Boletim MMA Brasil: Valentina Shevchenko defende cinturão contra Katlyn Chookagian no UFC 247

Por Gabriel Camargo | 23/11/2019 02:41

Assim como nas semanas seguintes, tem sido escassos os casamentos de lutas do UFC, com poucos anúncios realmente impactantes. Reflexo dos poucos eventos confirmados para o próximo ano – somente um card já tem a localização confirmada.

Assim, essa edição do Boletim MMA Brasil traz como destaque principal a próxima defesa de cinturão de Valentina Shevchenko, além das poucas lutas anunciadas e a aposentadoria de um grande nome do peso meio-médio.

UFC 247

Mostrando-se uma lutadora muito superior às demais da divisão, Valentina Shevchenko já possui duas defesas do cinturão do peso mosca, obtidas em 2019, superando Jessica Eye e Liz Carmouche – a coroa foi conquistada ao dominar completamente Joanna Jedrzejczyk. A próxima defesa de Valentina será contra Katlyn Chookagian, que vem de duas vitórias em sequência e, desde que desceu de categoria, tem apenas uma derrota em cinco lutas, quando foi superada por Eye em duvidosa decisão. A luta vai ocorrer em 8 de fevereiro, na cidade de Houston, Texas.

O mesmo card vai contar com mais dois combates na categoria dos pesados. O principal nome é o de Derrick Lewis. O americano vai se apresentar em sua cidade natal, após voltar a vencer, quando bateu Blagoy Ivanov no início deste mês. Antes, Lewis acumulou dois reveses, o primeiro quando disputou o cinturão contra Daniel Cormier. Seu adversário será o sueco Ilir latifi, que vai estrear na categoria de cima. Ivanov vive momento complicado no meio-pesado, tendo três derrotas nas últimas cinco lutas, afastando-o do top 5 de sua antiga divisão.

APOSENTADORIA DE BEN ASKREN

Na última segunda-feira (18), em entrevista a Ariel Helwani, o lutador do peso meio-médio do UFC Ben Askren anunciou a sua aposentadoria aos 35 anos. A decisão foi tomada após suas duas primeiras derrotas no MMA, além de alegar a necessidade de uma cirurgia no quadril, quando será colocada uma prótese.

Askren se notabilizou por um grande período como um dos melhores lutadores a não ter atuado no UFC, quando acumulou os cinturões do Bellator e do ONE Championship. Neste período, ele teve o seu contrato com a primeira organização encerrado e chegou a negociar com a líder de mercado, mas acabou optando pela maior bolsa oferecida pelos asiáticos, reforçando uma grande rixa com Dana White. Em 2018, após ter se aposentado pela primeira vez, veio o surpreendente anúncio da troca de contratos com Demetrious Johnson. Desta forma, finalmente chegou à maior organização do MMA mundial, mesmo longe do seu auge físico e técnico. Isso foi refletido dentro do octógono, onde obteve uma vitória, após quase ser nocauteado por Robbie Lawler. Logo depois, sofreu o nocaute mais rápido da história do UFC contra Jorge Masvidal e foi finalizado por Demian Maia.

Confira todos os combates anunciados nos últimos sete dias:

UFC On ESPN 7, 07/12, na Capital One Arena, em Washington, DC, EUA

Peso meio-médio: Carlos Condit se retirou do combate contra Mickey Gall – por Condit, em suas redes sociais

UFC On ESPN+, 25/01 na PNC Arena, em Raleigh, Carolina do Norte, EUA

Peso galo: Brett Johns vs. Tony Gravely – anunciado pelo UFC
Peso galo: Sara McMann vs. Lina Lansberg – anunciado pelo UF
Peso palha: Brianna Van Buren vs. Hannah Cifers – por MMA Junkie
Peso mosca: Jordan Espinosa vs. Alex Perez – anunciado pelo UFC

UFC 247, 08/02 em estádio a ser definido, em Houston, Texas, EUA

Disputa do cinturão do peso mosca: Valentina Shevchenko vs. Katlyn Chookagian – por ESPN
Peso pesado: Derrick Lewis vs. Ilir Latifi – por ESPN
Peso pesado: Juan Adams vs. Justin Tafa – por Adams no podcast Beyond the Cage