Elizeu Capoeira comemora paternidade e vitória no UFC São Paulo: “Estou cumprindo a minha parte”

Por Matheus Costa | 30/10/2017 23:08

Em ótima fase no UFC, o promissor curitibano Elizeu Capoeira segue estabelecendo seu nome na categoria dos meio-médios. O atleta enfrentou Max Griffin no UFC São Paulo em uma luta bastante movimentada e acabou somando sua quarta vitória consecutiva na organização por decisão unânime. Mas este não foi o único motivo para Elizeu comemorar.

Logo após a luta, o atleta da CM System foi surpreendido por seus treinadores, que lhe passaram a notícia de que a esposa de Elizeu está grávida, que deixou o atleta bastante emocionado e aos prantos de tanta felicidade. Durante a entrevista após a luta, “Capoeira” comentou sobre a surpresa logo após o triunfo e revelou que é a realização de um sonho.

“Eu acho que (a notícia) só aumentou o meu batimento cardíaco de 200 por hora para 400 (risos). Ser pai era um sonho que eu tinha e graças a Deus eu recebi essa notícia com muito carinho dos meus treinadores. Não teve a entrevista no octógono onde eles queriam ter feito a surpresa, mas tá ótimo. Realmente eu não sabia. Eu estou muito feliz, muito feliz mesmo. A vitória é muito importante para mim porque não envolve somente a mim, envolve a minha equipe, minha família, todo o Paraná, todo o Brasil e a minha cidade Francisco Beltrão. Mas pra mim é muito gratificante ser pai, é um sonho realizado”, afirmou Elizeu.

Em uma luta bastante movimentada, Elizeu comentou sobre o cansaço excessivo que Griffin demonstrou nas transições entre os rounds por conta do ritmo do confronto. Questionado sobre se o combate poderia ter sido interrompido, o atleta concordou, mas acabou agradecendo a decisão do árbitro em não ter interrompido pois acabou valorizando o confronto. Além disso, o curitibano revelou uma lesão nas pernas que lhe prejudicou durante o combate.

“Sinceramente, eu acho que até no primeiro round já deveria ter terminado. O juiz prolongou um pouquinho, mas acabou sendo bom porque valorizou mais a luta. Eu tava até conversando com os meus treinadores que eu estava sentindo as minhas pernas por conta dos treinamentos, então eu não conseguia desenvolver bem no segundo rounds. Graças a Deus eu consegui me impor no terceiro round e consegui sair com a vitória”, afirmou.

Sempre com lutas empolgantes, Elizeu afirmou que o seu rendimento nas lutas é o mesmo rendimento nos treinos, já que precisa manter o nível para conseguir treinar em alto nível com seus parceiros de treino em sua academia CM System. Segundo ele, tudo é uma questão de se dedicar para aproveitar as oportunidades, que é o que ele está fazendo.

“Eu acredito que tudo tem sua hora. Eu faço parte de uma equipe onde todos os atletas não são medianos, são atletas bons. Dentro dos treinos eu tenho que me entregar ao máximo para poder dar um treino de qualidade aos meus companheiros e vice-versa. Não tem como a qualidade não ser diferente na luta. Eu faço na luta o que eu faço diariamente nos treinos. Por isso que eu falo que o Sean Shelby precisa abrir o olho com a nossa academia pois temos muitos atletas de qualidade que precisam de oportunidade. A questão é a gente estar se dedicando e tendo oportunidade. Estão me dando a oportunidade e eu estou cumprindo a minha parte”, finalizou.