Eddie Alvarez nocauteia Justin Gaethje em batalha épica no UFC 218

As expectativas para o supercombate entre Eddie Alvarez Justin Gaethje foram correspondidas. Eles se enfrentaram no card principal do UFC 218 e fizeram uma batalha história, recheada de técnica e com grandes momentos. Ex-campeão dos leves, Alvarez teve uma grande performance, limitou os espaços de Gaethje e venceu por nocaute no terceiro round

A luta começou com trocas de chutes baixos. Gaethje entrou com uma boa direita, Alvarez buscou conectar socos rápidos, e Justin soltou bons chutes. Eddie tentou se aproveitar dos chutes de Justin para conectar uppercuts e golpes curvos. As trocas de golpes permaneceram intensas, com os dois se defendendo bem e buscando aplicar o melhor jogo. Alvarez entrou com uma boa direita, Gaethje recuou, mas já respondeu imediatamente. O ex-campeão aumentou as combinações, principalmente terminando com uppercuts, já que tinha a vantagem. Nos segundos finais, Alvarez arriscou um chute após uma cambalhota, imitando o golpe característico de Gaethje.

No segundo round, Gaethje iniciou chutando e Eddie trabalhou a mão direita. Justin ganhou confiança com o trabalho de mãos, passou a atingir o ex-campeão com socos retos e mandava ótimos chutes na perna. Alvarez passou a responder, trabalhando muito bem os ganchos em Gaethje, que reduziu o ritmo, inclusive procurando o clinch em alguns momentos. Eddie atingiu Justin na cintura, que recuou, e voltou a usar os chutes na perna. No final, Justin fez um rolamento e se levantou tomando um chute fortíssimo de Alvarez, que levou uma joelhada em seguida.

Na última parcial, Gaethje voltou melhor e acertou bons chutes em Alvarez. O ex-campeão sentia, chegou a se jogar no chão buscando o solo, mas permaneceu em pé. Os chutes de Justin continuavam fortes, Eddie cansou e passou a usar mais o clinch, onde acertava golpes sem muita pressão. Quando tudo parecia perdido para Alvarez, ele acerta uma forte joelhada no clinch e Justin cai nocauteado, totalmente grogue.

  • Gutierres Nascimento

    Já vi muitas lutas de Alvarez e gaethje, ainda assim os caras me impressionam mostrando o quanto podem ser brutais. Lutaça.