Em dia de homenagem a Helio, Kyra Gracie anuncia: “No jiu-jítsu, ninguém mais vai me ver competindo”

A multicampeã de jiu-jítsu Kyra Gracie foi uma das convidadas para a homenagem que o UFC fez para o avô Helio Gracie na sessão de treinos abertos do UFC 179. Apesar de ter aposentado o quimono oficialmente, ela deixou no ar a possibilidade de migrar para o MMA.

O Maracanã, palco da final da Copa do Mundo de 2014, recebeu os principais nomes do card do UFC 179 para a sessão de treinos abertos. Porém, foi uma estrela de outro esporte que deu uma notícia de impacto.

A multicampeã de jiu-jítsu Kyra Gracie foi uma das convidadas para a homenagem que o UFC prestou ao histórico duelo entre Helio Gracie, avô da atleta, e o japonês Masahiko Kimura, que aconteceu atrás de uma das traves do Maracanã, mesmo local onde foi montado o palco para os treinos abertos.

Kyra conversou rapidamente com Lucas Lutkus, repórter do MMA Brasil, e deu uma notícia bombástica:

“Eu tive o neném agora, então tive que deixar de lado, não tem jeito. No jiu-jítsu eu já competi o que tinha para competir, consegui conquistar as minhas metas. No jiu-jítsu, ninguém mais vai me ver competindo.”

Lucas aproveitou a deixa e perguntou sobre uma possível migração para o MMA, assunto que já vem sendo tratado com a lutadora há um tempo. Kyra desconversou:

“Ainda não voltei aos treinos, minha filhinha está com um mês. Devo voltar a treinar só no ano que vem, vou voltar devagar. Eu nunca vou deixar de lado, sempre vou continuar treinando. Sobre o MMA, de alguma maneira eu já estou ali dentro, estou comentando. Mas não tem nada certo. É difícil prever o futuro, mas vamos ver.”

Foto: Carol Correia/De Olho No MMA

  • Leo Corrêa

    é uma pena: vai encher aquele rostinho lindo de cicatriz… =/
    *boa sorte pra ela.