Duda Santana é suspensa por dois anos pela USADA e demitida do UFC

Por Edição MMA Brasil | 21/09/2020 22:22

A brasileira Duda Santana recebeu péssimas notícias. A atleta acabou sendo suspensa por dois anos pela USADA por conta de uma substância proibida acusada em um teste realizado. Como consequência, acabou sendo demitida do UFC.

Duda, conhecida como “Cowboyzinha”, testou positivo para a substância Ligandrol (LGD-4033) em um exame realizado em período fora de competição. Trata-se de um modulador receptor de andrógeno usado para tratamentos de aumento de massa muscular, além de auxiliar na hora de esconder outras substâncias.

Ao site “MMA Fighting”, o empresário da lutadora Alex Davis confirmou o ocorrido com a atleta. Segundo ele, Duda, que tem uma situação financeira ruim, acabou comprando um suplemento de custo reduzido, que estava contaminado com a substância proibida.

“Ela é muito pobre e acabou comprando suplementos de uma fonte não confiável, resultando em outro caso de suplementos contaminados. Nós acreditamos em sua inocência, mas temos que seguir o que foi determinado pela USADA e cumprir a suspensão. Não recorremos. Nós tentamos, mas não conseguimos encontrar a origem do problema porque ela jogou alguns suplementos fora. Ela é muito talentosa e ela vai se recuperar disso. Nós vamos desistir dela”, afirmou.

Atleta da TFT, Duda Santana competiu apenas uma vez no UFC, onde foi derrotada por Bea Malecki via finalização em junho de 2019. Aos 24 anos, a atleta possui um cartel de três vitórias e um revés no MMA.

Foto: Divulgação/UFC