Cynthia Calvillo leva seis meses de suspensão após doping por maconha

Por Gabriel Carvalho | 07/03/2018 19:21

A lutadora americana Cynthia Calvillo teve a sua suspensão anunciada nesta quarta-feira. A atleta do peso palha tinha sido pega em um exame anti-doping por uso do metabólico tetraidrocanabinol, principal substância psicoativa encontrada na maconha. Calvillo recebeu um gancho de seis meses sem lutar. A pena pode cair para três caso ela participe de um programa da USADA (Agência Anti-Doping dos Estados Unidos).

Na ocasião, Cynthia enfrentou a ex-campeã Carla Esparza no UFC 219, onde perdeu o combate por decisão dividida, e caiu em um exame realizado após a luta. O UFC foi notificado da violação de Calvillo no dia 17 de janeiro.

Ela também será julgada pela Comissão Atlética do Estado de Nevada, que pode impor penas maiores para a atleta, mas o mais provável é que ela recebe uma pena semelhante a imposta pela USADA, apenas com a necessidade de fazer novos exames anti-doping caso queira lutar no estado novamente.

Editor do MMA Brasil. Fã de esportes em geral, apaixonado pela arte de punhos em rostos alheios. Amante de filmes e música.