Depois da luta, Floyd Mayweather elogia Conor McGregor: “Ele meio que me chocou”

Poucos minutos depois de sair do ringue após ter vencido no sábado, Floyd Mayweather demonstrou respeito e admiração pelas habilidades demonstradas por Conor McGregor. “Money” explicou que seu plano de luta era pressionar levar a luta para os últimos rounds, onde McGregor se cansaria, o que acabou se refletindo no combate com o nocaute de Mayweather no 10º round.

“Ele é um ótimo lutador em pé – ele meio que me chocou. Nosso plano de luta era deixar o tempo passar, deixar ele soltar os golpes fortes dele, continuar cansando ele, acertar golpes fortes no corpo e depois acertar golpes em cima. Meu pai achou que iria ser um pouco mais cedo, por volta do sétimo ou sexto. Acabou levando mais tempo do que era esperado, mas fizemos o que falamos que iríamos fazer. Eu falei pra vocês que eu garantia que essa luta não duraria doze rounds. Eu falei que eu iria buscar o nocaute, que eu iria para cima.”

Apesar de tudo ter dado certo para Mayweather, o americano ainda disse que acredita que poderia ter levado a luta ainda mais tranquilamente com uma estratégia diferente, mas que preferiu ser mais ofensivo para compensar o público depois de uma luta não tão animada contra Manny Pacquiao.

“Eu poderia facilmente ter dominado Conor McGregor no boxe, ter contragolpeado ele a noite inteira. Mas não era isso que eu queria fazer, eu queria sair do mundo do boxe com um estrondo. Eu falei para vocês que eu queria ir para cima. Eu sentia que eu devia isso para os fãs depois da luta com Pacquiao, ainda que eu não deva nada para ninguém. Eu botei a pressão em mim mesmo e fiz. Eu falei para vocês que a luta não iria até o final.”

Com 40 anos e com o cartel perfeito de 50-0, Mayweather declarou após a luta estar definitivamente aposentado e explicou as consequências que a idade trouxe para sua preparação para enfrentar Conor McGregor, e como isso o deixou ainda mais determinado a pendurar as luvas.

“No último mês eu não fiz nenhum sparring. Não é nenhuma desculpa. Ele foi lá e lutou uma ótima luta, é um ótimo lutador. Mas eu fui lá para fazer o que eu faço de melhor. Eu queria que as minhas mãos estivessem 100% para a luta. Elas estão bem frágeis, todo mundo sabe disso. Eu queria que as minhas mãos estivessem sólidas quando eu viesse aqui para que quando eu estivesse trocando socos, eu pudesse mandar ele para o chão.”

  • Bruno Coelho

    Não entendi o que ele quis dizer com “[minhas] mãos estão bem frágeis”…

    • Malk Suruhito

      De contar dinheiro manualmente…

      • Diego

        LER

    • Rafael Oreiro

      De tanto boxear e treinar na carreira, é de se esperar que ele tenha algum desgaste nas mãos

      • Bruno Coelho

        Saquei. Muito obrigado. ;)

    • R13

      Ele já quebrou a mão lutando e também sempre reclamava de algum tipo de lesão nas mãos…