Canelo Álvarez e Gennady Golovkin travam batalha épica com empate controverso e pedem revanche

Disputa do título linear do peso médio acaba com um dos placares mais absurdos da história após duelo eletrizante. Estimativa de sucesso comercial deixa aberta a possibilidade de revanche imediata.

Às vezes os fãs esperam muito por uma luta e, quando ela finalmente acontece, não atende às enormes expectativas. Não foi o caso deste sábado. Na T-Mobile Arena lotada por 22.358 torcedores, em Las Vegas, Canelo Álvarez e Gennady Golovkin fizeram um duelo memorável, com direito a barbeiragem épica dos juízes e cenário aberto para uma muito bem-vinda revanche – pena que da pior forma possível.

Se não chegou a ser uma reedição de Marvin Haegler contra Thomas Hearns, a luta de ontem teve todos os ingredientes de uma candidata a melhor do ano: técnica, ferocidade, nervosismo e bons planos táticos. Canelo mostrou respeito algum pelo campeão linear do peso médio no começo do combate. O latino adotou uma postura agressiva para tentar deixar o cazaque desconfortável. Com uma interessante mistura de socos na cabeça e na linha de cintura, Canelo foi impulsionado pelos gritos iniciais da fanática torcida mexicana e abriu vantagem de 20-18, embora GGG tivesse se mantido competitivo.

O cenário mudou a partir do terceiro assalto. Talvez por perceber que os golpes de Canelo não causariam problemas maiores que os de Daniel Jacobs ou David Lemieux, Golovkin finalmente desabrochou. A torcida americana emparelhou com a mexicana aos gritos de “Triple G! Triple G!” e o cazaque tomou conta das ações especialmente vencendo a batalha dos jabs – a diferença de potência era nítida.

No quarto round, Canelo adotou uma postura que em nada o ajudou. O mexicano se deixou encurralar nas cordas e atraiu o matador europeu. GGG acertou alguns bons golpes, mas não se expôs em busca do nocaute. Ainda assim, o quinto assalto mostrou uma bela pancadaria. Depois de levar esporro do técnico Eddie Reynoso, Álvarez passou a se movimentar mais, mas seguiu sendo caçado por Golovkin e diminuiu a taxa de contragolpes.

Golovkin venceu todos os assaltos do terceiro ao nono. No décimo, Canelo pisou no acelerador, como havíamos previsto. O duelo tomou contornos dramáticos, com direito a pancadaria no centro do ringue, deixando o público na arena de pé. No último round, Canelo conectou um combo de quatro socos que teria derrubado praticamente qualquer peso médio, mas o queixo de pedra de Golovkin permitiu que o campeão avançasse como um touro para cima dos socos disparados pelo desafiante. Um desfecho sensacional.

Infelizmente o mesmo não se pode dizer do corpo de juízes. Dave Moretti marcou 115-113 a favor de Golovkin, mesmo placar anotado pelo MMA Brasil na primeira instância – ao rever a luta, ampliei para 116-112. Porém, Don Trella forçou a barra com um empate em 114 pontos. Pior fez Adalaide Byrd – como não? – que pontuou um pornográfico 118-110 a favor do mexicano. Na visão de Byrd, Golovkin venceu apenas o quarto e o sétimo rounds.

A atuação da juíza, uma das piores do boxe e do MMA, deixou até Bob Bennett, diretor executivo da Comissão Atlética de Nevada, desconfortável. Após a leitura das papeletas, Bennett se dirigiu ao ringue – algo raro de acontecer – para dar uma satisfação à imprensa.

“Infelizmente, Adalaide foi um tanto exagerada. Eu não estou dando nenhuma desculpa, acho que ela é uma juíza fantástica, mas em qualquer profissão às vezes você tem um dia ruim. Ela viu a luta de modo diferente. Acontece.”

Com Adalaide Byrd, acontece demais.

Estimativas apontam para um sucesso comercial da luta, com mais de dois milhões de pacotes de pay-per-view vendidos e a terceira maior renda da história, superando a barreira dos US$30 milhões. Com o empate – controverso ou não – abre-se uma possibilidade concreta para uma revanche imediata. Diante do atual cenário do peso médio, é o melhor a ser feito.

  • Malk Suruhito

    Preciso ver (a cerva me derrubou ontem). O pior que é o segunda coisa que mais aparece sobre a luta de ontem é “Who is Adalaide Byrd?”.

    • Malk Suruhito

      Venho aqui só deixar meu ponto de insatisfação com o MMABr: depois que vc´s me acenderam o interesse pela Nobre Arte, dói tanto ver aquele monte de hail mary’s jogados ao vento no MMA.
      Ignorance is Bliss

      • Bruno Fares

        hahahahaha melhor comentário

  • Carlos Ximenes

    Eu também vi empate, na minha contagem GGG liderava por 4 pontos, e justamente nos últimos rounds que Canelo acordou. O 118-110 foi simplesmente ridículo. Enfim, bom para nós que veremos uma revanche(e quem sabe uma trilogia no futuro?, sonhar não custa nada kk)

    • Você deu do 9º ao 12º pro Canelo?

      • Carlos Ximenes

        Sim, pode ter sido o sono também kk

  • Vinicius Maia

    Ontem tinha chegado em casa tarde depois de ver o excelente filme IT e quando liguei a TV já tinha perdido os dois primeiros rounds da peleja. Inicialmente tinha marcado a luta pro Canelo. Tinha marcado o 3 4 5 11 e 12 pro Canelo e 6 7 8 9 10 pro GGG. Os dois primeiros eu não vi e como na minha transmissão tinha falado que quem ganhou foi o Canelo achei ele tinha levado. Hoje com calma revi a luta marquei o GGG. Mesmo assim um lutão. Mesmo assim vou ver vidrado a revanche que tem tudo pra ser sensacional.
    E que homem o GGG, PQP, que queixo de titânio.

    • Golovkin levou uma bazuca que teria derrubado todo mundo, menos ele.

      • Vinicius Maia

        E os Upper. Ta doido. O cara parecia nem sentir. Só acusou um pouco os golpes na linha de cintura. Cê é louco, parecia um T-800 kkkk.
        Eu tava vendo a luta e pensando depois da anarquia do R12 que tinha gente querendo casar GGG ou Canelo com Mc Gregor depois do Floyd kkkkkkk

        • Franklin Stein

          Impressionante é q em vários socos a cabeça do GGG nem balançava, parecia q o Canelo tava acertando uma parede!

          • Vinicius Maia

            kkkkkkkkkkkkkkkkk Caralho pior que é kkk. Maluco é grosso demais kkk

  • Marcos E

    “Como não” virou sobrenome de Adelaide Byrd! Heheheee

  • Reynaldo Junior

    que luta epica mais continuo achando ggg um boxer apenas nocauteador,o cara pra boxear feio ,parece um demente se movimentando pelo ring

    • GGG parece um demente se movimentando pelo ringue?

      • Reynaldo Junior

        plasticamente,é horrivel ,ele é um otimo pugilista,mais ao meu ver longe de toda essa hype,vejo canelo vencedo a revanche.alias a galera não reclamou tanto quando jacobs ganhou do ggg e foi garfado

    • David

      kkkk acho que o que vc quer dizer é que ele não é ágil ou anda plasticamente pelo ring (desengonçado), mas em quesito de se movimentar no ring, ele é muito bom

  • Diego

    Vou apenas palpitar aqui, até por que acompanho boxe faz pouco tempo (por incentivo do próprio site), mas aquele 3º assalto não dá margem para interpretações?

    Achei os rounds mais claros os 2 primeiros e os 2 últimos pro canelo e do 5º ao 9º pro ggg.
    NO demais, que luta sensacional. Queria ver uma revanche.

    Abraço.

    • Eu pontuei o R3 relativamente tranquilo pro Golovkin. Vou rever.

      • Danilo Lopes

        Eu tenho dúvidas sobre o round 3. Acho duro de marcar.

  • Bruno Coelho

    Bem, na minha opinião, o empate só gerou polêmica por causa da pontuação absurda da tia aquela… Se todos os árbitros apontassem scores mais “equilibrados” não haveria tanta polêmica, apesar de que muitos pudessem enxergar – como de fato enxergaram – vitória para GGG.
    A luta foi do caralho! Ver dois lutadores geniais, como dizem os mexicanos, “partiéndose la madre” por 12 rounds foi umas melhores coisas que vi nos últimos tempos.
    Me surpreendeu muito a lentidão e o queixo de titânio do GGG. Como acompanho boxe há pouco, fiquei com a impressão de que ou o Canelo é muito rápido ou o GGG é muito lento. Embora o cazaque tenha levado umas boas traulitadas de olho aberto e sem bambear, acho que se o Canelo apertasse desde o começo poderia levar a luta, não facilmente, mas poderia sair com a vitória. (E que agonia ouvir o córner dizer uma coisa e o Canelo entrar lá e fazer outra diferente…).

    Ainda sobre a polêmica: todos saem ganhando. Haverá revanche, os lutadores vão embolsar outros milhões, mais gente vai ficar interessada pelo boxe. Não sei vocês, mas eu estou extasiado com a “comoção pugilística” pós May-Mac. Ver os lutadores de MMA soltando tuítes, ver o Joe Rogan dando pitaco, o Dana recomendando a luta… muito legal isso!

    • GGG não é muito lento, o Canelo que é mais rápido que os adversários dele.

      Essa parada de confiar no queixo absurdo um dia vai deixar o Golovkin na mão.

      Sobre a polêmica, todos saem ganhando, menos o boxe. Como eu disse ali em cima, não precisava disso pra justificar uma revanche.

  • André Guilherme Oliveira

    Adalaide Byrd conseguiu o inimaginável, passou o Cecil Peoples em marcações mais bizarras dos esportes de combate.

    Grande luta, uma aula, pena que os juízes marcaram a luta pelo grito da torcida e não pela peleja que acontecia. Ansioso pela revanche.

    • Vinicius Maia

      E eu achando Sal d’amato ruim.

      • Tem um batalhão deles.

        • Malk Suruhito

          Foi o Sal D’Amato que vc comentou uma vez que tinha alguma rixa com um treinador, naquele duelo do Iaquinta x Masvidal?
          Se for, ao menos a Adalaide só é ruim mesmo e não age por questões pessoais…

      • William Oliveira

        Briga boa pra ver quem faz mais merda..

    • O pior é que nem precisava de patetada de juiz pra justificar uma revanche.

  • Malk Suruhito
  • Thiago Kuhl
  • Marcos Henrique Lira

    Sou leigo no boxe. Mas gostei de mais nessa luta. Nunca vi um mexicano ruivo kkkk….mas enfim. GGG é sinistro, anda pra frente o tempo todo, é muito técnico e agressivo. O mexicano um excelente lutador. Talvez tenha sido a luta mais difícil do cazaque e creio q ele venceu por pouco.
    Porém um revanche será muito bem vinda, vou ficar na expectativa. E creio q essa segunda luta será ainda melhor q a primeira.

  • James sousa

    Revanche e o mais correto a ser feito, Adelaide aprontando das suas

  • Luca

    Sou contra dizer que uma luta foi roubada sem provas concretas, mas essa foi no minimo suspeita, incompetência tem limite.

  • Carlos Felix

    A pontuação absurda da juíza Adalaide está rendendo. A imprensa americana só não chama ela de santa..

    Golovkin, maior e mais forte, se impôs fisicamente enquanto Canelo abusava de movimentação e velocidade. Só espero que a revanche não demore a acontecer. São 8 anos de diferença, Golovkin está com 35.. a idade pode começar a fazer diferença.

  • Weslei Alvarenga

    Confesso que parei de analisar a luta sobreamente a partir do 3R, não deu gente, que lutão foi esse.

    E parece que esse pessoal da comissão não tem a mínima noção de escalar árbitros laterais, eles não olham o histórico deles ??? Se tivesse um profissional capacitado pelo menos.

    Teve rounds que foi muito complicado pontuar, vitoria do GGG ou empate são resultados plausíveis, e concorda do com o texto, mesmo com o resultado absurdo essa revanche é muito bem vinda.

  • R13

    Que luta! O que mais me surpreendeu foi o Canelo, achei que ele não iria aguentar, mas mostrou que evoluiu bastante, se movimentou bem, não sofreu nenhum aperto e acertou golpes limpos que deitariam 99% dos outros lutadores, mas o queixo do GGG é bruto.
    Uma pena ter acontecido essa polêmica, talvez seja o big drama show que o GGG tanto curte kkkk. Agora é esperarmos por uma revanche em breve.

  • Danilo Lopes

    Me surpreendeu a imprensa americana ter ficado tão revoltada com o empate. Eu vi a luta 3 vezes e em duas marquei canelo e em uma empate. Tirando o 110×118 de resto me pareceu uma decisão bem ok.

  • Gabriel Fareli

    Pela primeira vez desde quando passei a acompanhar lutas, eu abri mão de ver um evento do UFC pra ver uma luta de boxe. De tanto vocês do MMA Brasil comentarem e esperarem sobre ela, eu estava bem curioso e ansioso pra esse duelo : e não me arrependo, baita luta de boxe, fiquei vidrado na tela e no último round eu estava de pé assistindo. Eu não quis nem marcar os rounds porque me sinto leigo pra marcar pontuação de boxe.
    Mas valeu a pena demais !