Francisco Massaranduba consegue a maior vitória da carreira ao bater Jim Miller no UFC São Paulo

Os pesos leves Francisco Massaranduba e Jim Miller entraram em choque na terceira luta do card principal do UFC Fight Night 119, em São Paulo. Num duelo bastante animado, o brasileiro conquistou a mais importante vitória de sua carreira.

O duelo teve um início animado. Os lutadores trocaram pancadas até que Miller aplicou uma queda e Massaranduba raspou, caindo por cima da guarda do faixa-preta americano. Novamente em pé, Miller fintou alguns socos na cabeça para entrar com um lindo double leg, cravando o brasileiro com as costas no piso. Desta vez Trinaldo não conseguiu raspar e Miller ficou quase até o fim do round por cima, ora fazendo peso para desgastar o rival, ora com socos no ground and pound. O árbitro mandou os lutadores se levantarem faltando 15 segundos para o fim. Só deu tempo de alguns golpes no dirty boxing por parte do americano.

O carismático nordestino retornou mais agressivo no segundo round. Massaranduba lançou alguns bons socos no infighing, retrucou os ataques de Miller e esteve mais atento na defesa de quedas. Francisco seguiu com uma postura ofensiva, tentando enquadrar o rival na grade. Como é de seu feitio, Miller aceitou a pancadaria e conseguiu uma queda seguida de guilhotina a 90 segundos do fim. Porém, o brasileiro defendeu a posição e ficou por cima da meia guarda do americano. O ex-TUF Brasil aplicou fortes marteladas e cotoveladas, jogou o corpanzil sobre o adversário e empatou a luta.

Massaranduba manteve a postura no último round, quando se mostrou inclusive mais ativo que Miller. O brasileiro levou vantagem nas trocas de golpes na média e curta distâncias, usou o thai clinch e desgastou ainda mais o americano. Na marca de 90 segundos para o fim, Massaranduba mandou Miller ao chão e caiu por cima, saindo dali apenas quando a última buzina soou.

O importante triunfo de Massaranduba foi confirmado pelos juízes oficiais, que anotaram um triplo 29-28 a favor do peso leve piauiense.