Boletim MMA Brasil: UFC define datas de estreia no Uruguai e retorno para Abu Dhabi e São Paulo

Por Gabriel Camargo | 24/04/2019 21:52

Assim como semana passada, essa edição do Boletim MMA Brasil vem menos recheada de notícias, mas vai destacar os novos eventos anunciados do UFC e algumas mudanças no UFC Sunrise.

Segundo o MMA Fighting, o UFC irá montar seu octógono no quarto país diferente da América do Sul.Além do já tradicional Brasil,  Chile e a Argentina, que receberam a maior organização de MMA mundial em 2018, a roda segue girando. O próximo país a sediar um evento será o Uruguai, que estará recebendo o evento no dia 10 de agosto. Ainda segundo o site, o UFC retornará a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos no dia 7 de setembro, após cinco anos, sendo o palco do UFC 242. Já a última edição em território brasileiro será mesmo em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera, dia 16 de novembro.

O evento do fim de semana está a poucos dias de ocorrer, porém, segue tendo problemas na montagem. O UFC Sunrise teve duas lutas alteradas com menos de uma semana de antecedência. No card preliminar, Jessica Penne sofreu uma nova lesão e, novamente, viu seu combate contra Jodie Esquibel ser cancelado. Porém, desta vez a organização agiu rápido e encontrou uma nova adversária para Esquibel, que irá enfrentar a ex-campeã do Invicta FC, Angela Hill, que tenta afastar a gangorra de resultados no UFC. Em outro combate da porção preliminar, Gilbert Durinho também terá um adversário diferente do original. Sem autorização médica para atuar no evento, Eric Wisely foi obrigado a abandonar o embate, sendo substituído pelo estreante Mike Davis.

Dois brasileiros estão confirmados para o UFC Greenville. O primeiro é Markus “Maluko” Perez, que fará a sua quinta luta em 18 meses. “Maluko” tem alternado seus resultados, sendo o mais recente uma finalização sobre Anthony Hernandez. Seu adversário será o estreante Deron Winn, que tem uma carreira invicta de cinco lutas, com passagem pelo Bellator e superou Tom Lawlor em sua última luta. Na mesma noite, a brasileira Ariane Lipski, tentará apagar a má impressão que deixou na estreia. A “Rainha da Violência” chegou com a moral de ser campeã do KSW, mas logo na primeira luta foi superada por Joanne Calderwood. Agora, descerá alguns degraus na categoria para enfrentar Molly McCann. A inglesa fará a sua primeira luta fora da Inglaterra pelo UFC buscando uma sequência de vitórias para poder buscar um lugar no ranking da jovem categoria.

Confira todos os combates anunciados nos últimos sete dias:

UFC On ESPN 3, 27/04 na BB&T Center, em Sunrise, Florida, EUA

Peso palha: Por conta de uma nova lesão Jessica Penne não vai mais lutar no evento do fim semana e Jodie Esquibel agora vai enfrentar Angela Hill – por ESPN
Peso leve: Eric Wisely saiu do combate contra Gilbert Burns por conta de uma lesão, sendo substituído por Mike Davis – por The Body Lock

UFC On ESPN+ 8, 04/05 no Canadian Tire Centre, em Ottawa, Ontario, Canadá

Peso meio-médio: Lesionado, Siyar Bahadurzada se retirou da luta contra Nordine Taleb – por Bahadurzada em suas redes sociais

UFC 237, 11/05 na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, Brasil

Peso mosca: Luana Dread agora vai enfrentar Priscila Pedrita, após Wu Yanan se lesionar – por Combate

UFC On ESPN+ 10, 01/06 na Ericsson Globe, em Estocolmo, Suécia

Peso meio-pesado: Devin Clark vs. Darko Stosic – por Flocombat

UFC 238, 08/06 na United Center, em Chicago, Illinois, EUA

Peso galo: Eddie Wineland vs. Grigory Popov – por The Fight Nation

UFC On ESPN+ 11, 22/06 na Bon Secours Wellness Arena, em Greenville, Carolina do Sul, EUA

Peso médio: Markus Maluko vs. Deron Winn – por Combate
Peso mosca: Molly McCann vs. Ariane Lipski – por ESPN
Peso médio: Alessio Di Chirico vs. Kevin Holland – por Sherdog