Com grandes nomes do jiu-jítsu, BJJ Stars termina em briga generalizada

Por Rodrigo Rojas | 25/02/2019 01:44

No último sábado (23), o Clube Hebraica, em São Paulo, recebeu o BJJ Stars, evento que contou com lendas do jiu-jítsu como Fernando Tererê, Wellington Megaton e Roberto Godói, além de grandes competidores, como Marcus Buchecha, Leandro Lo e Felipe Preguiça, entre outros.

Na principal atração da noite, o campeão do ADCC Felipe “Preguiça” Pena enfrentava o polêmico Erberth Santos, até que uma aparente lesão no joelho causada por uma tentativa de raspagem de Preguiça parou a luta. Sentado na beira do tatame, Erberth – reagindo à provocações do público – saiu correndo em direção à equipe do adversário, derrubando membros da plateia. Após ser contido, ele novamente tentou agredir um membro da equipe de Pena e acabou sendo atingido por chutes e socos. Ao final da confusão, Felipe Pena acabou levando a vitória por desqualificação.

A luta coprincipal foi disputada entre Marcus “Buchecha” Almeida, considerado um dos maiores competidores de jiu-jítsu da atualidade, e João Gabriel Rocha. Após uma luta bastante movimentada, Rocha conquistou a vitória com 3 vantagens.

Além disso, o ascendente Nicholas Meregali enfrentou Leandro Lo em um duelo entre campeões mundiais da IBJJF. Meregali, que atingiu a faixa preta há apenas dois anos, venceu a luta após pegar as costas do adversário e conquistar 4 pontos.

Por fim, em duelo de grandes veteranos da arte-suave, o líder da paulistana Barbosa Jiu-Jitsu, Marco Barbosa, voltou ao tatame depois de um longo período de inatividade para enfrentar outra grande estrela, o campeão mundial master Wellington “Megaton” Dias. Os atletas já haviam se enfrentado duas vezes em campeonatos mundiais, com uma vitória para cada lado. E quem se saiu melhor na trilogia entre dois craques do judô e jiu-jitsu foi Barbosinha, com uma vitória por duas punições, encerrando uma longa sequência de invencibilidade do pai de Mackenzie Dern.

Resultados completos das super lutas do BJJ Stars:

Felipe “Preguiça” Pena venceu Erberth Santos por desclassificação
João Gabriel Rocha venceu Marcus “Buchecha” Almeida por 3 a 0 nas vantagens
Nicholas Meregali venceu Leandro Lo por 4 a 0 nos pontos
Roberto Godói venceu Renato “Babalu” Sobral por 2 a 0 nos pontos
Marco “Barbosinha” Barbosa venceu Wellington “Megaton” Dias por 2 a 0 nas punições
Isaque Bahiense venceu DJ Jackson por decisão dos juízes
Patrick Gaudio venceu Tim Spriggs por 14 a 2 nos pontos
Delso “Pé de Chumbo” venceu Fernando Tererê com um estrangulamento
Gabriel Rollo venceu Celso Venícius por 3 a 2 nas vantagens
Bianca Basilio venceu Michelle Nicolini por 9 a 2 nos pontos
Ricardo Rocha venceu Carlos da Silva com uma chave de braço