Conheça a Rádio MMA Brasil, com entrevistas especiais e notícias sobre o mundo das lutas

Programa piloto da nova atração traz entrevista com líder do wrestling nacional, análise das principais notícias do mundo do MMA e as últimas lutas anunciadas para o UFC.

A equipe do MMA Brasil tem a felicidade de apresentar uma nova atração: a Rádio MMA Brasil, um projeto antigo da equipe que até já foi muitas vezes pedido pelos ouvintes do nosso podcast.

O novo projeto é dividido em três blocos. O primeiro, com 25 minutos de duração, sempre trará uma entrevista especial com alguém ligado ao mundo das lutas. O segundo, também com 25 minutos, traz à discussão as principais notícias da semana. Fechando o programa, uma pequena prévia do que virá pela frente e a lista das últimas lutas anunciadas para o UFC.

Este programa inicial é o episódio piloto da Rádio MMA Brasil, ou seja, serve para apresentar o novo produto para o público. Os demais episódios poderão sofrer alterações, uma delas inclusive já está definida: uma nova edição do programa estará disponível no site nas manhãs de sexta-feira. O piloto foi apresentado por Alexandre Matos e Renata Aymoré, mas os programas futuros podem contar com um revezamento entre integrantes da equipe e até mesmo serem apresentados em trio.

To wrestle is to be human: Lutar é ser humanoA entrevista do episódio piloto da Rádio MMA Brasil aproveitou a nomeação do wrestling como um dos três finalistas para fechar o programa olímpico dos Jogos de 2020. Nosso convidado é Pedro Gama Filho, presidente da confederação brasileira da modalidade e primeiro sul-americano nomeado membro do Bureau da FILA.

O dirigente explicou o papel do Bureau nas decisões da FILA, falou sobre a pressão que seu esporte está sofrendo, as mudanças já executadas e as que ainda estão em planejamento para deixar a luta olímpica mais atrativa – incluindo uma maior aproximação com o MMA -, o problema do estilo greco-romano, além da expectativa para o futuro, inclusive cogitando a possibilidade de o wrestling deixar de ser esporte olímpico caso perca a disputa em setembro para o beisebol/softbol ou o squash. Como muito bem reforça uma das campanhas da FILA, lutar é ser humano.

O segundo bloco debateu seis importantes notícias que agitaram o mundo do MMA na última semana: a aposentadoria de Forrest Griffin; sua inclusão no Hall da Fama do UFC, em parceria com Stephan Bonnar; a mudança nas regras de controle antidoping referentes ao uso de maconha; as três lutas oficializadas para o card do UFC Rio 4; Ronda Rousey e Miesha Tate no TUF 18 e a reestreia de Josh Barnett, que enfrentará Frank Mir no UFC 164.

A última parte do programa foi reservada para enumerar as lutas que foram anunciadas para diversas edições do UFC até o final de agosto. Os apresentadores apontaram quais lutas eles mais aguardam com ansiedade e se alguma delas não lhes tira o sono.

A ideia da Rádio MMA Brasil é, com a evolução, tornar-se um programa ao vivo, com participação dos leitores/ouvintes. Para que isto seja possível, a equipe precisa do retorno de vocês, ou seja, precisamos saber as suas impressões sobre o que deu certo e o que deu errado no piloto. E, claro, contamos com a sempre importante participação na caixinha de comentários, para que o debate iniciado no programa não se encerre após os quase sessenta minutos de duração.

 

Tem talento como designer e quer colaborar com o MMA Brasil? Que tal criar um logo para a Rádio MMA Brasil? Entre em contato conosco para apresentar suas ideias! Selecionaremos as três melhores para que os próprios leitores escolham a vencedora.

  • Daniel

    Ai, sim!!! rsrs

    Gostei muito da ideia e da execução.

    Só incluiria um pouco de sonoplastia para ficar com cara de rádio mesmo e ficar mais dinâmico.

    No mais tá ótimo, só fica na expectativa de vê-los no tubo.

    • Vai rolar sonoplastia, com certeza. Já estou vendo isso. É que eu não tenho a menor intimidade com o assunto, então preciso de ajuda.

  • Suruhito

    Grande Alexandre, sempre se superando!

    E o Podcast? Continua ou isso vem em substituto?

  • Victor C

    Excelente iniciativa! Fico feliz de ver o site crescendo e mantendo a qualidade e cuidado no conteúdo oferecido ao público! Parabéns para toda equipe!

  • Brilhante iniciativa Alexandre. O MMA Brasil dá gosto de ver: site muito dinâmico, cheio de projetos novos, muito bom mesmo. Se possível, dê uma moral pra um projeto meu e de um amigo: um podcast sobre o Flamengo (http://www.noticiasfla.com.br/2013/06/podcast-da-nacao-03-cesta-de-tres-do-renato-we-need-maraca.html). A gente tá fazendo sempre depois dos jogos do Flamengo no Brasileiro. Se puder, escute e comente. Sua opinião é muito importante pra nós. Abraço

  • Carlos Felix

    Muito massa!! Valeu Alexandre e Renata, programa sensacional.

    Concordo que o Bonnar não está no nível do Forrest e dos outros integrantes do Hall. Mas o White já declarou várias vezes que o UFC existe hoje pelo quebra-pau que os dois protagonizaram no TUF 1.

    Acho que ele entra no Hall da fama pelos mesmos critérios que o Charles Lewis entrou: pela ajuda que deu ao esporte.

  • Raphael

    Alexandre,
    É possível colaborar financeiramente com o site, a título de assinatura ou algo do gênero?
    Particularmente, eu acho que o jornalismo do MMA Brasil é um dos melhores textos opinativos do Brasil, e não seria absurdo remunerar esse textos de alguma forma.

    • Até existe através de vários tipos de patrocínios e anúncios, mas NUNCA cobrando absolutamente nada de vocês leitores. A visita de vocês, o tempo que gastam aqui e o retorno já é tudo o que eu posso querer de vocês. O MMA Brasil nasceu gratuito e assim vai até o fim dos dias.

      • Jonatas

        Alexandre, pq vc não vende produtos voltados pra mma no seu site como camisas, bonecos dos lutadores, shorts de thay..etc.
        com o logo do mma Brasil faça produtos como caneca, camisa etc…acho q seria legal p nós fãs do site ajudar vc financeiramente, o trabalho q vc faz é muito bom e um retorno financeiro melhor poderia te dar condições de gerar mais conteúdo e assim todo mundo sairia ganhando, grande abraço…

        • Cara, já pensei muito nisso. Na verdade, penso até hoje. Já fui sócio de uma loja online de suplementos alimentares, isso dá um trabalho do cacete, praticamente toma o dia todo para você ter um negócio direito. Sem contar no custo inicial.
          .
          Para fazer um negócio pequeno aqui no site, que não seja o negócio central, seria uma opção. Vou continuar pensando a respeito. Quem sabe…

  • Bruno Sader

    Olha a minha ideia de programa a cada 2 dias pra salvar o transito de São Paulo virando realidade!

    • Hehehehehe

      Não vamos chegar a tanto, mas pelo menos vamos tentar umas 3-4 horas de conteúdo por semana.

  • TK

    Opa!
    Muito bom mesmo, parabéns pela nova iniciativa.
    Um pouco mais formal que o Podcast, mas muito bom também.

  • Pablo

    Ai sim fomos surpreendidos, parabéns Alexandre pela iniciativa!

  • Bem legal o formato, achei que a qualidade da captação de som ficou bem melhor que a média dos podcasts. (sei que os podcasts tem agravantes, como cada um gravar de um local diferente, equipamentos diferentes, conexões de internet, etc).

    A parte de sonoplastia, trilha sei que é muito trabalhosa para um programa com periodicidade semanal. Não que esse programa tenha tido muito disso, mas a minha principal dica é retirar “espaços em branco”. As vezes, quando alguém vai começar a falar, ou quando está trabalhando o raciocínio demora um pouco, mas quando fica aquele total silêncio, incomoda um pouco, cortando ele, dá mais dinamismo.

    Parabéns a todos envolvidos pela nova empreitada!

  • Marco Matos

    Parabéns incrível, sei que é só o começo mas ficou muito massa, sempre é uma prazer ter opiniões sobre o MMA principalmente sendo vários assuntos extra octógonos.
    Pegando as manhas com o tempo ficara muito mais parecido com radio, mas conteúdo é conteúdo, sonoplastia e edição são detalhes que com o tempo vão ser resolvidos.

    Que sejam bem remunerados com muitos acessos.

    • Nossa aposta sempre é conteúdo de qualidade, mas vamos investir também na forma do programa.

  • Paulo

    Que demais! Mma-Brasil sempre inovando!

    Sobre os maiores lutadores de chão da história dos pesados, não podemos esquecer o grande Napão.

    • Não falamos do histórico no jiu-jítsu e sim no MMA. O jiu-jítsu do Napão é de primeira, mas faltam vitórias do nível que Minotauro, Werdum, Barnett e Mir já conseguiram. Werdum finalizou o Fedor, Mir finalizou Minotauro, Rodrigo finalizou Hendo, foi o único que finalizou o Cro Cop, Barnett pegou meio mundo. As melhores vitórias por finalização do Napão foram sobre o Carmelo Marrero e Big Ben Rothwell.

  • Thales Diniz

    Amarradão nesse novo projeto. Baixei para conferir!

  • Sméagol

    Ótima iniciativa! Tenho uma sugestão: que tal separar um bloco pra responder perguntas enviadas pelos leitores? Como o podcast por si só já é beeem longo, acho que esse novo formato seria mais interessante pra abordar questões mais “avulsas”…

  • Luca

    Ótima iniciativa,tomara q a rádio mma-brasil vingue e consiga ser ao vivo.