Boletim MMA Brasil: Três disputas de cinturão são marcadas pelo UFC

Por Gabriel Camargo | 09/01/2019 20:37

Após um fim de ano um pouco morno, o UFC voltou com tudo e tem anunciado várias lutas nos primeiros dias de 2019. Com isso, o Boletim MMA Brasil dessa semana traz um rápido retorno do melhor de todos os tempos, fim (por enquanto) do imbróglio nos meios-médios e muitos outros combates.

O principal anúncio da semana foi sobre a próxima luta de Jon Jones. Contrariando as expectativas de uma possível subida de peso, Jones fará a primeira defesa do seu novo reinado contra Anthony Smith, dia 2 de março, no UFC 235. Antes um peso médio subaproveitado, Smith tem surpreendido no novo peso e conquistou uma improvável chance de disputar o cinturão, mesmo que as suas chances de sair do octógono com o título sejam quase nulas

Esta não foi a única luta marcada para o card, que receberá mais outra disputa de cinturão. Ela será no peso meio-médio entre Tyron Woodley e Kamaru Usman, deixando o ex-campeão interino Colby Covington de lado, já que o atleta vem tendo algumas desavenças com a organização, que o acusa de estar se negando a aceitar algumas datas e confrontos, inclusive contra o próprio Usman. Deixando as polêmicas de lado, o UFC vem deixando altas as expectativas para este evento, pois nessa mesma semana também foi marcado o retorno do ex-campeão dos galos, Cody Garbrandt, que enfrentará Pedro Munhoz e, no peso meio-pesado, o combate entre Ovince St. Preux e Misha Cirkunov. Com isso, teremos duas disputas de cinturão e três ex-campeões em ação – também com Robbie Lawler, que enfrenta Ben Askren, e Holly Holm, que encara Aspen Ladd. Com pouco menos de dois meses para o evento fica a esperança de mais algum combate de peso abrilhantar ainda mais a noite de lutas, que desde já, promete ser uma das melhores do ano.

A outra disputa de cinturão confirmada nessa semana é a do peso palha, entre Rose Namajunas, atual campeã, e a brasileira Jéssica Andrade. A luta será no UFC 237, que está confirmado para acontecer no Brasil. Ainda não temos confirmações oficiais, porém, ao que tudo indica, está sendo planejado sua realização na Arena da Baixada, mas o que está complicando a confirmação é a falta de grande nomes para compor o card. O UFC, para conseguir realizar o evento em Curitiba, deve ter que trazer pela primeira vez ao Brasil dois cinturões em jogo em uma mesma noite, pois só a disputa entre Namajunas e a “Bate-Estaca” não deve atrair um público considerável, mesmo sendo uma grande luta.

Mais outra cidade foi confirmada como destino do octógono em 2019, com Philadelphia, na Pennsylvania, voltando a sediar um evento do UFC após oito anos. Será o UFC On ESPN 2, no dia 30 de março, que já teve duas lutas confirmadas. A primeira foi a remarcação do combate entre Alexa Grasso e Marina Rodriguez, no peso palha, que aconteceria em Fortaleza, mas devido a uma lesão da brasileira precisou ser reagendada. O outro embate, também no peso palha, reúne duas top 10, Michelle Waterson e Karolina Kowalkiewicz.

O brasileiro Junior Cigano também ganhou adversário para o seu retorno. Indo para o seu quinto evento principal seguido, o ex-campeão vai enfrentar Derrick Lewis, em 9 de março, em Wichita, no Kansas. O brasileiro vem tendo o seu caminho bem trabalhado pela organização e, com duas vitórias em sequência, vai enfrentar o adversário mais acessível na elite da categoria. Mesmo em sua última luta tendo disputado o cinturão, é inegável o fato que Lewis é um péssimo lutador,  sua chance contra Daniel Cormier foi obra do acaso e é questão de tempo para ele ser expulso do topo da divisão. O evento também marcará o retorno de Ben Rothwell após terminar sua suspensão por ter sido pego no exame antidoping, enfrentando o ex-campeão do WSOF, Blagoy Ivanov, que por sua vez terá um rival mais acessível para conseguir sua primeira vitória no UFC.

Confira todos os combates anunciados nos últimos sete dias:

UFC On ESPN+ 2, 02/02 em Fortaleza, Ceará, Brasil

Peso leve: Charles do Bronx vs. David Teymur – anunciado pelo UFC
Peso pesado: Dmitriy Sosnovskiy sai da luta contra Júnior Albini, que agora enfrentará Jairzinho Rozenstruik – por Farah Hannoun

UFC 234, 9/02 em Melbourne, Austrália

Peso galo: Rani Yahya vs. Ricky Simon – por Combate

UFC On ESPN+ 3, 23/02 em Praga, República Tcheca

Peso meio-pesado: Sam Alvey vs. Gadzhimurad Antigulov – por Alvey em suas redes sociais

UFC 235, 2/03 em Las Vegas, Nevada, EUA

Cinturão peso meio-pesado: Jon Jones vs. Anthony Smith – por ESPN
Cinturão peso meio-médio: Tyron Woodley vs. Kamaru Usman – por ESPN
Peso galo: Cody Garbrandt vs. Pedro Munhoz – por ESPN
Peso meio-pesado: Ovince St. Preux vs. Misha Cirkunov – anunciado pelo UFC
Peso palha: Polyana Viana vs. Hannah Cifers – por ESPN

UFC On ESPN+ 4, 9/03 em Wichita, Kansas, EUA

Peso pesado: Derrick Lewis vs. Junior Cigano – por MMA Junkie
Peso pesado: Blagoy Ivanov vs. Ben Rothwell – anunciado pelo UFC
Peso pesado: Daniel Spitz vs. Jeff Hughes – por Flocombat
Peso meio-médio: Anthony Rocco Martin vs. Sergio Moraes – anunciado pelo UFC
Peso médio: Tim Boetsch vs. Omari Akhmedov – anunciado pelo UFC

UFC On ESPN+ 5, 16/03 em Londres, Inglaterra

Peso médio: Alessio Di Chirico se lesionou e Tom Breese agora irá enfrentar Cezar Mutante – anunciado pelo UFC

UFC On ESPN 2, 30/03 em Philadelphia, Pennsylvania, EUA

Peso palha: Michelle Waterson vs. Karolina Kowalkiewicz – anunciado pelo UFC
Peso palha: Alexa Grasso vs. Marina Rodriguez – por Combate

UFC 237, 11/05 ainda sem local definido

Cinturão peso palha: Rose Namajunas vs. Jessica Andrade – por ESPN