Desmond Green revela chave pra vitória sobre Michel Trator no UFC Belém

Por Gabriel Carvalho | 03/02/2018 15:17

Com a saída do duelo entre John Dodson Pedro Munhoz do card do UFC Fight Night 125, o combate entre Desmond Green Michel Trator, em peso casado de 73kg, ganhou mais evidência no evento, que acontecerá hoje a noite, em Belém.

Em entrevista ao MMA Brasil, Desmond comentou sobre os erros que cometeu na luta contra Rustam Khabilov, em setembro passado, quando acabou derrotado em uma contestada decisão dividida, e promete mais agressividade para o duelo de hoje:

“Foi uma luta apertada, bem questionável, muita gente falou que eu venci, eu acho que venci. O que aprendi daquilo foi que você precisa ser mais agressivo. Quando você não é agressivo, dá chance aos oponentes. Parei a maioria das quedas, deveria ter capitalizado sobre isso. Sei que o Prazeres é um wrestler forte que tentará me colocar pra baixo. Preciso capitalizar nisso, assim que pará-lo, preciso atacar, ser agressivo e tenho certeza que consigo a vitória.”

Wrestler de origem, Green se mostrou um lutador que chega a animar o público em alguns momentos. E ele comentou sobre a vontade de nocautear o paraense Trator, que seria a sua sexta vítima por meio da via rápida e dolorosa, a primeira desde 2016:

“Eu quero nocauteá-lo ou conseguir um nocaute técnico, A chave pra vitória é o striking e mesclando. Sou um wrestler All-American. Uma coisa que preciso fazer é mostrar meu wrestling. Nunca mostrei porque sempre gostei de ficar em pé e trocar socos, e preciso ser esperto, usar todas as minhas habilidades. Meu wrestling é minha melhor arma e vocês verão mais quedas nessa luta.”

Des é famoso por passagem pelo Bellator, onde chegou a competir em um torneio do peso pena. No UFC, ele conseguiu uma vitória sobre Josh Emmett no ano passado, nome que hoje está no top 5 do peso pena. Apesar do sucesso na categoria de baixo, Green descarta totalmente a possibilidade de bater o peso de 66kg novamente:

“Não, nunca. O corte de peso pro peso pena era muito duro. Eu me matava fazendo isso, e uma coisa que aprendi quando mudei para o peso leve era de nunca mais descer. E tive sucesso aqui, ganhei do Emmett que é top 5 do peso pena. Acho que ganhei do Rustam, que é top 15. Eu quero ter sucesso no peso leve, não me vejo baixando pro peso pena a não ser que seja por uma disputa de título.”

O UFC Fight Night 125 será realizado hoje, no Ginásio do Mangueirinho, em Belém, Pará, Brasil.

Editor do MMA Brasil. Fã de esportes em geral, apaixonado pela arte de punhos em rostos alheios. Amante de filmes e música.