UFC assina com três lutadores na Semana 1 do Contender Series 2020

Por Idonaldo Filho | 04/08/2020 21:04

O Contender Series retornou nessa terça-feira (04) para sua quarta temporada, dando o pontapé inicial ao evento que busca revelar talentos para o UFC. Os lutadores lutaram na frente de Dana White e os dois matchmakers Sean Shelby e Mick Maynard, com o objetivo de ter bons desempenhos e conseguir um contrato com o líder do mercado.

Na Semana 1 tivemos uma luta a menos do que de costume, devido a Demonte Robinson não ter conseguido a liberação médica para competir a tempo, deixando a luta contra Kenny Cross. O duelo que abriu a noite foi entre Jose Flores, que irá pela segunda vez no evento, e Jordan Leavitt na categoria dos leves. Leavitt venceu o duelo de forma unilateral, dominando no grappling e obtendo um katagatame.

Também no evento tivemos o retorno de Dustin Jacoby, ex-lutador do UFC e que busca retornar a organização após passagem pelo Glory. O oponente de Jacoby foi o também americano Ty Flores. Jacoby foi muito melhor em pé, obtendo vitória clara nos dois primeiros rounds e quase conseguindo o nocaute em várias oportunidades.

Outro desempenho animador foi do sérvio Uros Medic. Treinando no Alasca, Medic machucou Mikey Gonzalez em várias oportunidades com chutes no corpo, atordoando o oponente com um deles e definindo o combate no ground and pound.

No final do evento, Dana decidiu dar contratos para Jordan Leavitt, Uros Medic e Dustin Jacoby.

Contender Series 2020: Semana 1

Peso meio-pesado: Dustin Jacoby venceu Ty Flores na decisão unânime (30-26, 29-27, 29-27)
Peso leve: Uros Medic venceu Mikey Gonzalez por nocaute técnico (chute e socos) aos 2:12 do primeiro round
Peso mosca: Jerome Rivera venceu Luis Rodriguez na decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Peso leve: Jordan Leavitt venceu Luke Flores por finalização (katagatame) aos 4:15 do primeiro round