Derrota de Zuluzinho e briga entre lutadores marcam o Imortal FC 9

Por Gabriel Carvalho | 03/06/2018 13:52

Imortal FC 9 aconteceu na noite do último sábado (2) no Ginásio Castelinho, em São Luis, Maranhão. O evento marcou o retorno de Wagner da Conceição Martins, o Zuluzinho, que não lutava desde dezembro de 2010.

Filho do famoso Rei Zulu, mestre da luta tarracá e famoso pela rivalidade com Rickson Gracie, Zuluzinho enfrentou o veterano Edvaldo Gameth no confronto principal da noite. Bem mais pesado que o adversário, ele acabou desistindo do combate após o fim do primeiro assalto, depois de tomar diversos chutes na perna. Vale lembrar que Zuluzinho sofre com trombose há anos, e lutou com uma bota de compressão.

 


Outro momento que marcou a noite foi a lamentável briga entre os atletas João Alicate Walter Ayres. O combate estava ainda no primeiro assalto quando o árbitro pausou a luta para chamar o médico, que olharia um corte no supercílio de João. O árbitro deu as costas para os lutadores, Walter iniciou provocações e os dois começaram a se agredir com o combate interrompido. A luta acabou ficando sem resultado.


Um dos destaques positivos da noite foi Monique Bastos. Conhecida nacionalmente por ter dominado um ladrão com um triângulo em 2015, ela enfrentou Conceição Oliveira no evento, e finalizou com uma bela chave de braço ainda no primeiro round de luta.