Geraldo Espartano enaltece psicológico após primeira vitória no UFC e diz: “Mereço estar aqui”

Por Tarso Doria | 02/02/2019 22:23

Há menos de duas semanas a vida de Geraldo de Freitas – ex-campeão peso galo do Shooto – ficou de ponta a cabeça ver sua estreia no UFC ser marcada a menos de dez dias do UFC Fortaleza. Felizmente para o mineiro, a vitória veio na decisão unânime contra o compatriota Felipe Cabocão. Porém, o atleta do Rio de Janeiro garante que a oportunidade nunca foi grande demais para que ele pudesse lidar.

“Eu fiquei muito feliz [quando o UFC me chamou], mas o tempo todo eu mantive meu pé no chão. E também eu venho trabalhando meu psicológico. Eu merecia estar aqui. Primeiro, na hora que falaram que eu iria lutar no UFC, sempre que batia a ansiedade eu estudava meu adversário, pois isso me deixa muito tranquilo, quando vou estudando fico mais tranquilo. E segundo, eu sei o meu valor, sei que mereço estar aqui”, contou Espartano após a luta.

Uma luta com tão pouco tempo de preparação na maior organização do planeta pode, sim, ser algo complicado para alguns atletas. Porém, o lutador da Nova União revelou que quase um instinto o fez intensificar os treinos, mesmo sem uma luta realmente marcada.

“Eu já sabia que seria uma luta dura. Ele é um cara duro, faixa-preta de jiu-jítsu, faixa-preta de judô, já tinha assistido lutas ele. Não é a toa que ele era o campeão do Jungle Fight, então já esperava por isso. Eu vinha muito bem preparado, já treinava há muito tempo. As pessoas perguntavam onde eu iria lutar, mas parecia que algo me dizia que eu iria lutar, só não sabia aonde. Estava muito bem preparado.”

Acompanhe os resultados do UFC Fortaleza em tempo real com o MMA Brasil clicando aqui.