Empresário de Mark Hunt afirma que atleta está pronto para voltar a lutar

Peso pesado australiano havia sido "congelado" pelo UFC por tempo indeterminado após dar indícios de possível dano cerebral em texto publicado

Hunt pode estar prestes a subir no octógono do UFC novamente. Conforme entrevista de seu empresário Zen Ginnen ao Daily Telegraph – apurada pelo MMA Weekly, o lutador passou por uma bateria de exames que comprovou condição neurológica favorável.

Tudo começou após Hunt dizer publicamente através de um texto que sua memória vinha falhando e que algumas vezes falava enrolado. Diante dessas declarações, o UFC o removeu da revanche contra Fabrício Werdum (originalmente marcada para o Fight Night de Sydney) e decretou o afastamento do lutador por tempo indeterminado.

Na ocasião, o veterano acusou o UFC de removê-lo da luta por conta de uma richa pessoal. O motivo seriam os processos que Hunt move contra a organização e contra o presidente Dana White, ainda decorrentes do incidente envolvendo os exames anti-doping positivos de Brock Lesnar no UFC 200. Dana desmentiu as acusações, dizendo que as principais preocupações eram com a saúde do atleta e argumentando que Hunt já havia lutado algumas vezes após o incidente, recebendo mais de 1 milhão de dólares.

Com ânimos mais calmos, Mark Hunt voltou aos EUA recentemente para fazer todos os exames necessários que garantissem sua volta ao ringue no Centro Lou Ruvo de Saúde Cerebral. De acordo com seu empresário, os resultados foram bons e muito em breve, Hunt poderá voltar aos cages.

“Nós participamos de uma conferência com os médicos nos EUA e eles nos deram boas notícias, então tudo parece positivo.” – disse Ginnen.

“O doutor disse que Mark teve um resultado acima da média e que ele está bom para competir. Agora eles vão ligar para o UFC e avisá-los isso. Só estamos esperando o UFC liberá-lo”

Uma vez que os laudos médicos foram o pré-requisito do UFC para deixar que o “Super Samoano” voltasse a competir, Ginnen diz que Hunt já tem planos para sua próxima luta – retomar de onde parou.

“Nós adoraríamos que o Fabrício (Werdum) fosse o oponente do Mark em Perth (UFC 221). Nós achamos que o Francis Ngannou é o próximo da fila pra lutar pelo cinturão, então nós gostaríamos de enfrentar o Fabrício e ter a esperança de conseguir um title shot no final de 2018″.