de defesa do wrestling para impedir tentativas de quedas (normalmente single ou double-legs), consiste em lançar as pernas para trás e bloquear a entrada do oponente com o tronco e braços.

Técnico Greg Jackson mostra a defesa de queda chamada sprawl

Técnico Greg Jackson mostra a defesa de queda chamada sprawl

Sprawl-and-brawl: tática de luta em pé onde o lutador evita o combate no chão fazendo uso de sprawls para se defender de quedas e atacando com golpes de trocação.

Stand-up: conjunto de técnicas empregadas a partir da luta em pé, envolvendo elementos de “troca de golpes” e de bloqueio.

Striking: ver “trocação”.

Striker: diz-se do lutador especializado na arte da “trocação”.

Anderson Silva é um dos mais técnicos e criativos strikers da história do MMA

Anderson Silva é um dos mais técnicos e criativos strikers da história do MMA

Submissão ou Submission (método): ver finalização.

Submission (estilo) ou Submission Fighting: estilo de luta de agarramento (grappling), é um termo geral de luta onde os praticantes não utlizam quimono. Reúne técnicas de Luta Olímpica, Brazilian Jiu-Jitsu, judô e Sambo, faz uso do clinch e luta no solo, com o objetivo de imobilizar ou finalizar o adversário. Por não usar quimono, as lutas de Submission são mais dinâmicas do que as de jiu-jitsu.

Shinya Aoki e Kron Gracie disputam combate de submission no Metamoris

Shinya Aoki e Kron Gracie disputam combate de submission no Metamoris

Suplê: movimento de ataque do wrestling, usado quando o lutador levanta seu oponente do chão e, usando parte de seu próprio peso, o arremessa contra o chão, fazendo-o bater com a cabeça ou pescoço no solo. É um golpe de imensa plasticidade e que pode causar grande impacto no oponente. Possui diversas variações, como o suplex vertical (largamente aplicado no pro wrestling), superplex (super suplex), suplex slam e suplex invertido, dentre outros. Seu nome é oriundo do termo francês “souplesse” (flexibilidade).

Suplex: ver suplê.

Voltar ao índice

[T]

Takedown: ver quedar.

Takedown defense: técnicas empregadas para defesa de quedas. O mais conhecido é o sprawl.

Technical Knockout: ver nocaute técnico.

Thai clinch: tipo de clinch específico do Muay Thai, quando o lutador se aproxima do oponente e o agarra pela parte de trás do pescoço, normalmente visando abaixar a cabeça do adversário para aplicar joelhadas.

Clinch no muay thai, também conhecido como thai clinch (muito usado no MMA)

Clinch no muay thai, também conhecido como thai clinch (muito usado no MMA)

Tie-up: ver clinch

“Tiro de meta”: gíria utilizada para descrever o chute que um lutador aplica em um adversário na cabeça, fazendo um movimento semelhante a um goleiro de futebol cobrando um tiro de meta. Este golpe é normalmente proibido em eventos de MMA em octógonos, apenas permitido em alguns eventos disputados em ringues. As Regras Unificadas do MMA não mais permitem o tiro de meta.

Jason "Mayhem" Miller aplica tiro de meta em Ronaldo Jacaré no DREAM

Jason “Mayhem” Miller aplica tiro de meta em Ronaldo Jacaré no DREAM

TKO: ver nocaute técnico.

Tomoe nage: tradicional técnica de sacrifício frontal (ma-sutemi-waza), um dos golpes mais plásticos do judô. Consiste em agarrar o adversário pela manga do quimono com uma mão e na lapela com a outra. Ao obter uma pegada firme, o lutador cai com as costas no chão e encaixa um pé no estômago no oponente, a fim de desequilibrá-lo, projetando-o para trás, num rolamento.

Trash talking: expressão utilizada para simbolizar o discurso provocativo de um lutador antes do combate. Apesar do tom jocoso e às vezes até ofensivo, não passa de uma manobra de marketing para vender o evento.

Triângulo: estrangulamento em que o atleta coloca o pescoço e um braço do adversário entre suas pernas, posicionando também sua panturrilha sobre a nuca do adversário e o pé desta mesma perna sob o joelho da outra. Se o adversário não “bater” e o golpe for finalizado, o triângulo pode fazer o adversário perder a consciência ou levá-lo até mesmo ao óbito.

Fabricio Werdum encaixa o histórico triângulo em Fedor Emelianenko (Foto: Mike Colón)

Fabricio Werdum encaixa o histórico triângulo em Fedor Emelianenko (Foto: Mike Colón)

“Trocação”: arte de atingir o oponente com golpes de contundência como socos, chutes, cotoveladas, joelhadas e cabeçadas. No MMA, sua aplicação pode ser feita em pé (golpes oriundos do boxe, karatê, taekowndo, kickboxing, savate ou muay thai) ou no chão (diversos golpes de contundência que os atletas de MMA trocam quando estão ajoelhados ou de costas para o tatame).

Voltar ao índice

[U]

Uchi mata: um dos golpes originais de arremesso do judô desenvolvido por Jigoro Kano. Ensinado a atletas na faixa laranja, o uchi mata é considerado uma técnica de arremesso de pés (ashi-waza). Por utilizar considerável movimento de quadril, muitos apontam o uchi mata como golpe de quadril. O golpe é aplicado ao desequilibrar o oponente para a frente, pegando na parte superior das costas com uma mão e no braço com a outra. Com a pegada definida, o lutador gira o corpo, encaixa uma perna entre as pernas do adversário, levanta-a e puxa o oponente com os braços sobre o quadril. É considerado um dos golpes mais plásticos e eficientes do judô.

UFC: Ultimate Fighting Championship, maior entidade que promove eventos de MMA do mundo na atualidade, com combates disputados em octógonos, é baseada nos Estados Unidos. Fundada em 1993 por Art Davie, Rorion Gracie e Robert Meyrowitz. Atualmente é comandado pela Zuffa Entertainment, LLC e presidido pelo americano Dana White.

UFC_logo_new_red

Undisputed champion: termo usado no boxe profissional que indica um campeão de determinada categoria reconhecido pela maioria dos órgãos sancionadores de lutas. Normalmente dito quando um campeão unifica os títulos, ou seja, vence os cinturões das principais organizações.

Upper ou Uppercut: da família dos golpes curvos, é muito veloz, desferido de baixo para cima, visando atingir o queixo do oponente (upper alto) ou a “zona da cintura” (upper baixo). É um golpe de finalização.

Voltar ao índice

[V]

Vale-tudo: antiga denominação para o que hoje conhecemos como MMA, onde lutadores dos mais diversos estilos de luta se enfrentavam para apontar qual arte seria superior às demais.

Voltar ao índice

[W]

Waza-ari ou wazari: pontuação de uma luta de judô onde um lutador consegue projetar o adversário com as costas no chão ou o imobiliza por um período ininterrupto por 20 segundos. Vale meio ponto; dois waza-ari equivalem a um ippon e encerram a luta.

Exemplo de wazari no judô

Exemplo de wazari no judô

WBA: World Boxing Association, ver AMB.

WBC: World Boxing Council, ver CMB.

WBO: World Boxing Organization, ver OMB.

Wrestler: praticante de luta olímpica (wrestling).

Wrestling: ver luta olímpica.

WWE: World Wrestling Entertainment, entidade americana que é a principal promotora de espetáculos de pro wrestling do mundo.

Voltar ao índice

[X]

Voltar ao índice

[Y]

Yuko: “pontuação” do judô, dada quando um lutador consegue projetar seu oponente, que cai de lado. Também é anotado quando um lutador imobiliza o adversário por 15 segundos. Não vale ponto algum, ou seja, nenhum combate termina com yuko, mas é utilizado no critério de desempate. Um Waza-ari supera qualquer quantidade de Yuko, enquanto um Yuko supera qualquer quantidade de Koka.

Voltar ao índice

[Z]