Dana White afirma que luta entre Mayweather e McGregor obteve 6,5 milhões de vendas de pay-per-view

Em gravação do Dana White's Tuesday Night Contenders, Dana White revela à Urijah Faber e Snoop Dogg que duelo entre Floyd Mayweather e Conor McGregor obteve o recorde de 6,5 milhões de vendas de pacotes de pay-per-views.

Enquanto se aguarda o número oficial de vendas dos pacotes de pay-per-view para o duelo entre Floyd Mayweather e Conor McGregorDana White revelou uma possível estimativa que, se confirmada, quebrará todos os recordes. Em vídeo publicado por Urijah Faber em seu Instagram, o presidente do UFC revelou que a luta rendeu cerca de 6,5 milhões de vendas de pacotes de pay-per-view. Clique aqui e confira o vídeo.

Embora não se tenha qualquer confirmação oficial até o momento, acredita-se que este número seja totalizando as vendas de pay-per-view ao redor do mundo ao invés de totalizar apenas os pacotes vendidos nos Estados Unidos. De qualquer forma, o número quebraria o atual recorde da luta entre Manny Pacquiao e Floyd Mayweather em 2015, que totalizou 5,5 milhões ao redor do mundo e cerca de 4,6 milhões. Outro recorde estabelecido seria de que a luta seria a maior transmissão da história da indústria de pay-per-views.

Durante a transmissão do evento, milhares de assinantes dos pacotes de pay-per-view e do serviço de streaming UFC Fight Pass relataram problemas para assistir e muitos sequer conseguiram acompanhar o evento, tudo isso por uma sobrecarga no sistema pela quantidade estonteante de compras de pay-per-view, que acabou adiando o início da luta em cerca de 30 minutos. O mesmo problema ocorreu com o combate entre Mayweather e Pacquiao, mas as consequências foram menores. Por conta dos problemas, o UFC afirmou que irá oferecer estorno aos assinantes que tiveram problemas para acompanhar o combate.

O confronto foi realizado no último sábado (24) na T-Mobile Arena em Las Vegas, Nevada, Estados Unidos. Na ocasião, Floyd Mayweather nocauteou Conor McGregor no décimo round e conquistou o “Money Belt”, além de ampliar seu cartel para 50-0 e anunciar sua aposentadoria do boxe. Clique aqui e confira a análise do combate.