Carla Esparza tira invencibilidade de Cynthia Calvillo na decisão no UFC 219

A invencibilidade de Cynthia Calvillo no MMA foi encerrada no UFC 219. Em duelo contra a ex-campeã da categoria Carla Esparza, Cynthia chegou a fazer um ótimo primeiro round e foi bem no segundo, mas viu o ritmo de Esparza aumentar no terceiro e ser derrotada em uma controversa decisão unânime para a ex-campeã da divisão.

A luta começou com Esparza tomando iniciativa e mandando socos sobre Calvillo. Cynthia acertou o tempo e colocou Carla no chão com uma ótima queda. Calvillo controlou bem a ex-campeã, que chegou a tentar uma chave de braço, bem defendida por Cyn, que avançou até a posição de 100kg. Calvillo conseguiu montar, atingiu Carla, chegou a tentar uma finalização, mas deu espaço para “Cookie Monster” retornar por cima.

Depois de um minuto de descanso, a luta retornou com as duas na troca de golpes, com bastante busca por distância. Esparza era quem se movimentava mais, enquanto Calvillo aproveitava todas as tentativas de Carla de encurtar a distância para golpear. Esparza conseguiu uma queda, mas Cynthia rapidamente voltou de pé.

No terceiro assalto, Calvillo colocou a luta na grade por alguns instantes, mas elas rapidamente retornaram ao centro. Esparza tentava se aproximar com chutes baixos e jabs, As aproximações de Carla eram respondidas bem por Calvillo, a ex-campeã chegou a tentar uma queda, sem sucesso. Os segundos finais de combate foram animados, com Esparza partindo pra cima com tudo usando socos.

  • Marcos E

    Achei a decisão dos juízes equivocada. Os dois primeiros rounds foram da Calvillo.

  • Orato

    Ninguém entendeu o resultado dos juízes. O pessoal especializado (comentaristas) da TV Combate já tinham anunciado a vitória da Calvilho (vitória que todo mundo viu, menos os juízes) e foi uma surpesa geral. A própria Calvillo vibrava com o resultado e se preparava para comemorar, quando foi duramente “golpeada” pelos juízes. Vai entender…