Colby Covington acha fácil nocautear Demian Maia e planeja submissão

Colby Covington pode dar um grande passo na carreira no próximo sábado. Ele veio até o Brasil para encarar o ex-desafiante ao cinturão Demian Maia na luta coprincipal do UFC São Paulo.

Em entrevista ao MMA Brasil, Covington comentou sobre o papel de heel que vem fazendo no MMA, algo adaptado dos personagens de telecatch, e sobre os comentários que vem fazendo sobre Demian e a cidade de São Paulo:

“Com certeza. Desde o começo falei que eles precisam separar os lenços da Kleenex para sábado a noite e eles vão me odiar de qualquer jeito, por que não dar mais motivos para eles me odiarem?”

Vencedor de sete de oito lutas feitas no UFC, Colby também comentou sobre o embate entre Demian e o campeão da divisão Tyron Woodley. Ele comentou que tem a luta de julho como base e acredita que é fácil nocautear o brasileiro, buscando vencer o especialista em jiu-jítsu por submissão:

“Sim, tenho isso como base, eu vou chocar o mundo, é muito fácil nocautear o Demian Maia. Entrarei lá e vencerei o Demian por submissão”.

Demian já mostrou alguns problemas na troca de golpes, perdendo para atletas como Anderson Silva, Rory MacDonald e Nate Marquardt, mas Covington cravou que quer se desafiar, evitando a luta em pé e inclusive citando a finalização que pretende aplicar no paulistano:

“Tem a possibilidade de eu vencer a luta por nocaute, ele não tem chances de trocar comigo, não seria nem competitivo se ele trocasse socos comigo, eu quero me desafiar, vou lá e vencê-lo por submissão, provavelmente por gravata peruana”.

No dia 16 de dezembro, Robbie Lawler e Rafael dos Anjos se enfrentarão na luta principal do UFC On FOX 26 e o vencedor pode se aproximar de lutar contra o campeão dos meios-médios Tyron Woodley. Colby acredita que ambos já passaram do auge e ele é parte da nova geração, e que deve disputar o título após vitória sobre Maia:

“Eu sou o próximo pela disputa de cinturão, Robbie Lawler é velho, passou o tempo dele. RDA também passou o tempo, eles estão decadentes, são velhos. Sou sangue novo, eles querem alguém que destronem o Tyron Woodley, eu sou esse cara”.

Mesmo sem ter conquistado o cinturão do peso meio-médio, Colby já mira voos mais altos, inclusive comentando sobre subidas e títulos em múltiplas divisões de peso:

“Quero dois ou três títulos, talvez quatro. Quero subir pro meio-pesado e bater no DC”.

O UFC Fight Night 119 acontecerá no próximo sábado, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

  • Matheus V.

    Não vejo toda essa trocação no Covington para ter um feito como o do Woodley de contragolpear a luta toda, mas que é favorito é. Tô curioso justamente pq eu acho que ele vai tentar amassar o Demian e daí pode ficar interessante.

  • Caio Abreu

    kkkkkkkkkkkk quero subir pros meio-pesados e bater o DC.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Espero que não casem uma luta dele com o Kevin Lee pois seria a coisa mais insuportável os dois tentando vender a luta…

  • Fannine

    Demian é duríssimo, tanto no queixo quanto no chão… Aliás, o chão de Demian é algo que nem precisar comentar mais… Se ele quiser vencer, vai ter uma noite bem longaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

  • Luis Coppola

    De duas, uma: Ou tá numa pedra violenta, ou é caso de hospício mesmo..