Frankie Edgar se recupera e bate Cub Swanson novamente, no UFC Fight Night 128

Por Gustavo Lima | 22/04/2018 01:37

Na luta coprincipal do UFC Fight Night 128, em Nova Jérsei, o lutador da casa Frankie Edgar venceu os três rounds contra Cub Swanson em um duelo extremamente técnico, conquistando sua segunda vitória sobre o californiano.

Edgar começou a luta repetindo a fórmula do combate contra Ortega, bastante disposto a boxear. Encontrava, em seu caminho, a sempre pontual velocidade e movimentação de Swanson, que evitava os golpes do adversário mas pouco se soltava. Com o passar do tempo, Frankie foi gradativamente acertando o ritmo e mesclando melhor os elementos do seu jogo, se aproximando mais e mais de Cub e conectando bons jabs e chutes baixos. Após acertar um bom direto em uma dessas blitz, Edgar levou o oponente para a grade e tentou uma queda, defendida com sucesso. Swanson ainda tentou encaixar alguns contragolpes e chutes altos no final do round, mas não conseguiu reverter a óbvia desvantagem para um Edgar que muito bateu e quase não fora tocado.

O segundo período trouxe um Swanson um pouco mais preciso, freando as sequencias de Edgar com bons socos, mas logo perdendo a vantagem graças à explosão do “The Answer”. Frankie controlava facilmente o centro do cage e ditava o ritmo do combate. Quando tentava se aproximar para derrubar, Swanson neutralizava seu wrestling com louvor. Na segunda metade do round pudemos ver a versatilidade de Edgar em ação, usando combinações de todos os tipos e ângulos e, em várias ocasiões, culminando em chutes, conforme pedia seu head coach Mark Henry. Cub conectou alguns bons jabs durante a parte final destes cinco minutos, mas com um dano significativamente menor que o causado pelo ex-campeão dos leves.

A parcela final da batalha trouxe um Cub mais arisco, tentando evitar que Edgar cortasse seus ângulos e fintando sempre com dois ou três jabs em sequência para tal. Edgar, todavia, continuava dando trabalho mesmo com golpes retos. Por volta da metade do assalto, Frankie investiu em mais um queda, mas não conseguiu mais do que prender o adversário na grade por alguns segundos. Foi na reta final do duelo que vimos o melhor Cub Swanson do combate, mostrando que ainda tinha lenha pra queimar e acertando algumas boas combinações de socos em um Edgar já relativamente cansado.

Ao término dos 15 minutos, os juízes decretaram vitória para Frankie Edgar por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)