Canelo Álvarez vs Billy Joe Saunders confirmada para maio

Por Israel Silveira | 03/03/2021 18:00

Canelo Álvarez teve uma vitória tranquila contra seu terrível adversário Avni Yildirim e defendeu seus cinturões da WBA e WBC dos super-médios (76,2 Kg). Com a vitória, Canelo confirmou a luta de unificação pré-marcada contra Billy Joe Saunders no dia 8 de maio. O promotor Eddie Hearn anunciou a luta logo após a vitória de Álvarez. O combate ainda não tem local definido.

Canelo (55-1-2, 37 KOs) fez o que se esperava dele e destruiu Avni Yildirim em três rounds, levando o turco a desistir no intervalo entre o terceiro e quarto assalto. A verdade é que Yildirim estava muitos patamares abaixo de Álvarez e essa luta nunca deveria ter acontecido. No entanto Yildirim era o desafiante obrigatório de Canelo, mesmo que ninguém saiba como ele conseguiu esse combate. O mexicano, que pretende unificar todos os quatro principais cinturões dos super-médios, recém capturou os títulos da WBA e WBC em sua vitória contra Callum Smith e já declarou que pretende unificar a divisão ainda em 2021. O próximo passo é Billy Joe Saunders, que detém o cinturão da WBO.

Billy Joe Saunders (30-0, 14 KOs) detém o cinturão da WBO desde 2019 e o defendeu somente em duas oportunidades, tanto por conta de sucessivas lesões, quanto por causa da pandemia do novo coronavirus. Saunders é um ótimo boxeador, com muita habilidade e gás. Muitos o veem como o adversário mais complexo para Canelo na divisão de 76 Kg, dada sua habilidade no controle do ringue e experiência. No entanto, sua falta de punch claramente será um problema tendo em vista que o adversário tem um dos melhores queixos de todo o boxe e não o respeitará em nenhum momento no combate.

O combate é mais uma tradicional luta de Canelo Álvarez no feriado mexicano de 5 de maio. A luta provavelmente acontecerá no Cowboys Stadium, no Texas, para que seja possível presença de público. A luta será transmitida para o mundo com exclusividade do DAZN, com quem Canelo rompeu ano passado, mas continua fazendo  bons negócios.

Foto: Isaac Brekken/AP